A Bienal Internacional do Rio de Janeiro, ocorrerá entre os dias 31 de agosto e 10 de setembro no centro de convenções Riocentro. Um dos momentos mais esperados do evento é o encontro com os autores, principalmente os internacionais. Em uma postagem anterior, colocamos as datas e nomes dos escritores internacionais confirmados para o primeiro final de semana (confira aqui). Agora, separamos aqui os confirmados para o segundo final de semana da Bienal:

07 DE SETEMBRO ( FERIADO) 




  • Gayle Forman: a norte-americana é jornalista e autora de romances juvenis como “Se eu ficar”, publicado pela Editora Novo Conceito “O que há de estranho em mim” publicado pela Editora Arqueiro. 
    Gayle Forman começou sua carreira escrevendo para a revista Seventeen em que a maioria de seus artigos, centrada nos jovens e preocupações sociais. Mais tarde ela se tornou uma jornalista freelance para publicações como a revista Details, Jane Magazine, Glamour Magazine, The Nation, Elle Magazine e Cosmopolitan Magazine. Em 2002, ela e seu marido Nick fizeram uma viagem ao redor do mundo. De suas viagens, ela acumulou uma riqueza de experiências e de informações que mais tarde serviu como base para seu primeiro livro, um diário de viagem que você não pode começar lá a partir daqui: um ano na margem de uma Shrinking World. Em 2007 ela publicou seu primeiro romance para jovens adultos, intitulado de Sisters In Sanity onde ela se baseia em um artigo que tinha escrito para a revista Seventeen. Seu mais recente romance If I Stay (Se eu ficar), fez Forman levar vários prêmios, entre eles o Indie Choice Award de 2010 – fonte Skoob


08 DE SETEMBRO 

  • Charles Duhigg: o repórter norte-americano trabalha para o The New York Time e possui um premio Pulitzer de jornalismo. Seus livros “O Poder do Hábito” e “Mais Rápido e Melhor” foram publicados pela Editora Objetiva, do Grupo Companhia das Letras.

09 DE SETEMBRO (SEGUNDO SÁBADO DE BIENAL)

  • Karin Slaughter: com mais de 35 milhões de livros vendidos no mundo, a norte-americana tem dois livros publicados no Brasil pela Editora HarperCollins: “Flores Partidas” e “Esposa Perfeita“.
    Karin Slaughter é uma autora de livros policiais, que estreou com o seu romance Cega em 2001. Publicado em quase 30 idiomas, tornou-se um sucesso internacional e entrou para o Dagger Award como “Melhor Thriller Debut “de 2001. Slaughter nasceu em uma pequena comunidade ao sul da Geórgia, e agora reside em Atlanta. – fonte Skoob



  • Carl Hart: professor de psicologia e psiquiatria da Universidade de Columbia, o americano teve seu livro “Um Preço Muito Alto” publicado pela Editora Zahar no Brasil.

10 DE SETEMBRO (SEGUNDO DOMINGO DE BIENAL)


  • Victoria Schwab: A norte-americana teve seu livro “A Melodia Feroz” lançado esse ano pela Editora Seguinte e “Um Tom mais escuro de Magia” pela editora Record

Victoria é o resultado de uma mãe britânica, um pai de Beverly Hills e uma educação sulista. Por causa disso, ela é conhecida pelo seu sotaque. Ela também conta histórias, além de amar contos de fadas, folclore e histórias que a fazem imaginar se o mundo realmente é o que parece – fonte Skoob



  • Charles Duhigg: o repórter norte-americano trabalha para o The New York Time e possui um premio Pulitzer de jornalismo. Seus livros “O Poder do Hábito” e “Mais Rápido e Melhor” foram publicados pela Editora Objetiva, do Grupo Companhia das Letras.