LIVROSRESENHA

SETE MENTIRAS – ELIZABETH KAY | RESENHA

17 dezembro, 2021 por

Sete Mentiras é um livro desse ano, da editora Paralela, sendo a estreia da autora Elizabeth Kay. Divulgado como um thriller envolvendo obsessão e amizade tóxica, a sinopse atrai de cara pelo mistério contendo um assassinato e algumas mentiras que poderiam ser evitadas. Bom, talvez essa seja a primeira mentira, pois, durante a leitura, essa não se mostra tão interessante assim.

Título: Sete Mentiras
Autor: Elizabeth Kay  –  Tradução: Regiane Winarski
Ano: 2020 – Páginas: 272
Editora: Suma
Classificação indicativa: +12 anos
Gênero: Thriller Psicológico
Aviso de conteúdo: Manipulação psicológica, relacionamento abusivo.
Nota: 2/5
Onde Comprar: Amazon

Conhecemos a história pelos olhos de Jane, em primeira pessoa. A mulher está fazendo este relato a alguém que inicialmente não sabemos. Jane nos informa sobre a morte do marido de sua melhor amiga, e como esta poderia não ter acontecido se ela não tivesse contado sete mentiras. A partir daí, acompanhamos o que ela viveu desde a infância, quando conheceu Marnie e iniciaram uma intensa amizade.

Jane sempre se sentiu inferior, excluída, pouco vista. Até o dia em que conheceu Marnie. A identificação das duas garotas foi imediata e logo se tornaram inseparáveis. Na escola, faculdade, morando juntas… Jane sempre teve a maior admiração por Marnie, até que se apaixonou e foi viver com Jonathan, seu marido. Marnie, em seguida, também conheceu Charles e engataram um relacionamento. No entanto, tudo deu errado pra Jane e ela precisou voltar, só não ficou nada satisfeita em não ser mais o centro das atenções da amiga.

Acontece que, no começo dessa história, somos informados que Charles está morto e muita coisa está oculta… Há muito tempo

Essa foi a primeira mentira que contei para Marnie. Agora, fico pensando, assim como na maioria dos dias: se eu não tivesse contado a primeira mentira, contaria todas as outras?”

SETE MENTIRAS - ELIZABETH KAY

Sete Mentiras é uma trama boa?

Eu não sei. No mínimo curiosa. Por isso a minha grande decepção ao ver que não conseguiu ser bem desenvolvida. Vamos descobrindo a cada capítulo uma nova mentira e, a partir daí, a história vai se desdobrando para justificá-la. Até então, tudo segue bem, pois as “mentiras” são medianas. Ainda assim não são responsáveis por grandes impactos e plot twists, a história se mantém de forma bem linear.

Acho que o detalhe que estraga e desanda tudo é justamente a narração através do ponto de vista de Jane, porque a personagem é insuportável. Cansativa, esnobe, chata, vitimista… E pra completar, como eu disse acima, ela está contando a história pra alguém, ou seja, tenta convencer alguém do seu posicionamento doentio e inconstante. Sendo assim, nós nos tornamos essa pessoa, e por vários momentos eu me peguei lendo infinitas explicações e justificativas da personagem, como uma forma de me manipular a acreditar no seu comportamento duvidoso.

“Se eu tivesse sido sincera, se tivesse sacrificado nosso amor pelo deles, Charles quase certamente ainda estaria vivo.”

SETE MENTIRAS - ELIZABETH KAY

Outro ponto fraco é que a personagem é obcecada por Marnie, que não tem absolutamente graça nenhuma. Eu estou até agora tentando entender o motivo de tanta admiração e justificativa pra mudança de vida. Marnie é comum, indecisa, submissa… Por algum motivo, essa ligação de suporte aconteceu na infância, no entanto é só. Uma forte amizade. Fiquei bem perdida quanto ao desespero e atitudes obsessivas repentinas de Jane pela vida da amiga.

Vi alguns comentários positivos sobre o livro, o que me faz entender que vai muito de identificação. Eu geralmente gosto bastante de livros com narrador questionável, porém essa é absolutamente intragável. Se você conseguir passar por esse estágio, aceitando a história e argumentação de Jane, talvez tenha uma boa experiência pra contar. Pra mim, infelizmente, as sete mentiras não fizeram sentido, arrastando uma história que tinha tudo pra ser ótima.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

5 Comentários

  • Paloma
    dezembro 20, 2021

    Meu Deus!!!! Suspense é meu gênero preferido!!!! Já quero ler esse Sete mentiras

  • Ana Carolina
    dezembro 20, 2021

    O enredo da história me atraiu bastante, tem tudo pra ser aquela história que te prende, sabe? Mas como cada leitura é única, acho que vou dar uma chance pro livro, vai que pra mim ele seja incrível? Só vou saber lendo kk

  • Nalu Santos
    dezembro 20, 2021

    Adorei, pela resenha me lembrou bastante Destinos e Fúrias, porém melhor escrito. Vou comprar!

  • Ana Clara
    dezembro 20, 2021

    Até gostei do enredo, tem tanto tempo que não leio um livro de mistério, mas sua descrição da personagem principal me deu preguiça de ler :/
    Quem sabe eu dou uma chance um dia, mas não vai entrar como prioridade de leitura…

  • Flavia Pedroso
    dezembro 20, 2021

    Vou te dizer que narração em primeira pessoa não são das minhas favoritas justamente pq se o personagem fica insuportável como você diz, é difícil “torcer” por ele. Pena que uma história com uma premissa interessante, não tenha conseguido se sustentar. Vou ver se dou uma chance pq esse tipo de Thriller eu até que gosto. Espero ter uma experiência melhor que a sua.

  • INDICAÇÕES DA 25ª MOSTRA TIRADENTES 10 LIVROS MARAVILHOSOS PARA VOCÊ LER NAS FÉRIAS REBELDE: UM REBOOT PARA UMA NOVA GERAÇÃO, MAS SEM DEIXAR QUE A ANTIGA SEJA ESQUECIDA! LIVROS QUE VÃO VIRAR SÉRIE/FILME EM 2022 LANÇAMENTOS LITERÁRIOS JANEIRO DE 2022