Passamos boa parte do nosso dia ocupados, atarefados, empenhados em desempenhar nossas funções e cumprir com as obrigações que nos cabem. Tudo passa tão depressa e as vezes tão mecanicamente que em alguns dias, acreditem, minha rotina me confunde. Há momentos em que fico me perguntando se já fiz uma determinada tarefa ou se é apenas uma lembrança me dando a impressão de já ter feito algo que ainda não fiz. Uma verdadeira confusão. Sua vida é corrida assim?

Não sei quão atarefada é sua rotina, mas aposto que alguma coisa ocupa seu tempo. Será que há espaço em meio a tudo com que nos ocupamos, para pararmos e olharmos, ao menos um pouquinho, para nós mesmos? Acredito que tirar um tempinho, ainda que curto, para desacelerar e refletir pode ser algo valioso. E penso que livros de frases curtas, pequenos textos, mensagens rápidas, podem auxiliar muito na construção desse hábito.

O livro que vim mostrar hoje não é de leitura contínua. É uma obra de pequenas reflexões. Nem todos os leitores se identificam com livros assim, mas eu gosto bastante. Acho que por ser uma pessoa bastante sentimental, essas obras fofas, com frases, mensagens bonitas e uma proposta “do bem” para elevar a autoestima e fazer pensar positivamente acabam me ganhando fácil.

Dentre os livros desse estilo há aqueles que propõem uma leitura diária, trazendo uma mensagem específica para cada dia, como se fosse uma agenda. É essa a proposta encontrada em “A Cabana – Reflexões para cada dia do ano”. Com o auxílio de alguns colaboradores William Paul Yong criou esse exemplar inspirado em seu best-seller A Cabana.

Se assim como eu você não leu A Cabana, deve ao menos ter ouvido alguém falar a respeito da obra que acabou ficando muito famosa. A história sobre o drama vivenciado por um pai que perde sua filha e acaba com isso questionando Deus e se confrontando com sua fé, conquistou muitos leitores e está novamente em alta com a recente adaptação para o cinema (se quiser pode ler a crítica sobre o filme clicando aqui)

Eu assisti ao filme, recomendo e estou gostando bastante de experimentar também as reflexões diárias nessa nova proposta. A edição está linda, com capa dura, um papel colorido com imagens de belas paisagens… Tudo enfeitando delicadamente esse convite a uma breve leitura. Ainda não concluí, pois comecei a ler esse mês, mas estou feliz com o que tenho encontrado até então.

Se você conhece e gostou da história vivenciada pelo personagem Mack, poderá revivê-la um pouquinho a cada dia. Se não conhece pode ser que goste de conhecer. A Cabana envolve religião, aborda mais especificamente crenças do Cristianismo e do Catolicismo e esse livro de reflexões também segue essa temática. Talvez a premissa não agrade pessoas de outras denominações religiosas e eu respeito muito a crença de cada um.

Contudo insisto na ideia de que seja válido parar por um momento e refletir. Considere como um presente diário. Seja por meio religioso ou não, seja com o auxílio de uma leitura ou simplesmente ficando em silêncio. Aposto que você tem muito a dizer a você mesmo. Basta estar disposto a se ouvir. Não sei se você acredita em Deus (espero que sim) e se a resposta é sim quem sabe um livro como esse possa ser uma maneira de “papai” falar com você!

Gostou da resenha? Gosta de livros de frases e reflexões?

Essa matéria foi escrita por  Nathalia enquanto ainda era colunista do Coisas de Mineira. 

_______________________________________________________________________________________________________________

Título: Reflexões Para Cada Dia do Ano
Autor: William P. Young 
Ano: 2012
Páginas: 192
Editora: Sextante
Gênero: Religião e Espiritualidade, Autoajuda
Onde comprar: AMAZON