Confesso que não sou muito fã do casal protagonista dos livros Um caso perdido e Sem Esperança da Colleen Hoover, achei os dois personagens muito briguentos e com isso ao receber da Ed. Galera Record o convite para ler Nunca Jamais iniciei a leitura um pouco pé atrás. Porém fui vencida pela curiosidade gerada pela mistura de romance e suspense e pela participação da prestigiada autora Tarryn Fisher que ainda não conhecia e que dá vida a personagem feminina da trama.



Em Nunca Jamais somos apresentados a Charlie Wynwood e Silas Nash casal apaixonado que há quatro anos namoram (mesmo sendo pertencentes a famílias que não se toleram) e um dia ambos despertam na escola e não sabem como chegaram lá e muito menos quem são. Tentando recordar de alguma coisa familiar, eles percebem que não se lembram de nada antes daquele momento, mesmo tendo tido uma vida popular e cercada de amigos eles se esforçam para que ninguém descubra o que aconteceu e começam a apurar quem eram, quem são seus pais e acima de tudo o que aconteceu com eles.


 

“Depois de cinco minutos de aula, a porta da sala se abre. Silas entra com um olhar abatido. Acho que ele veio aqui me dizer, ou me entregar, alguma coisa. Eu me preparo, pronta para fingir, mas a Sra. Cardona faz um comentário de brincadeira sobre seu atraso. Ele ocupa a única carteira vazia ao meu lado e fica olhando para a frente. Eu o encaro. Só paro quando ele finalmente se vira para mim. Suor escorre na lateral do seu rosto.
Seus olhos estão arregalados.
Arregalados… assim como os meus.” página 15.

 

O que mais me agradou em Nunca Jamais foi como a história foi escrita através do ponto de vista da Charlie e Silas e como as autoras Tarryn e Collen conseguiram escrever de uma forma harmoniosa sem deixar transparecer a mudança de escritor, o que fez com que toda a narrativa ficasse muito misteriosa e que a tensão corresse solta, tecendo a trama de uma forma instigante e bem desenvolvida, fazendo em grande estilo a apresentação da trilogia. Não tenho muito há falar considerando que determinadas informações podem se tornar um spoiler o que detonaria com o mistério.

Porém vale afirmar que é fácil ter empatia pelos personagens e se sentir angustiado com o que eles viveram. Eu pelo menos, fico apreensiva só de me imaginar sem memória, sem conseguir me lembrar do meu nome ou mesmo reconhecer meu rosto na frente do espelho – e você?

Tudo para Charlie e Silas é novo e eles tem que descobrir as coisas com o decorrer dos dias, das conversas e pequenas informações que as pessoas ao seu redor vão soltando, sem que ninguém perceba, o que me fez observar como os protagonistas são fortes e que cada um deles tem que se reinventar mantendo o mesmo padrão de conduta de antes do ocorrido.



Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos e assim você ajuda 
o blog crescer!♡!
_______________________________________________________________________________________________________________________
Titulo: Nunca Jamais 
Autoras: Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Ano: 2016
Páginas: 192
Editora: Galera Record
Onde comprar : Amazon