O livro que vou resenhar hoje se chama “Leis da Paixão”. Eu li esse livro em apenas um dia. É uma leitura fácil e descomplicada que me prendeu. Nele a autora nos conta a história do casal Gabrielle Ginsberg e Braden Pierce. Ela é defensora pública e ele procurador, os dois trabalham juntos e é entre uma defesa e outra que eles se apaixonam. Gabrielle (que também é muito bonita) se encanta pela beleza de Braden, um homem alto, loiro de olhos claros…

O relacionamento do casal tem início a partir de uma troca de bilhetes bem insinuantes que acontece em um barzinho. Eles formam um casal bem fofo e desde o começo eu estava torcendo para que ficassem juntos. Não demora muito para percebermos que existe uma enorme atração sexual entre eles, mas ambos querem mais do que apenas sexo.

“Eu fui pra cima dele. Puxei-o na minha direção e me encostei na parede. A boca dele estava na minha em um segundo e estávamos praticamente nos devorando, nos beijando de forma muito selvagem.” Pag. 91.

O casal vai se aproximando e se apaixonando cada vez mais e nós vamos acompanhando esse envolvimento hora romântico, hora bem safado! No livro lemos sobre o trabalho dos dois (Gabrielle defende clientes com histórias esquisitas e engraçadas), lemos também sobre momentos “hot” da relação e momentos mais “ternurinha”, quando eles estão entre amigos ou com a família.

Em certo ponto a história passa a ser temperada com uma leve pitada de  suspense que nos desperta curiosidade e nos leva a ter suspeitas que nos acompanham até às ultimas páginas.

É Gabrielle quem narra a história, por isso temos total noção do que ela sente por Braden e do quanto ela está envolvida no relacionamento. Preciso avisar que há trechos bem eróticos. Essa narradora apaixonada descreve com bastante detalhes os momentos íntimos do casal. É um livro agradável, sem tristeza, drama ou tragédia. (Ótimo pra ler depois de uma ressaca literária) Repleto de diálogos engraçados certamente irá te fazer rir.

Há muito humor na trama, os amigos e os familiares do casal são personagens interessantes e engraçados. Gostei da capa, do título, pois acho que combinam com a premissa. A diagramação também me agradou… Fonte, tamanho da letra, título dos capítulos, títulos para os casos defendidos por Gabrielle, tudo bem caprichadinho. (apenas um corte na história que acontece da página 265 para a página 266 deixou a desejar).

O final me agradou. Há na trama um pequeno mistério não solucionado deixando margem para uma continuação. Gostei muito do casal, eles combinam e tem química. Gostaria que Gabrielle tivesse um pouco mais de autoconfiança, mas fiquei satisfeita com o desenrolar da trama.

É um livro sobre paixão. Quando a aparência, os gestos, as palavras, o cheiro… tudo que o outro faz parece perfeito e atraente.  Ao lado de Braden ela sente as mãos tremulas, as pernas não responderem, a barriga remexendo… É uma fase gostosa de se viver não é? Você já sentiu algo assim por alguém? É um romance recheado de cenas ”calientes”… Se livros com um conteúdo mais picante te agradam, “Leis da Paixão” é uma boa dica!

Esta resenha foi escrita pela Nathalia quando ainda estava no Blog.

________________________________________________________________________________________________________________

Titulo: Leis da Paixão 
Autora: N.M. Silber
Ano: 2015
Páginas: 288
Editora: Universo dos Livros
Adicione ao Skoob
Onde comprar: AMAZON