Em Confissões da autora Kanae Minato, seus alunos mataram sua filha. Agora ela quer se vingar. O mundo da professora Yuko Moriguchi girava em torno da pequena Manami, uma garotinha de 4 anos apaixonada por coelhinhos. Agora, após um terrível acontecimento que tirou a vida de sua filha, Moriguchi decide pedir demissão.

Antes, porém, ela tem uma última lição para seus pupilos. A professora revela que sua filha não foi vítima de um acidente, como se pensava: dois alunos são os culpados. Sua aula derradeira irá desencadear uma trama diabólica de vingança.

Narrado em vozes alternadas e com reviravoltas inesperadas, Confissões explora os limites da punição, misturando suspense, drama, desespero e violência de forma honesta e brutal, culminando num confronto angustiante entre professora e aluno que irá colocar os ocupantes de uma escola inteira em perigo.

O livro Confissões mais uma vez me tirou da minha zona de conforto, e mais uma vez fiquei satisfeita. É um livro que nos faz fazer uma leitura num fôlego só, ou seja, começamos a leitura e só paramos no final do livro.

“Mas o verdadeiro pesadelo ainda não tinha acontecido. A temporada de caça às bruxas estava prestes a começar.”

 KANAE MINATO

Confesso que fiquei tocada com o sentimento de perda da Yuri, sou mãe e não aceito que machuquem meus filhos, imagine matá-los. A nossa consciência moral e cristã dita que somente Deus tem direito de tirar a morte, porém momentos como este fazem com que deixemos esta moral de lado e sejamos capazes de fazer justiça com as próprias mãos.

Esta “justiça com as próprias mãos” é o ponto de partida para Kanae Minato escrever sua pequena obra visceral, brutal e de uma frieza assustadora e chocante. Confissões traz uma sucessão da realização da vingança mostrando de forma literal que este é mesmo um prato que se come gelado, que tem o momento certo para acontecer.

A narrativa foi feita de forma ágil e envolvente, cada capítulo foi narrada pelos olhos de um personagem, ligando assim um emaranhado de confissões que vão ajeitando a vingança da professora Yuko Moriguchi.

O seu plano de vingança provoca uma série de acontecimentos que afeta a vida de diversos alunos e personagens, mesmo aqueles que não têm nada a ver com a morte da sua filha. Cada narrador conta a dimensão que a vingança tomou, sem detalhes, apenas os fatos ocorridos, de forma fria.

“Não estou sendo nobre ao manter a identidade de A e B em segredo. Não contei para a polícia porque não acredito que a lei os possa punir. A queria matar Manami, mas no fim não provocou a morte dela; B não tinha desejo nenhum de matar, mas a levou à morte”.

dica de leitura: Confissões

Quando a autora já identifica os culpados logo no início da história, ela faz de nós leitores testemunhas e não mais curiosos, ou “investigadores. Somos espectadores do desenrolar do plano de vingança, eu cheguei mesmo a me questionar se seguiria a mesma linha de pensamento e ação, caso o fato tivesse acontecido comigo.

O diferencial aqui é a cultura japonesa.

A professora tem os seus motivos por ter agido com determinadas atitudes, uma vez que a forma de criação e educação das crianças japonesas, sempre na cobrança de melhores resultados, resulta em jovens desestruturados emocionalmente, muitas vezes sem noção de certo e errado e com fortes tendências ao suicídio.

“Entendo por que assassinato é considerado crime. Mas não entendo por que é essencialmente mal.”

Título: Confissões

O livro nos traz de pano de fundo, alertas dados de forma bem sutil para as maneiras como devemos educar, em casa e na escola, nossas crianças. E isso vale tanto para a realidade do Japão quanto do Brasil.

Adorei ler um pouco da cultura japonesa, é algo bem diferente da nossa e apaixonante. Apesar de que penso que eles valorizam muito o profissional e pouco o emocional, o que acaba gerando pessoas robôs, algumas sem consciência de valores tais como os alunos A e B da professora Yuko.

O desfecho da história consegue fazer com que fiquemos com uma sensação de missão cumprida, nos provoca um sorriso de satisfação.

_________________________________________________________________________________________________________________

Estante de livros Título: Confissões
Autora: Kanae Minato
Ano: 2017
Páginas: 174
Editora: Vestígio.
Gênero: Thriller psicológico, suspense
Adicione à sua lista no Skoob
Onde comprar: Amazon