[ #RESENHA } PORQUE FAZEMOS O QUE FAZEMOS? MARIO SERGIO CORTELLA

28 julho, 2017 por
 LIVRO: Por que fazemos o que fazemos? Mario Sergio Cortella
Autor: Mario Sergio Cortella  | Ano: 2016  |  Páginas: 176  | Editora: Planeta  | Gênero: Autoajuda, Negócios e Empreendedorismo
Em tempos assim tão difíceis em que ouvimos falar em crise econômica, crise política e por aí vai… resolvi escrever uma resenha que está diretamente ligada ao tema trabalho. Um assunto que considero importante, afinal com crise ou sem crise, nós temos que trabalhar não é mesmo?! “Porque fazemos o que fazemos?” É uma leitura que irá despertar uma série de questionamentos em relação ao trabalho e como você tem lidado com ele.
Você está vivendo de maneira consciente ou apenas sobrevivendo? Será possível conciliar vida profissional e pessoal? O foco do seu trabalho está apenas no ganho material? Sua necessidade rouba sua liberdade? Você odeia a segunda-feira ou encara a ida para o trabalho de uma forma tranquila? Um texto repleto de perguntas que possibilitam uma reflexão sobre nossa prática profissional.

 LIVRO: Por que fazemos o que fazemos? Mario Sergio Cortella
O autor escreve sobre monotonia e motivação, sobre a importância de nos reconhecermos naquilo que fazemos, sobre realização profissional, ética, escolhas, princípios, lealdade entre outras questões. São vinte capítulos que vão se completando e nos conduzindo por uma linha de raciocínio que a todo o momento nos convida ao autoconhecimento. Assim vamos refletindo sobre o tema de diferentes maneiras e analisando vários pontos de vista.
Além de escritor, Cortella é filósofo, professor e comunicador. Eu não havia lido nada dele até então, mas me interessei pelo livro ao saber que era de sua autoria. Já assisti a alguns vídeos dele e também sua participação em alguns programas de televisão e sempre tiro algum proveito de suas palavras. O legal é que ele enriquece ainda mais a obra trazendo conceitos de outros autores como Steve Jobs, Karl Marx, Maquiavel, Max weber, Sócrates e muitos outros.
BLOG COISAS DE MINEIRA
Muitos pontos importantes são abordados nas páginas. Coisas como utilização do tempo, persistência, esforço… Deixando claro que há muita dedicação por trás do sucesso. A obra está ligada a empreendedorismo e ao mundo empresarial. Relaciona fatos históricos ao momento atual e faz relação entre eles, critica o comportamento de algumas empresas e também ressalta pontos positivos.
Achei a capa impactante, pois passa a ideia de um alvo. O livro possui sumário, introdução e capítulos curtinhos que vão direto ao ponto. Achei a leitura muito tranquila e fácil com uma linguagem bastante acessível. Acredito que seja interessante para jovens que estão prestes a escolher a carreira. Se por algum motivo o assunto lhe interessa eu indico a leitura. Foi útil pra mim, pois acho sempre válido refletir e talvez possa ser útil pra você também.
BLOG COISAS DE MINEIRA
Lendo consegui perceber claramente o que me motiva e o que me desmotiva em meu trabalho. Eu tenho a felicidade de trabalhar naquilo que gosto. Sou formada em Pedagogia, já dei aulas, mas agora atuo como bibliotecária. Desenvolvi paixão pelos livros, amo o que faço e não temo mais as segundas-feiras. Claro que nem tudo são flores, mas alguns desconfortos fazem parte do processo e isso também é dito pelo autor.
Graças ao livro fazemos muitas perguntas a nós mesmos, mas acho que a principal delas é: Qual é o seu propósito? Ganho financeiro? Reconhecimento? Bem estar? Identificação? Tendo claro qual é o seu objetivo fica mais fácil persegui-lo e alinhar sua conduta a ele. O livro de Cortella colocará você frente a frente com esses questionamentos e respondendo você terá maior noção de como está lidando com seu trabalho e com sua própria vida.
Gostou da resenha? Você gosta do seu trabalho? Beijo da Nat.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

4 Comentários

  • Bárbara Vitória
    agosto 01, 2017

    Trabalhar é preciso, viver também. Mas nesse mundo atual em que existimos estamos subvivendo tudo o que fazemos em prol de um trabalho de 24hrs ou a procura de um para poder ter o necessário para "viver". É super complicado e acho que um livro de um filósofo poderia vir a calhar ou não, dependendo da pessoa e sua situação. Porque o que mais tem-se por aí é esses pseudo-ajudas para só nos atrapalhar.

  • Maria Alves
    agosto 01, 2017

    Interessante fiquei aqui pensando nas perguntas do começo da resenha e realmente esta cada vez mais difícil trabalhar no que gosta e a segunda feira é um terror kk. Diz muito sobre o que acontece com a gente, deve nos passar como aproveitar melhor os momentos. Ainda não li nada do autor, mas já ouvi falar e muito.

  • Ø Väzïø ñä Flø®
    julho 29, 2017

    Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro do Cortella,mas não perco vídeos e claro, programas de tv que ele sempre está. O cara é fera demais!!! Dá cada tapa na nossa cara, que dói e acalma ao mesmo tempo. E nada do que ele fala é por falar, o cara realmente vive aquilo. Afirmo que é um dos grandes Mestres que admiro demais e claro que se tiver oportunidade, quero muito ler essa obra dele.
    Ainda mais, estando tão insatisfeita no meu trabalho.rs
    Beijo

  • Carol Campos
    julho 28, 2017

    Não o conhecia e mesmo não sendo muito chegada a livros de autoajuda, esse me desperta interesse. Tais perguntas rondam o que fazemos e se minha pessoa estivesse exercendo alguma função no momento, gostaria de ler sim.