A Viúva das Sombras (Vdova) é um filme supostamente baseado em relatos reais. Também em um curta-metragem de 2020. Acredita-se que aconteceu ao norte de São Petersburgo, onde uma equipe de resgate desapareceu sem deixar rastros ou indícios. O filme conta a história de alguns jovens voluntários em resgates de pessoas em situações de risco. Buscam pessoas em locais inóspitos como cavernas e matas fechadas. Foi minha primeira experiência com Cabine de Imprensa Virtual. Em outras palavras, há mais de 12 meses eu não sei o que é ir ao cinema. Achei muito interessante essa oportunidade, e estou aqui para falar a respeito dessa trama.

O filme se inicia sobretudo com determinados relatos a respeito de um fato misterioso. Existe essa lenda local que revela a história de uma mulher do vilarejo. Ela assassinou seu cônjuge por traição. No entanto, os seus vizinhos e conhecidos se voltaram contra ela. Suas pernas foram quebradas, e ela foi afogada em um buraco (uma vala enlameada). Essa ofensa à traída fez com que ela se transmutasse em uma espécie de bruxa – onde sua maldição assombra terrivelmente as florestas desde que ela foi torturada e morta.

Ao conduzirem um treinamento com uma nova voluntária, essa equipe de resgate recebe um chamado. Um garoto de 14 anos desapareceu naquela região. Dessa forma, a equipe se dirige para a área do chamado. Conjuntamente, uma repórter que está registrando em vídeos o processo de trabalho do grupo os acompanha. A ideia inicial da jornalista, é o relato e demonstração do trabalho durante o treinamento. Contudo, as coisas ficaram bem mais interessantes para sua matéria quando esse chamado real acontece. Agora a equipe será filmada em ação.

Eles decidem se dividir em determinada parte do trajeto. Em meio a mata e pântano eles buscam ter mais sucesso na busca do garoto. A equipe também conta com o suporte de um cão. Ele é especialmente treinado para reconhecer e rastrear pessoas perdidas que ainda estejam vivas. Antecipadamente, sabemos sobre as histórias que rondam essa floresta. Inúmeros casos de desaparecimentos aconteceram por ali. Corpos nunca foram encontrados, e os que foram estavam completamente nus.

Dois membros da equipe acabam por encontrar uma mulher em condições críticas. Agora a movimentação toda se dá em função de leva-la até a van do grupo. Ela precisava ser aquecida e receber os primeiros socorros. O pessoal do resgate têm um lema sempre seguido: eles salvam a primeira pessoa encontrada. E por isso, voltam-se para esse resgate, deixando de lado momentaneamente a procura do adolescente. A mulher encontrada, como já informa a lenda, foi resgatada sem roupas.  Pouco depois, a comunicação da van de resgate é perdida, deixando-os assim sem qualquer suporte em meio àquele lugar ermo e desconhecido.

A partir desse momento então, A Viúva das Sombras atinge o clima esperado pelos telespectadores do gênero. Situações estranhas começam a acontecer com cada um dos membros da equipe, até mesmo com o cão treinado. Vultos, olhos negros, orações misteriosas. Há visões, possessões e até mesmo umas coisas estranhas envolvendo palha/feno. A mulher resgatada confessa que devia ter sido deixada onde a encontraram. Como resultado, em contrapartida mistérios também rondam esse salvamento.

Algo que gostei, é que não ficaram insistindo naquele tipo de filme com sustos repentinos. A história é toda entrelaçada a respeito da lenda sobre A Viúva das Sombras. A partir daí o clima todo se desenvolve. Claramente, com aquela atmosfera sombria. Temos a sensação que sempre algo vai acontecer, e que será algo de bem ruim… Entretanto, isso já é costumeiro aos que assistem entretenimento desse gênero. A a gente nem se importa. Quem gosta, curte muito esse ambiente carregado e nebuloso.

As cenas de A Viúva das Sombras são filmadas, às vezes, pelas câmeras da repórter. Ou também daquelas câmeras usadas nos capacetes dos resgatadores. Sendo assim, temos um pouco do clima de A Bruxa de Blair (The Blair Witch Project, 1999). Por fim, acaba que a trama fica em um ambiente bem natural, beirando algo realista. De certa forma, essa é mais uma obra que mostra que a Rússia está criando potencial para o cinema do terror – eles ainda não chegaram “lá”, todavia estão trilhando o caminho. Concluindo, é bastante interessante para nós, de fora dessa cultura, acima de tudo, conhecer vieses do folclore e lendas desse povo.

________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Título: A Viúva das Sombras (Vdova – The Widow)
Gênero: Terror
Duração: 80 min.
Elenco: Viktotiya Potemina, Anastasiya Gribova, Margarita Bychkova
Distribuidora: Paris Filmes
Estreia: 4 de Março de 2021