The Mummy 2017
Distribuidora: Universal Pictures | Estreia: 08/06/2017 | Orçamento: U$ 150 milhões | Gênero: Ação, Aventura, Fantasia | Duração: 01h:53

Aconteceu nesta quinta-feira, dia 08/06, a estreia nos cinemas do aguardado “A Múmia” que, apesar do nome, não faz referência nenhuma aos filmes anteriores (1932 e 1999). A direção é de Alex Kurtzman e a divulgação promete uma história com tons mais sombrios do que a famosa franquia anterior.


O filme conta a história de séculos atrás da princesa Ahmanet (Sofia Boutella) que, após a morte de sua mãe no parto, cresce como a futura e única herdeira do trono de seu pai, de quem é muito próxima e gosta muito. Acontece que quando já está adulta, seu pai tem outro filho com uma nova esposa e este recebe o seu direito de reinado. Tomada por uma enorme fúria, Ahmanet faz um pacto com Set, o Deus da Morte, para assim tomar o poder, mas antes que complete o ritual é impedida, mumificada ainda viva e escondida em um lugar distante do Egito.

Nos tempos atuais, em uma expedição militar em terras israelenses, os saqueadores de artefatos antigos Nick Morton (Tom Cruise) e o sargento Chris Vail (Jake Johnson) acabam encontrando por acidente o local onde Ahmanet foi escondida, após Morton roubar o mapa da pesquisadora Jenny Halsey (Annabelle Wallace) que acompanha o grupo. Com a libertação da princesa egípcia, ela determina que Nick seja seu “Escolhido” para assim finalizar o ritual, e a busca para deter seu poder maligno irá parar nas ruas de Londres.

Como já disse anteriormente, esse “A Múmia” não faz referência nenhuma à franquia anterior, na verdade ele até apresenta as características de início de uma nova franquia. Porém, podemos perceber que alguns traços foram repetidos e outros melhorados, como é o caso das cenas de ação e efeitos especiais. Apesar de prometer nos trailers um gênero voltado para suspense/terror isto não acontece, e em inúmeros momentos podemos ver aquelas tentativas de comédia utilizadas por Brendan Fraser lá em 1999. Posso dizer então que seu gênero seria ação/aventura com grande alívio cômico.

Sobre atuação, no papel principal temos Tom Cruise que, apesar de dispensar apresentações, já está um pouco velho pra desempenhar tal papel. O super “fodão” saqueador, que destrói corações, pula de prédios, cai de avião, escapa de bombas… em diversos momentos me lembrou muito “Missão Impossível”. Seu par, Jenny Halsey, foi muito pouco trabalhada e o relacionamento entre os dois é praticamente incompreensível, o que dificulta bastante a identificação com os personagens. Jake Johnson (conhecido pela série New Girl) é responsável pelo alívio cômico do filme e esta é sua única função. Agora o destaque com certeza vai para Sofia Boutella (Kingsman), que interpreta Ahmanet, e Russel Crowe que faz Dr. Henry Jekyll. Não, você não leu errado. O filme utiliza a história de Jekyll e Hyde (O Médico e o Monstro) e, juntamente com a excelente atuação de Crowe, gera uma das partes mais interessantes do roteiro.

THE Mummy 2017

Mas voltando em Ahmanet, sua caracterização é perfeita em todos os estágios. Seu exército, apesar de lembrar muito os zumbis de The Walking Dead, também tem uma ótima apresentação. A história da princesa também é bem interessante, principalmente com o fato de ser uma figura feminina tão maligna e poderosa, e que iria governar o Egito… até que você percebe que para atingir o poder que deseja ela depende de um homem (seu Escolhido) para trazer Set. Sem eles, todo seu poder e treinamento não adiantam nada. Fazer o quê, né?!

The Mummy 2017

Bom, então no geral posso dizer a vocês que é um bom filme apesar das falhas que apresenta. Como divertimento, principalmente em uma sala Imax ou 3D, pode te deixar satisfeito. E agora é aguardar pra ver o que mais vem por aí nesta história!

Tem algum fã da antiga franquia de “A Múmia” por aqui? Estão ansiosos por este novo filme? Deixem seus comentários aqui embaixo.