Em Fãs do impossivel acompanharemos Mira que saiu do hospital recentemente. Ela agora, além de enfrentar a sua mãe com uma maldita dieta para desintoxicação, estudará em uma nova escola, mais precisamente uma escola para gente rica. Como se não bastasse se mudar de escola, ela ficará mais longe do seu melhor amigo Sebby, que a conheceu num momento delicado, e por causa disso formaram um elo forte.

Jeremy é da nova escola de Mira, mas ele também não está nem um pouco animado. Depois do episódio que o afastou da escola no último ano, ele mal pode esperar para sair correndo da escola de novo. Três pessoas que foram abaladas por situações difíceis, assim começa a história.

O livro é dividido em Partes 1, 2 e 3. Na parte 1, conhecemos um pouco dos personagens e podemos observá-los também enquanto se conhecem. Na parte 2 começa a amizade deles, e vemos a descoberta do novo, da sexualidade, do amor, e vemos como tudo isso pode se tornar uma bagunça quando se está no ensino médio.

Na parte 3 vemos a continuação da parte 2, já com algumas consequências das ações que ocorrem nela. O livro é narrado num tom melancólico, que me lembrou um pouco a narrativa de Jay Asher no livro Os treze porquês, embora a temática não seja tão parecida assim. No geral é fácil de se ler, tranquila e pode te arrancar algumas risadas ao longo do livro.

“- Que nós possamos viver impossivelmente – disse Sebby, quando abriu os olhos. – Contra todas as expectativas. Que as pessoas nos olhem e se perguntem como joias assim podem reluzir no triste deserto do mundo. Que nós possamos viver o impossível.” 
DICA DE LIVRO FÃS DO IMPOSSÍVEL - KATE SCELSA

Devo dizer que a história não me conquistou, mas foi escrita de maneira leve. A autora teve uma sensibilidade e delicadeza enormes para escrever sobre dramas sérios vividos pelos personagens principais.

O final do livro (principalmente a parte três) teve um tom mais pesado que o resto, mostrando o caminho que foi seguido pelos jovens. Esse caminho, consequência de suas escolhas, se deu de forma diferente para cada personagem na trama, e o melhor foi a autora nos mostrar o particular de cada um ao invés de mostrar apenas um panorama geral da amizade deles.

A edição do livro feita pela Editora Intrínseca seguiu a edição americana com a mesma capa, mudando apenas o jogo de cores. Alguns problemas de revisão me deixaram incomodada mas ao longo do livro eles foram espaçados, sendo então algo que não atrapalhou a leitura.

O que eu mais gostei foi a textura da capa, um pouco menos lisa que o normal (me lembrou Destrua este diário), que me deu a impressão de ser mais pessoal, mais particular que um livro geralmente seria. Os capítulos falando cada momento de um personagem foi algo que gostei também, e a diagramação ficou linda.

“- Prometo que não vai doer.
– É fácil para você dizer isso – retruquei, enfiando a folha no final do caderno de desenho.
– Não foi nada fácil para mim dizer isso, estou com a boca cheia de atum.”

Esse livro fala sobre amizade, sobre descobrir a vida e descobrir a si mesmo. Ele fala como três adolescentes sobreviveram aos piores dias da sua vida, e agora estão prontos para viverem os melhores. Para quem gostou de “As vantagens de ser invisível”, esse é o livro ideal.

“O amor se lembra dos lugares onde pousou, deixando uma trilha invisível em seus corpos. Siga essa trilha. Siga essa trilha e volte para eles.”

Ele tem o mesmo tom desse livro, e da mesma forma, mostra três amigos vivendo contra estereótipos, buscando se divertir e viver da melhor forma possível dentro desse pesadelo chamado colegial. Esses três viverão aventuras, viverão o impossível.

_______________________________________________________________________________________________________________
Título: Fãs do impossível
Autora: Kate Scelsa
Ano: 2016
Páginas: 336
Editora: Intrínseca
Gênero: romance