Quem não ama assistir uma boa animação? Eu pelo menos adoro, seja acompanhada dos meus sobrinhos ou sozinha. Os desenhos sempre são uma bela pedida por seu teor leve, que muitas vezes acompanham fortes reflexões. E essa, é a dica de estreia nos cinemas essa semana “Pé Pequeno”, que entra em cartaz no dia 28 de setembro.

No longa, Migo é um yetis (o abominável homem das neves ou pé grande, como preferir) que acredita ter visto uma criatura lendária, que até então todos pensavam ser apenas história um “Pé Pequeno”. Depois de contar a todos da sua aldeia, ele é expulso de lá, por estar espalhando ‘notícias falsas’, afinal, ninguém mais viu o ser lendário. Triste e tentando entender o que aconteceu, ele encontra Meechee, Gwangi, Kolka e Fleem, outros quatro yetis que acreditam nele. Então Migo, sai em uma jornada em busca do PéPequeno, para mostrar a todos que ele é real.

Como fã de animação tenho que dizer que o trailer me agradou mais do que o filme, acredito que isso tenha acontecido porque a história demora um pouco a se desenvolver. Em um enredo que convida o espectador a se colocar no lugar do outro, é interessante ver como os yetis e os humanos se estranham. E é legal perceber também como os animais podem nos ver de forma diferente, assim como vemos eles.
Estando em uma aldeia fechada, em que predomina a lei escrita nas pedras, a trama aborda temas como questionamento político e conhecimento. Em uma de suas falas Meechee diz que “questionamento é conhecimento, e conhecimento é poder” acredito que seja uma bela mensagem para trazer a todos (crianças, adolescentes, jovens e adultos). Outras questões abordadas são a amizade, a lealdade, a integridade e o amor ao próximo, mesmo que não seja possível se comunicar com ele de forma clara e direta.

Apesar de ter deixado um pouco a desejar para mim (apenas porque pensei que iria me divertir mais), acredito que o longa seja uma ótima pedida. Tem momentos bem engraçados e até emotivos, além de ser bem colorida e ter uma história interessante. Após os primeiros créditos tem uma cena pequena de Percy, o PéPequeno que Migo encontrou. Então não precisa se apressar para sair da sala.

 

O filme foi dirigido por Karey Kirkpatrick (“Os Sem Floresta”), e co-dirigido pelo estreante Jason Reisig, que trabalhou em “Trolls” como supervisor de animação. Na dublagem original os créditos são para Channing Tatum (“Kingsman: O Círculo Dourado”), Zendaya (“Homem-Aranha: De Volta ao Lar”), Danny DeVito (“Matilda”) e Gina Rodriguez (“Jane, a Virgem”). A trilha sonora ficou por conta de “Finally Free” do Niall Horan, e “Don’t Stop Believin” do Journey.
Distribuidora: Warner Bros
Estreia: 27/09/2018
Gênero: Animação, Aventura
Duração: 1h36