LIVROS

PODEROSO DESTINO – J. MARQUESI | RESENHA

03 maio, 2021 por

Poderoso destino é um romance de época da escritora brasileira J. Marquesi, lançado pela editora Astral Cultural em 2019, que se ambienta na Inglaterra e no Brasil do século IXX.

Há um ano Stephen Moncrief se tornou o Conde de Hawkstone, após a morte do pai. Ele passou esse tempo tentando entender a parte financeira, e percebe que estão à beira da ruína. O pai foi um perdulário que escondeu a decadência, e Stephen se vê na iminência da bancarrota. Felizmente ele está noivo da bela Lady Gwendoline, a quem escolheu pela beleza e nobreza, alguém à altura de seu título – afinal, os casamentos entre os nobres são decididos pela razão, amor é para os pobres…

Agora, tudo o que Stephen quer é o casamento, porque o dote de Gwen pode dar um tempo para ele se reestabelecer. Mas, em um evento na casa da Duquesa de Needhan – que odeia a família de Stephen, acaba soltando para os presentes a situação dos Moncrief. Foi o verdadeiro fogo no parquinho, e a família se retira sob olhares de pena e julgamento. Ele sabe que tem poucas chances de manter o noivado, que é desfeito no dia seguinte.

“Notou que todos os olhares do salão estavam sobre a sua figura, analisando-o de cima a baixo para medir o custo de suas roupas, o modo como seu valete o penteou e, para seu pesar, como sua companhia estava se portando para receber a notícia.”

Poderoso Destino – J. Marquesi

Desesperado por uma nova chance para provar a todos que ele estava à altura do título que recebeu do pai, Stephen vê sua salvação junto de Joaquim, um primo português que chega com uma proposta inusitada: investimento no café brasileiro. Mas Joaquim precisa de dinheiro, e Stephen decide vender tudo que não esteja associado ao título, e se alia a mais dois amigos para levantar o dinheiro necessário.

O café foi um dos principais produtos de exportação do Brasil, e ganhou força justamente no século IXX, quando os mercados europeu e estadunidense aumentaram a procura, ou seja, o negócio proposto por Joaquim deu super certo. Em poucos anos Stephen refez a fortuna, mesmo que seu dinheiro não fosse considerado ‘dinheiro antigo’ – a nobreza achava vulgar trabalhar, mas o Conde já estava acima desse pensamento depois de toda a humilhação, e até se orgulhava dos frutos de seu esforço.

Claro que, para voltar a andar de cabeça erguida, só precisava de ter Gwen ao seu lado – orgulho ferido é difícil de engolir. Ela se casou com um velho aristocrata, que acabou falecendo, e os dois então percebem que estão livres para recomeçar.

“Foi naquele momento que Hawk soube que Lady Gwen era a peça que faltava para esfregar seus êxitos na cara de toda a alta sociedade londrina. E ele a teria.”

Poderoso Destino – J. Marquesi

Mas, antes de reatar o noivado, seus negócios o levam ao Brasil, para se reunir com seu fornecedor. E a autora faz um retrato tão real daquele momento… os barões do café, a violência da escravidão! O fato é que Stephen acaba conhecendo uma brasileira que vai entrar em sua vida e não vai deixar espaço para mais nada. Mesmo com a dificuldade da língua, e também sem saber a verdadeira identidade da moça, eles se conectam como nunca o frio inglês imaginou ser possível. Mas um Conde tem escolha? Como abrir mão da condessa perfeita, para uma mulher tão viva quanto a brasileira? É possível amar e ser feliz?

Eu adoro romances de época, e fazia tempo que queria ler uma estória que tivesse o Brasil como pano de fundo. Mesmo que Poderoso destino não se passe inteiramente aqui, as descrições da realidade do período foram deliciosas de receber. A autora provavelmente pesquisou esse período para retratar tão bem.

Os personagens principais são muito fortes e bem desenvolvidos. O Conde tem muito claro para si a responsabilidade na manutenção de sua família, e faz o que é preciso para se reerguer – mesmo que isso inclua chantagear um amigo! Guta é um redemoinho, uma mulher misteriosa, mas que eu tive lá as minhas dúvidas quanto a sua identidade. Claro que foi amor à primeira vista, mas não condeno os dois. Foi muito fácil no início, mas eles tiveram muitas barreiras para compensar esse início idílico!

“Ficou tão impactado com a dança das moças que, naquele momento, esquecera que era um Conde inglês, rico e nascido com uma colher de ouro na boca.”

frase do livro Poderoso Destino

Eu só achei que alguns termos usados na interação dos dois muito moderna para uma história que se passa no século IXX, e me incomodou. Gosto quando as cenas de sexo em um livro de época têm uma descrição mais delicada que obscena.

Amei os personagens secundários… com certeza, a autora já está delineando muitas novas histórias, já que eles têm bastante espaço na trama. Lily é a irmã mais nova, muito inteligente e prestes a debutar. Kim é o primo português, um guerreiro, chega para salvar o primo, mas lá pelo final temos um grande gancho para um possível novo livro, e ainda temos Lorde Tremaine, o amigo que foi chantageado porque esconde um segredo, cuja ponta do iceberg aparece lá pelo final, e me deixou muito curiosa – quero muito uma obra dele!

Há uma discussão relativamente breve da questão da escravidão, mas achei interessante como os personagens se mostraram para esse quadro tão vergonhoso – mesmo com pressões internacionais, o Brasil demorou muito em acabar com esse comércio bárbaro, porque a economia era extremamente dependente de mão de obra, e ninguém queria dividir lucros, né?!

“Também não gosto disso, mas aqui as coisas são assim. A economia gira em torno da escravidão desde quando o Brasil era colônia de Portugal.”

 J. Marquesi

Com relação à edição de Poderoso destino, preciso admitir que essa é uma das mais belas capas de romance de época, está linda demais. Papel e fonte perfeitos para uma leitura, daqueles livros para ler em um dia. Diálogos ótimos, descrições bem gráficas, recomendo para quem é fã de romances de época e já se encheu dos salões londrinos…

______________________________________________________________________________________________________________________

Poderoso Destino

Título:  Poderoso Destino
Autora:  J. Marquesi
Ano: 2019
Páginas: 300
Editora:  Astral Cultural
Gênero:  Romance de época
Compre usando nosso linda da AMAZON

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Maisa Carvalho
    agosto 09, 2021

    Ãngela, dá um orgulho, não é? Temos sim, e é muito bom!

  • Angela Cunha
    maio 09, 2021

    Nós temos romance de época. Nosso. Nossa literatura brasileira dando show, como sempre!
    Estou maluca para conhecer os livros da autora, pois tudo que li até o momento, são só elogios a ambos os livros!!!
    E sim, capa maravilhosa!
    Espero ler ambos em breve!!!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na flor