Desaparecido Para Sempre (Gone for Good) é um livro do autor Harlan Coben, que foi lançado nos Estados Unidos em 2002, e no Brasil em 2009 – mas já temos ele nessa nova identidade visual. Esse foi seu quarto livro publicado, porém, como os dois primeiros do autor não saíram aqui no país, ele foi o segundo a ser traduzido para os leitores tupiniquins. Eis aqui, para você, a resenha do meu livro PREFERIDO do autor. E você já deve ter percebido o quanto sou fã do cara…

Já li essa obra 2 vezes, e estou torcendo para que ele ganhe como uma das próximas Leituras Coletivas do Clube do Livro BH. Sem contar que agora em agosto, a adaptação francesa de Desaparecido Para Sempre  estará estreando na Netflix!!! Ou seja, se você ainda não conhece essa história, e gosta de ler antes de assistir uma série, aproveite porque dá tempo. Afinal de contas, quase nunca é possível ficar preso em um livro do Harlan por muitos dias. A curiosidade sempre fala mais alto.

Will Klein é nosso protagonista. Há alguns anos, sua namorada, Julie Miller, foi encontrada estuprada e morta. Eles eram vizinhos ali, do mesmo bairro. Ken, irmão de Will, foi considerado o principal suspeito do crime. Em conseguinte, Ken desaparece. Will crê que seu irmão está morto. E assim, o tempo passa. A família sobrevive os dias. Já os pais e a irmã da namorada de Will não conseguem levar a vida tão tranquilamente assim.

Passando se 10 anos desses acontecimentos, a mãe de Will e Ken está muito doente. Ela está “nas últimas”, literalmente. E em seu encontro derradeiro com Will, a mulher confessa que seu filho Ken está vivo. Será verdade? Ou fruto de uma mente que já está alucinando antes do fim? Com o andar da carruagem, Will tem uma nova namorada, Sheila, a quem ama muito. Os dois vasculham as coisas da mãe do rapaz, e descobrem uma foto de Ken. Uma foto recente de Ken.

Will vive um dilema. Ele está em choque. Está também com muita raiva, e muito confuso. E como dizem, uma desgraça nunca vem sozinha, a namorada de Will desaparece, do nada. Quando ele começa a questionar a respeito da mulher, descobre que ela não é bem quem dizia ser. E agora ele passa a se questionar a respeito de tudo. O que em sua vida é verdade? Quem não mentiu ou o enganou? Desaparecido Para Sempre tem sua narrativa voltada à reflexão, se assim quisermos encarar.

Square” é o melhor amigo de Will. Ele tem uma história peculiar a respeito de sua vida. E hoje trabalha ajudando pessoas. Os dois começam a “investigar” essa história em que Will se viu enredado. E eles descobrem que a namorada de Will está vivendo sob um nome falso, e que na conclusão dos fatos, tem alguma ligação com Ken. Nesse meio tempo, quando avisado que sua namorada foi encontrada morta, Will segue até o velório e descobre que a mulher que está lá não é aquela a quem ele amava.

Quem estava no caixão? Então… a pessoa morta, é aquela de quem a namorada de Will assumiu o nome e vivia com ele nos últimos anos. Como Square tem contato com umas pessoas que podem ajuda-los nessa investigação, eles se aprofundam cada vez mais em uma história que fica cada vez mais complicada, e sinistra. Entretanto, Will acaba por se defrontar com um conflito que esbarra tanto no FBI, quanto com o crime organizado. Que baita enrosco!

Desaparecido Para Sempre é um livro do tipo CHEIO DE CAMADAS. Você descobre uma coisa, teoriza outra, e no fim das contas tem muito mais para ser desvendado. Acredito que esse seja o livro com mais reviravoltas que já li de autoria de Coben. Sempre o indico como uma primeira leitura, àqueles que querem conhecer o Mestre das Noites em Claro. Outra máxima que sempre solto a respeito da obra, é que esse livro tem plot até aos 45 minutos do segundo tempo. Você está na última página, e dá-lhe tomar rasteira!

Realmente a vida é uma rede de fatos que se entrelaçam. Quase nunca temos certeza do que é verdadeiro. Em quem podemos confiar de olhos fechados… As escolhas dos outros nem sempre fazem sentido para a gente. E, qualquer deslize que possamos cometer, pode mudar além de toda nossa vida, a vida daqueles que nos cercam, e principalmente daqueles que nos amam. Como sempre, Harlan Coben foi pontual. Desaparecido Para Sempre é para mim uma obra máxima de mistério e de surpresas.

Espero que a série homônima que será lançada no próximo mês, no dia 18, pelo streaming Netflix, faça jus ao nível dessa obra. Que mantenha o drama, os mistérios, e que igualmente às páginas, os episódios nos faça prender o ar. Estou bastante ansiosa para maratonar esses episódios, e voltar aqui para contar tudo para vocês. Sem spoiler, claro!!! A série é dirigida por Juan Carlos Medina, e tem os atores Finnegan Oldfield, Nailia Harzoune, Guillaume Gouix, Nicolas Duvauchelle e Garance Marillier no elenco.

 

_____________________________________________________________________________________________________________________

 

Título: Desaparecido Para Sempre
Autor: Harlan Coben
Ano: 2020
ginas: 320
Nota: 5/5
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance policial, Thriller, Suspense, Mistério, Crime
Adicione a sua lista do SKOOB 
Onde comprar: AMAZON