Já tinha um bom tempo que eu não lia nada da autora Colleen Hoover, Mas preciso dizer que não poderia ter escolhido livro melhor para retomar a leitura de suas histórias. Verity é aquele livro que te dá um nó na cabeça. Ele suga sua alma ao ponto de você terminar a leitura e se perguntar: “Mas que diabos foi isso que eu acabei de ler?”. Você pode ter a certeza que esse livro tem aquele “algo a mais”.

Explico… Porque é sério gente, eu fui achando que seria mais um dos seus romances que quase sempre controversos. Daí me vi em meio a dilemas morais, e acidentes que não se sabe se realmente aconteceram daquela forma. A trama é toda muito mirabolante.

Contratada para terminar a escrita de uma série muito famosa, a escritora Lowen acha que essa é aquela oportunidade única que a gente sempre espera. Lowen quer dar um ‘fôlego’ à sua carreira, e assim aprender muito com os manuscritos da autora best-seller Verity Crawford.

Contudo, existe um grande problema. Lowen não imaginava que quando adentrasse a casa dos Crawford ela iria descobrir coisas que não estava esperando, sequer imaginando. Também tem o fato de se sentir muito envolvida e íntima com Jeremy – o marido de Verity.

“É o que você faz quando experimenta o pior do pior. Você procura pessoas como você … pessoas em situação pior do que você … e usa-as para se sentir melhor com as coisas terríveis que lhe aconteceram. ”

VERITY - COLLEEN HOOVER

Conselho: Não leia esse livro no fim de uma noite, ou se você não gosta de livro de suspense psicológico. Ah, se você tem uma mente fértil, isso pode acabar atrapalhando sua noite de sono. O nó que Colleen Hoover tece com essa história, é daqueles quase impossíveis de resolver. A manipulação dos personagens durante todo trama faz com que a gente não consiga parar de ler até que chegue ao final da história.

A forma como a autora conduz sua obra nos deixa no escuro, bem como duvidando a todo tempo de cada passo que seus personagens vão dando durante cada página. Parece que no fim das contas, nada é como parece. E ninguém realmente é tão inocente quanto se possa esperar.

Mas não se preocupe! Colleen é famosa por seus romances… Então sim, nós teremos algumas pitadas disso no meio dessa confusão toda. O que faz com que as coisas fiquem ainda mais assustadoras, e cheias de teorias furadas. Isso, porque tudo gira em torno dessa casa e desse texto que a autora Lowen encontra no escritório de Verity. Raiva, vingança e manipulação escorrem das páginas. A necessidade de se vingar mesmo sem qualquer certeza de quem é a culpa, é algo que move alguns personagens.

“O mundo era o seu manuscrito. Nenhuma superfície estava segura.”

VERITY - COLLEEN HOOVER

Enfim, eu tinha me esquecido de como a cabeça da Colleen funciona de forma não funcional. Ela não é normal! Seus dilemas morais são assim sempre bem assustadores. Principalmente quando você cria empatia por seus personagens, e ela te apresenta um final como o de Verity. A única coisa que consegui dizer foi: Que m**da foi essa, cara? Não tem como esse ser o final. Têm que ter mais… Eu não estou preparada ainda para me despedir desse livro”.

________________________________________________________________________________________________________________

Resenha de Verity

Titulo: Verity
Autor: Colleen Hoover
Ano: 2020
Páginas: 320
Editora: Galera Record
Gênero: Romance, Suspense e Mistério
Adicione ao Skoob
Compre usando o Amazon