Temos o livro Extraordinário na estante a um tempão, eu já recebi várias boas indicações sobre ele e fui informada que esse ano foi lançado o livro “Auggie e Eu” (que reuni três contos sobre a impactante presença do August Pullman (Auggie) na vida de três outras crianças) e mesmo assim eu ainda não havia sido tocada pela vontade de lê-lo.

Mas como “Não é tudo um acaso. Se fosse, o universo nos abandonaria à própria sorte, e o universo não faz isso.” repentinamente fui encantada por alguns quotes que encontrei na internet e me entreguei a esse romance lindo que me aprisionou por três dias não me permitindo ler, ver ou pensar em mais nada que não nesse garotinho corajoso.

– “Vamos criar uma nova regra de vida… sempre TENTAR ser um pouco mais gentil que o necessário?”

Extraordinário é recheado de lições de amor, compaixão, de luta pela aceitação e ensinamentos sobre a gentileza. Nessas poucas páginas (gente ler 320 folhas é mamão com açúcar) pude assistir o ódio, a desconfiança e o bullying sendo destroçados pela perseverança. Todos os dias a realidade da postura humana, fraca e cobiçosa me desanima um pouco mais e a esperança de que “os bons são maioria” vai se perdendo em mim, então ser surpreendida com um texto simples e tão profundo me renovou.

A autora R.J Palacio foi inteligente em dar voz tanto ao próprio August como também aqueles que o cercam como por exemplo a irmã mais velha Olivia (Via) e aos melhores amigos de Auggie – Summer e Jack, entre outros. A habilidade de Palacio em apresentar uma nova visão sobre August e como sua síndrome rara afeta sua família, amigos e tudo que o cerca é inspirador e humano, pois todos relatam tanto as alegrias como o desprazer que a convivência e os impactos que a presença incomum do protagonista traz.

– “Grande é aquele cuja força conquista mais corações pela atração do próprio coração.”

É dilacerante ler a luta que uma criança inocente, condenada a conviver com sua deformidade tem que sobreviver não apenas com as dificuldades dessa situação, mas também com a limitação dos outros, que o julgam sem o conhecer, que o apontam com seus olhares destrinchadores, que dificultam sua vida e daqueles que o cercam – simplesmente por não aceitar o que é diferente, o que não está dentro do padrão de beleza (se é que isso realmente existe).

Ao terminar a leitura dessa história fluida, meiga e com tanto… tanto a ensinar – comecei a me questionar sobre todas as coisas que ano após ano me esforço para interiorizar e praticar com sinceridade e refleti sobre a criação de novos preceitos para minha vida (algo muito falado no livro) ou mesmo a manutenção daqueles que já criei e estão empoeirados em algum canto preguiçoso dentro de mim.

– “Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida porque todos nós vencemos no mundo” 

Ontem (entre as lagrimas) prometi que vou me esforçar para ser mais gentil, para militar contra o bullying, para fazer da compaixão e aceitação um alvo de vida e devo isso a essa história comovente que recomendo a todos, tanto pela fofura quanto pela profundidade das marcas que frases como essas geram em nós.

– “Você não consegue se esconder quando nasceu para se destacar”
A Resenha do livro Extraordinário foi feita pela Laila Pimenta. Obrigada irmã! 
________________________________________________________________________________________________________________
Título: Extraordinário
Autor: R. J. Palacio
Ano: 2013
Paginas: 320
Editora:  Intrínseca 
Onde comprar: AMAZON