Eu já disse a vocês no post sobre a loja “Loucos por Canecas” (cliquei aqui para ler) que eu amo colecionar canecas, mas não contei que essa paixão não é exclusivamente minha e que eu a herdei na verdade da minha mãe.

Ela amava colecionar qualquer tipo de copo, aqui em casa chegamos a ter mais de 50 modelos, de cor, tamanho e estilo diferente e a arca que fica na sala sempre estava cheia com alguma novidade, quanto mais exótico melhor e esse amor também abrangia as canecas, mas o que ela gostava mesmo era daquelas de cerveja bem diferentes, grandona que hoje em dia é ate difícil de achar.

E desde que eu me entendo por gente, alguns desses copos já estavam aqui em casa, e olha que eu tenho vinte e cinco anos. Então dá para imaginar o quanto as canecas das fotos são antigas; não querendo dizer que eu sou antiga heim, ainda estou na flor da idade, cútis de bebe, rsrsrs.

Mas voltando ao assunto em questão: Canecas, esse hobby de colecionador acabou passando para meu irmão mais velho e pra mim, ele com sua revista em quadrinhos que já mostrei em uma foto no Instagram (clique aqui e me segui por lá também) e eu com os meus livros e canecas.

Minha mãe guardou todas ela com tanto carinho que mesmo depois de tanto tempo nenhuma tem nem um rachadinho e até hoje guardamos do mesmo jeito.

De todas as canecas da fotos a que eu mais gosto e a branca com cinza esverdeado, achei ela tão bem feita e detalhada que se tornou minha preferida, as canecas são bem pesadas que não facilita muito beber, porem acho que deve ajudar bastante na hora de conserva a cerveja geladinha.

Espero que vocês gostem da fotos, ainda estou aprendendo a fotografar e minha câmera e daquela caseira.