FILMES

PAI EM DOBRO | CRÍTICA

21 janeiro, 2021 por

Uma história que prende sua atenção e que te deixa apaixonada pela leveza, amor e vinculo entre os personagens. “Pai em Dobro” é uma mensagem inspiradora que faz você valorizar muito a sua família, e o sentimento verdadeiro entre seus entes queridos.

Anteriormente chamado de “Um Pai no Meio do Caminho”, o longa tem roteiro da escritora Thalita Rebouças e é protagonizado por Maisa Silva, popular atriz brasileira de 18 anos, como Vicenza, uma jovem criada em uma comunidade hippie em meio a natureza.

Vincenza (Maisa)  vive em uma comunidade afastada em algum lugar do Rio de Janeiro. Depois de completar 18 anos, sua mãe viaja para Índia em uma excursão espiritual. Vinceza então aproveita a oportunidade para embarcar em uma aventura para descobrir quem é seu pai, já que sua mãe se recusa a falar sobre ele.

Mas quando chega na cidade, além de da busca por este homem, ela ainda conhece lugares incríveis e pessoas maravilhosas que ela acaba tendo vínculos em uma realidade que ela não conhecia.

Pai em dobro

Pai em dobro

Esta premissa de Sessão da Tarde é a terceira história de Rebouças estrelada por Maisa – após “Tudo Por Um PopStar” e “Ela Disse, Ele Disse”.

O filme é uma comédia nacional deliciosa, além de divertida e repleta de amor e bons sentimentos, o longa consegue mostrar que cada dia mais as produções brasileiras vêm crescendo, tomando grande espaço nos cinemas e nos streamings com boas histórias que o público aprova e recomenda.

A direção é de Chris D’Amato (que já fez uma adaptação de Thalita Rebouças, “É Fada!”) e também inclui no elenco Eduardo Moscovis (“Bom Dia, Verônica”), Marcelo Médici (“Vai que Cola”), Laila Zaid (“Os Penetras 2: Quem Dá Mais?”) e a cantora Fafá de Belém.

Pai em dobro

Eis que preciso mencionar a trilha sonora do longa, porque as aquarelas brasileiras que recheiam o áudio do filme são perfeitas demais. Em destaque algumas produções de Anavitória que torna o clima do filme ainda mais aconchegante.

Pai em Dobro é mais um dos muitos filmes confortáveis que nos apresenta uma personagem fofa, inocente e destemida, a procura daquilo que acha correto em seu coração. Não muito diferente de outros papeis que Maisa já interpretou.

O Filme também tem seu livro publicado em 2021 pela editora Rocco. Compre na Amazon o livro usando nosso link. 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • Angela Cunha
    janeiro 27, 2021

    Eu até entendi algumas críticas não tão boas ao filme, mas confesso que achei tão leve, tão gostoso. Só penso que faltou um pouquinho de explicações aos jovens. No quesito, a menina simplesmente sair de casa, a omissão da mãe em saber do pai. Sei lá, talvez tenha até um pouco de gatilho, isso falando em jovens!
    Mas é divertido, é sensível e eu adorei!!!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na Flor