Resenha de livro Deixei você ir - Clare Mackintosh - Intrínseca

Hoje estou aqui para falar de mais um thriller psicológico, gênero que tenho lido bastante ultimamente e gosto muito. Com grandes e fortes traços de um excelente suspense investigativo, o livro de estreia da inglesa Clare Mackintosh foi uma das maiores surpresas positivas que tive esse ano.

A história tem início com o atropelamento do garoto Jacob, que voltava da escola com sua mãe e atravessava a rua de sua casa. Após o brutal acidente, o motorista que o atingiu foge do local sem prestar socorro, deixando o menino morto nos braços da mãe em meio à chuva.

“Os pensamentos não começaram logo, mas agora que acontecem, não querem ir embora. Todas as noites, quando vou para a cama, luto contra o sono e imagino cenários diferentes, como nos livros infantis onde o leitor escolhe o final. Fecho os olhos com força e revejo o final alternativo: aquele em que saímos cinco minutos antes ou cinco minutos depois. Aquele em que Jacob continua vivo e neste instante dorme em sua cama, seus cílios escuros repousados sobre as bochechas gorduchas. Mas nada muda.”

Resenha de livro Deixei você ir - Clare Mackintosh - Intrínseca

O atropelamento afeta a vida de diversas pessoas e a trama se divide para acompanhar duas delasRay Stevens, detetive da cidade de Bristol na Inglaterra (onde ocorreu o acidente), e o dia a dia de sua equipe no Departamento de Investigação Criminal tentando solucionar o caso que não tem nenhuma testemunha ou pista concreta; e Jenna, que se muda após a morte do menino com a intenção de se livrar das atormentadoras lembranças e recomeçar sua vida, e acaba indo parar na costa do País de Gales, em uma pequena e afastada cidade chamada Penfach. Enquanto Ray vive as dificuldades investigativas, institucionais e até familiares envolvendo o caso, o passado virá de encontro a Jenna mostrando que a saída pode não ser assim tão simples.

Este livro, lançamento da editora Intrínseca, chegou às minhas mãos  sem que eu planejasse. Na verdade eu ainda nem o conhecia e muito menos sabia seu gênero. De cara me impressionou muito a sua linda capa, mais até do que o seu enredo. Que grande engano… O livro tem um começo um pouco devagar, descrevendo bastante os sentimentos atuais dos personagens Ray e Jenna. Os capítulos iniciais são divididos entre a visão dos dois, sendo a parte dele em 3° pessoa e a dela em 1° pessoa. Até que, mais ou menos na metade do livro começa a parte dois…

Ao iniciar a segunda parte do livro você mergulha em uma história muito mais profunda e sombria, literalmente de tirar o fôlego. É como se, de repente, o livro fosse ligado no 220w. A história sofre uma reviravolta surpreendente e temos a inclusão dos capítulos em primeira pessoa de um novo e inesperado personagem. Raiva, revolta, indignação, empatia, compaixão, são sentimentos que passam a brigar por espaço durante a leitura e você não tem saída senão ler sem parar até o final. E a autora conseguiu me enganar completamente.

Como uma ex-policial do Departamento de Investigação Criminal da Inglaterra, Clare Mackintosh coloca toda sua experiência em uso, buscando inspiração em um caso de atropelamento de um garoto no qual foi a detetive responsável e mais tarde em entender os sentimentos de tristeza e perda vividos por uma mãe que perde um filho após a morte de um dos seus (em condições diferentes do menino de seu livro). Clare abrange de forma detalhada e real as atitudes dos personagens e o resultado é exemplar.

Resenha de livro Deixei você ir - Clare Mackintosh - Intrínseca

Na capa existem 3 comentários de nomes famosos a respeito da história que, de tão acertados, acho importante repetir aqui:

  • “Uma trama magistral com uma reviravolta arrebatadora” – Jojo Moyes;
  • “Admiravelmente escrito e com um final formidável” Paula Hawkins;
  • “Genuinamente chocante” The New York Times.
Indicado para todos aqueles que gostam deste estilo de suspense que trabalha bastante o lado psicológico com a visão de mais de um personagem ao mesmo tempo, como os famosos “Garota Exemplar, “Lugares Escuros”, “A Garota no Trem” e “Em Águas Sombrias”, “Deixei Você Ir” é uma excelente e acertada escolha, pegando com certeza um lugar de destaque na lista dos melhores lançamentos do ano.
________________________________________________________________________________________________________________
Título: Um trágico acidente. Um passado do qual você não pode fugir
Autora: Clare Mackintosh
Ano: 2017
Páginas: 368
Editora: Intrínseca
Gêneros: Crime,  Ficção, Suspense e Mistério