Essa semana teve estreia nacional no cinema, e é um lançamento bem teen. O filme “Meus 15 anos” é uma adaptação livre do romance juvenil de Luiza Trigo, que leva o mesmo nome e foi lançado pela editora Rocco em 2014. O longa é protagonizado pela estrela em ascensão do SBT, Larissa Manoela. Muitos podem até parar de ler a crítica agora, porque vão pensar: filme adolescente, com estrela do SBT, e Larissa Manoela? Não é bom. Mas acreditem, para um adolescente de 12 a 14 anos, ele é bom sim.


 

Larissa Manoela vive o papel de Beatriz de Souza (ou Bia), uma menina tímida, que perdeu a mãe ainda pequena, e mora com seu pai Edu (Rafael Infante). Bia está no primeiro ano do ensino médio e tem como melhor amigo Bruno (Daniel Botelho), um menino que sempre está ao lado da amiga. Os dois juntos, vivem ensaiando e compondo músicas.

 

A história se passa, quando Edu, inscreve Bia em um sorteio do shopping em que trabalha, e a menina acaba ganhando uma festa de 15 anos do sonho de toda garota. Mas, ela não quer essa festa, para que um evento desses se não tem amigos para convidar? Que seriam apenas três pessoas e olhe lá? Mas, ela acaba decidindo aceitar o prêmio, depois de um desentendimento com Jéssica (Clara Caldas), uma amiga (que não é tão amiga assim) que queria muito ganhar o sorteio.

 

Então, é um clichê? É! A menina esquisita, ganhou uma festa que todos queriam, tem o amigo que está lá em todos os momentos, e o garoto mais bonito da escola (que acaba virando o príncipe na cabeça de Bia) Thiago (interpretado por Bruno Peixoto). Fui para o cinema com o seguinte pensamento na minha cabeça: tenho que assistir pensando na minha sobrinha que adora a atriz, e lembrando de quando eu tinha essa idade. Mas voltando ao longa, ele não deixa nada a desejar para esse público. Existe sim, algumas cenas que são meio desnecessárias, mas acho que ele ressalta bastante as dificuldade que temos nessa idade. Afinal, nem tudo são flores quando temos 14/15 anos.

 

 

O filme é atual, trata de um momento que várias adolescentes vão passar na sua vida, ou já passaram, e acredito que seja legal para toda a família assistir. A presença do pai na vida de Bia, que faz de tudo para tentar entender e compreender a filha é algo que acredito que os pais devam tentar fazer com seus filhos. A produção tem muito do SBT, e como não é de se espantar, tem muito da Televisa também. A atriz Larissa Manoela, fez vários sucessos no canal de televisão, como Carrossel e Cúmplices de um Resgate. E eu não me assustaria se por acaso ela fosse também para as telinhas mexicanas, porque afinal, ela tem tudo o que a Televisa gosta em atores mirins: canta e atua.

FILME MEUS 15 ANOS

 

A trilha sonora, não deixa a desejar também. Apesar de ter escutado uns comentários sobre ter trilha internacional em uma produção nacional, a ideia é fazer os adolescentes se identificarem, e as músicas são o que essa galera está ouvindo. “I’m Yours” de Jason Mraz e “A Thousand Years” da Christina Perri, são algumas das canções internacionais. Mas não faltou o nacional não, a linda Clarisse Falcão entra na trilha com “Eu Escolhi Você” e a cantora Anitta, além de fazer uma participação especial tem sua música “Príncipe de Vento” embalando o filme. A direção do longa está nas mãos de Caroline Fioratti, estreante no cinema, mas que produziu e dirigiu a série infantil em exibição pela TV Brasil, “A Grande Viagem”.

 

Distribuidora: Paris Filmes | Estreia: 15/06/2017 | Gênero: Comédia/Drama | Duração: 1h40