LIVROS

RUÍNA E ASCENSÃO – LEIGH BARDUGO | RESENHA

05 maio, 2021 por

Vamos ao terceiro volume da Trilogia Grisha? “Ruína e Ascensão” marca o fim da jornada de Alina e Maly, com uma batalha final que me fez agradecer em ter insistido em ler a trilogia. Na história, após o massacre no Pequeno Palácio, Alina, Maly e os Grishas que sobreviveram foram escondidos pelo Apparat nas cavernas. Não podendo ver seus amigos e sem a luz do sol, para poder usar seus poderes, Alina está enfraquecida. Mas em uma reviravolta, ela e os Grishas conseguem fugir, para enfim, poderem buscar o terceiro amplificador e dar um fim ao reinado do Darkling.

Vou resumir assim a sinopse, porque não quero dar spoilers para quem ainda não leu a trilogia. Ao menos irei tentar não dar spoilers. Vou começar dizendo o seguinte, os dois primeiros livros da trilogia foram bem difíceis de ler. Não conseguia entrar na história e nem achar toda aquela emoção que outras pessoas falavam para mim. Mas esse último livro, para mim, teve uma reviravolta bem interessante mais para o fim da história. Isso fez com que eu ansiasse ler, até ver a conclusão final do livro. Mas vamos por partes, não é mesmo?

Quero dizer que o meu sentimento com a Alina, não mudou. Ainda não consigo gostar dela, nem de várias decisões que ela toma. Masssss, o que eu tanto desejei aconteceu. Apesar da participação de Zoya ainda ser pouca, em seus momentos, a personagem sabe cativar. Sim, tudo o que Alina não despertou em mim, Zoya fez. Obrigada Zoya, por fazer esse livro ser mais interessante.

““Talvez você esteja com fome”, disse Zoya. “Eu sempre fico cruel quando estou com fome.” “Você tem fome o tempo todo?” perguntou Harshaw. “Você não me viu cruel. Quando isso acontecer, você precisará de um lenço bem grande.””

Ruina e ascensão - LEIGH BARDUGO

Maly continua com meu coração. Tenho mania de tentar adivinhar algumas coisas nas histórias, e eu tive um pressentimento com relação ao personagem dele há algum tempo. Quando finalmente minhas suspeitas se tornaram certas, apesar de eu ter desconfiado, foi uma grande reviravolta para mim e uma surpresa. Adorei o que Bardugo fez com a guinada que a história deu. Me deu um sentimento de apreensão e uma emoção, que antes não tinha sentido tanto, durante os outros livros.

Apesar de Maly continuar com meu coração, ele ainda tem que dar um pedacinho para Nikolai. O príncipe de Ravka é um personagem intrigante e instigante. Sinceramente, depois de ver no site de Bardugo que a história dele continuava, eu fiquei muito feliz. Ele merece ter a história contada, merece dar voz a todos os demônios que tem e aquela inteligência de raposa fascinante. Uma coisa eu tenho que concordar com Alina, Nikolai é uma raposa.

Falei dos quatro, mas quero dizer que nesse livro temos muito mais dos outros personagens. Os grishas que acompanharam Alina têm mais protagonismo e são mais ativos, assim como outros personagens que encontramos durante a história. Me deu um alívio ver mais dos outros e sair um pouco do foco da Alina, apesar de todos os acontecimentos ainda serem na visão dela.

“Yuyeh sesh: ‘despreze seu coração’. Mas essa é a tradução literal. O significado real está mais para ‘faça o que precisa ser feito– seja cruel se tiver de ser.’”
…) ““E a outra parte?” “Ni weh sesh? ‘Eu não tenho coração.’””

Ruina e ascensão - LEIGH BARDUGO

Novos personagens aparecem para encantar a todos. Preciso dizer que Misha, um garotinho de uns 8 anos, é o que mais me encantou. Ele é o servo que ajuda Baghra, e ver as interações dele tanto com Alina, quanto com o resto do grupo encheu meu coração. Misha é a prova da força que os personagens de Bardugo tem.

Um pouquinho sobre a história. Eles têm uma jornada muito grande, preciso dizer. Esse é um livro que retrata essa jornada. A busca pelo tão almejado terceiro amplificador. Então, se você esperava um livro mais agitado, não é nessa história que você vai encontrar. Mas como disse no início, temos um final surpreendente. Tantos os acontecimentos antes da grande batalha final, quanto ela, são maravilhosos. Temos uma batalha final que é bem rápida, diga-se de passagem, mas consegue colocar toda a emoção que eu estava esperando na história.

Tenho que dizer que me compadeci de Alina em um certo momento e senti a dor dela, porque eu também estava sofrendo. Consegui finalmente me conectar com a personagem, mesmo que tenha sido em poucos momentos e bem no finalzinho. Melhor do que nada, não é mesmo? Então, para mim, “Ruína e Ascensão” foi uma ótima conclusão. Agora a ansiedade está maior para ver como ela continua todo o Grishaverse.

“É uma promessa para ser melhor do que eu era”, disse ele. “É um voto de que se não posso ser nada além disso para você, pelo menos posso ser uma arma em suas mãos.” Ele deu de ombros. “E acho que é um lembrete de que querer e merecer não são a mesma coisa.”

Ruina e ascensão - LEIGH BARDUGO

Atualmente a Trilogia Grisha está sendo relançada pelo selo Minotauro da Editora Planeta. Em maio “Ruína e Ascensão” irá sair, e quero dizer que para mim, essas edições estão maravilhosas. “Ruína e Ascensão” é o terceiro livro da Trilogia Grisha de Leigh Bardugo, mas, quando falamos de Grishaverse ainda temos uma duologia de spin-off para completar a coleção. A duologia “Six of Crows” é composta pelos livros “Six of Crows: Sangue e Mentiras” e “Crooked Kingdom: Vingança e Redenção”. Além disso, temos uma série que ainda não foi lançada no Brasil e que eu finalizei esse livro querendo muito ler, chamada “King of Scars”.

Leigh Bardugo nasceu em Jerusalém, cresceu no sul da Califórnia e se formou na Universidade de Yale. Além dos livros do Grishaverse, Bardugo tem no Brasil “Mulher-Maravilha: Sementes da Guerra” e “Nona Casa” (que está sendo adaptado pela Amazon Studios).

E aí, já leu “Ruína e Ascensão”? O que achou da finalização da trilogia?

 

_____________________________________________________________________________________________________________

Volume 3 da Trilogia Sombra e ossosGrishaverse:

Trilogia Grisha
1. Sombra e Ossos;
2. Sol e Tormenta;
3. Ruína e Ascensão.

Duologia Six of Crows:
1. Six of Crows: Sangue e Mentiras;
2. Crooked Kingdom: Vingança e Redenção

Autora: Leigh Bardugo
Ano: 2015 / 2021
Páginas: 344
Editora: Gutenberg / Minotauro
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto, Romance, Aventura
Nota: 4/5
Adicione a sua lista do Skoob
Onde Comprar: Amazon

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário