A resenha de hoje é sobre um dos meus livros preferidos da autora Meg Cabot, com seu pseudônimo Patricia Cabot, chamado Proposta Inconveniente. Somos apresentados a um enredo divertido, cheio de ousadia e locais paradisíacos, com aquele charme único que só ela consegue criar.

Payton é uma jovem que foi criada em alto-mar por seu pai, filha caçula e única menina entre quatro filhos. Ela sempre viveu viajando ao redor do mundo sonhando que, quando chegasse à idade de 19 anos, ganharia seu próprio navio para ser a capitã igual aos seus irmãos.

Porém, se fosse assim tão fácil, a história acabaria muito rápido não é?! Patricia Cabot criou então várias situações inusitadas (e revoltantes em algumas vezes) para impedir Payton de ganhar seu próprio navio. Uma delas é que o tempo em que se passa o livro é bem antigo e nesta época nenhuma mulher era capitã de seu próprio navio, muito menos mandavam em homens: elas eram criadas para casar e ter vários filhos. No entanto ela criou uma mocinha forte e determinada, que se recusa a aceitar esse sistema patriarcal e machista, e vai fazer de tudo para ter seu sonho realizado.

É quase impossível eu não gostar de um livro da Meg Cabot, independente se ela usa um pseudônimo ou seu nome. Seus livros são sempre divertidos e cheios de vida, convidando qualquer leitor a um momento muito agradável, capaz até mesmo de fazer esquecer os problemas vividos.

Com o livro Proposta Inconveniente não foi diferente, a história teve sua maneira de cativar e apresentar todos os seus personagens, isso sem deixar aquela ideia de que a autora colocou gente demais e não soube conduzi-los pelo enredo. Ela também nos apresentou um tema que eu gosto muito, que é a vida em família e como ela pode ser complicada, principalmente em uma época em que a maior honra de uma mulher era se casar.

O espírito livre e aventureiro de Payton me conquistou bastante! Mesmo ela sendo muito desajeitada e odiando os vestidos (já que nunca teve que usar) não se mostra uma moça desmiolada e medrosa, pelo contrário é uma personagem muito bem construída, fazendo com que o leitor entenda sua tristeza ao ver o “novinho” que ela sempre sonhou ser comprometido à outra pessoa. Em contrapartida temos Connor Drake, um homem com um passado conturbado e que para conseguir algo em sua vida começa a trabalhar na embarcação do pai da Payton. Ele a vê crescendo e se tornando uma linda jovem, mas tenta de todas as maneiras não se apaixonar.

Em 349 páginas e um diagramação muito bonita a Editora Record conseguiu apresentar a ideia do livro, principalmente através dos detalhes, como a capa com a cor amarela e a mulher de espartilho. Isso sem falar das páginas com uma textura levemente amarelada que ajudam a não cansar o leitor.

Realmente amei essa história e cultivei um carinho muito grande pela personagem que, mesmo depois de alguns dias, ainda me faz sentir saudades de suas aventuras nada convencionais e de sua coragem. A leitura rendeu bastante em uma época em que eu realmente estava entediada, então você já viu… Conseguir prender sua atenção em tempos que qualquer coisa te irrita é complicado, para isso o livro realmente tem que ter uma leveza incrível.

________________________________________________________________________________________________________________

Titulo: Proposta Inconveniente 
Autora: Patricia Cabot 
Tradutora: Eliane Fraga
Edição: 1 
Editora: Record 
Ano: 2014 
Páginas: 350 
Adicionar Skoob
Onde comprar: AMAZON