FILMES

ESTICANDO A FESTA – JÁ PREPAROU O LENCINHO PARA ASSISTIR? | CRÍTICA NETFLIX

05 dezembro, 2021 por

Hoje eu quero falar de “Esticando a festa”, original da Netflix protagonizado por Victoria Justice (“Brilhante Victoria”) e Midori Francis (“Dash&Lily”). Vamos para a sinopse?

esticando a festa

Título: Esticando a festa
Data de lançamento: 03 de setembro de 2021
Elenco: Victoria Justice, Midori Francis, Robyn Scott, Adam Garcia, Timothy Renouf e Gloria Garcia
Duração: 1h49
Gênero: Comédia, Drama, Fantasia
Direção: Stephen Herek
Distribuidor: Netflix

 

Cassie é uma jovem festeira que mora com a melhor amiga, Lisa. Depois de sair para comemorar o aniversário em grande estilo e brigar com a melhor amiga, Cassie acaba morrendo. Ao chegar no “meio” ela descobre que tem assuntos inacabados na terra, e tem 5 dias para resolver tudo, caso consiga, ela vai para o céu, se não, já sabem né. Com uma lista de três pessoas, Cassie volta como um anjo para a terra, um ano após sua morte, para resolver as coisas com Lisa, sua mãe (que a abandonou quando era menor) e seu pai (que ela não via fazia algum tempo).

Essa é a sinopse de “Esticando a festa” e quero deixar um aviso bem grande: NÃO ACREDITEM NESSAS TAGS DA NETFLIX! Não sei porque eu ainda acredito. Estava em um final de semana buscando coisas felizes e engraçadas para ver, já tinha visto o título, mas pensei: não, não quero chorar, vamos para outra. Mas depois de ver que muita gente estava falando de “Esticando a festa”, que ele estava no TOP 10 e a tag de “Alto-astral” disse, por que não?

Então lá fui eu ver o filme e QUASE parei, mas falei, já que estou alagando minha casa, vamos continuar. Então, preparem os lencinhos! Vou confessar que, no início, a trama não me prendeu muito e durante o meio também. Só quando começaram as partes emocionantes que eu comecei a gostar da história.

Cassie é uma jovem alegre, de bem com a vida, mas (na minha opinião) bem egoísta. Mas quem não, não é mesmo? Ela e Lisa tem uma briga (na qual me vi do lado de Lisa) e na manhã seguinte, Cassie acaba morrendo. A primeira pessoa da lista que Cassie acaba indo visitar, é Lisa. Como para Cassie, parece que a briga foi no dia anterior, ela ainda guarda uma mágoa, mas uma amizade de anos não iria acabar assim, por causa de uma briguinha né?

A relação das duas é bem bonita e elas têm uma ligação muito forte. Lisa está superando a perda da forma dela, apesar de parecer bem, ela se sente muito culpada por tudo o que aconteceu e pela melhor amiga ter morrido brigada com ela.

A mãe de Cassie é algo mais complicado e confuso. Por ela ter sido abandonada quando era mais nova, Cassie guarda um ressentimento muito grande da mãe e da família que a mãe formou. Apesar das tentativas de manter contato, as duas nunca tiveram uma ligação muito forte, mas isso não quer dizer que sua mãe não sofreu com a morte dela, principalmente por nunca ter conseguido ter uma boa relação com a filha. A história central das duas é bem bonita, apesar de não ser muito explorada, afinal, temos só 1h49 de filme né e outras pessoas no enredo.

O pai, que ficou com Cassie depois que a mãe foi embora, é o que mais sofre visivelmente com o luto. Ele se culpa por não estar com Cassie no momento em que ela morreu e por não ter conseguido proteger ela. Então, temos três pessoas que lidam de formas diferentes com o luto e a dor de ter perdido alguém que amam.

esticando a festa

“Esticando a festa” para mim, é um filme que fala sobre superar a perda, o luto. De uma forma leve, mas muito emocionante, vamos ver como os personagens aprendem a lidar com a perda de uma pessoa querida e a quem tinham muito ainda a dizer e viver com. Vemos também o lado de Cassie, olhando para as pessoas que fizeram parte da sua vida aprendendo a superar a morte dela.

O luto, para mim, é um assunto bem complicado. Já perdi algumas pessoas na vida e sei que esse é um vazio que não some, apenas vivemos com ele. Filmes igual “Esticando a festa” dão um quentinho a mais no meu coração, porque tento dizer para ele que temos que tentar lidar melhor com essas perdas. A cada coisa que leio e assisto, vou tentando me tranquilizar e dizer que uma hora, tudo vai ficar bem.

Por isso, mesmo que o filme pareça um pouco mais devagar no início e que você, assim como eu, não goste muito de Cassie e das atitudes dela, tenta dar uma chance para o longa e veja se consegue se emocionar, assim como eu me emocionei. A superação para os personagens, não foi algo fácil, na verdade, acho que é aí que a Netflix coloca como “alto-astral” porque é algo que em certos momentos acaba sendo cômico.

Cassie faz muita besteira, para tentar conseguir resolver seus assuntos pendentes e algumas delas podem sim, tirar algumas risadas. Mas a personagem também tem um crescimento bem bonito durante a jornada dela. Ela chega no “meio” como a jovem imatura que é, mas acaba aprendendo e evoluindo.

“Esticando a festa” traz na direção Stephen Herek (“Imaginem Só” e “101 Dálmatas”). No elenco principal temos Victoria Justice (“Brilhante Victoria”), Midori Francis (“Dash&Lily”) e Adam Garcia (“Show Bar”).

E aí, já viu “Esticando a festa” ou colocou o filme na lista?

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

4 Comentários

  • Raquel
    dezembro 12, 2021

    Gostei tanto desse filme, seria incrível se realmente tivéssemos tempo de arrumar as coisas antes de realmente partimos!

  • Ana Carolina
    dezembro 12, 2021

    Filmes que trazem temáticas assim, como morte e luto, são dificeis pra mim também, mas esse me despertou certo interesse, por parecer tratar do assunto de maneira mais leve. Com certeza verei na primeira oportunidade que tiver.
    Só um adendo, Victoria fez parte da minha adolescência, então já amei kkkk

  • João Victor Silva de Carvalho
    dezembro 12, 2021

    Definitivamente, um filme com um total de 0 hype. Nem sabia da existência, mas parece muitíssimo interessante. Trás uma reflexão sobre o que se pode acontecer pós-vida e nos dá a chance de nós resolvermos com quem amamos hoje. Com certeza quero ver o desfecho de toda essa ideia! Adorei a recomendação!

  • Karyne
    dezembro 12, 2021

    Gente nunca tinha visto alguém falar a respeito do filme mas eu amo quando abordam assuntos difíceis de maneira leve mas ainda sim emocionante. Eu amo filmes que me fazem sentir a dor do personagem então ja quero dar uma chance para esse

  • INDICAÇÕES DA 25ª MOSTRA TIRADENTES 10 LIVROS MARAVILHOSOS PARA VOCÊ LER NAS FÉRIAS REBELDE: UM REBOOT PARA UMA NOVA GERAÇÃO, MAS SEM DEIXAR QUE A ANTIGA SEJA ESQUECIDA! LIVROS QUE VÃO VIRAR SÉRIE/FILME EM 2022 LANÇAMENTOS LITERÁRIOS JANEIRO DE 2022