LIVROS

DESEJO: DÊ UMA MORDIDA – TRACY WOLFF | RESENHA

08 novembro, 2021 por

Vamos falar sobre “Desejo: Dê uma mordida”, escrito por Tracy Wolff e lançado pela Astral Cultural, esse ano?

Na história conhecemos Grace, uma jovem que após perder os pais em um acidente se vê obrigada a mudar para um colégio interno no Alasca e viver com o tio e a prima. O que Grace não esperava é que o colégio, assim como os estudantes, fossem misteriosos e guardassem muitos segredos. Ela não esperava também, encontrar um garoto rude e sombrio, mas sexy, que a atrai e a faz sentir coisas como nenhum outro fez.

desejo

Série “Crave”
1. Desejo: Dê uma mordida
2. Paixão: Não confie em ninguém
3. Covet: Tempt fate
4. Court: Checkmate
5. Charm: Out of time
Autora: Tracy Wollff
Ano: 2021
Páginas: 496
Editora: Astral Cultural
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto, Romance, Ficção
Classificação indicativa:
Aviso de conteúdo: Violência
Nota: 4/5
Adicione a sua lista do Skoob
Onde Comprar: Amazon

“- “Há mais coisas entre o céu e o inferno, Horácio, do que sonha a nossa vã filosofia.””

Essa é a premissa de “Desejo: Dê uma mordida”. Quero dizer que quando vi o anúncio do livro, fiquei bem animada, principalmente porque o “book trailer” tinha cenas de “Legacies”, uma série derivada de “The Original” e “The Vampires Diaries”. Então, quando enfim o livro chegou nas minhas mãos estava bem ansiosa para começar a leitura. Já sabe né, expectativas lá em cima.

Expectativas lá em cima, sempre são um problema, porque é bem difícil que elas sejam atingidas, viu. Então vamos as minhas impressões. Desde o primeiro momento sabemos que a escola para qual Grace vai é uma escola sobrenatural, afinal a sinopse entrega isso. Caso ela não entregasse, acho que saberíamos, mas ainda ficaria aquela dúvida do que está acontecendo.

DESEJO: DÊ UMA MORDIDA

A história em si, é bem envolvente. A gente quer saber o que está acontecendo, e uma página vai chamando a outra e quando vemos o livro já está indo embora. Temos uma reviravolta quase no final do livro. Preciso confessar que eu vi ela vindo, por mais que a autora quisesse desviar a nossa atenção para o que ela estava tecendo, ela também vai deixando pistas durante a trama.

“Uma olhada e eu sei que esse garoto de cabelos escuros com o olhar impenetrável e a atitude de “foda-se” não é o herói da história de ninguém. E menos ainda da minha.”

Mas, reviravolta mesmo, foi a deixa do primeiro para o segundo livro. O que foi isso Tracy? Eu fiquei muito curiosa para saber o que ela tem preparado para o próximo volume e como as coisas vão se desenrolar, com a deixa que ela colocou. Graças a Deus “Paixão” já está aí. Espero de verdade que se a autora fizer isso em todos os livros, que a Astral lance eles bem rápido. Agradeço viu!

“Desejo” é uma fantasia com várias criaturas místicas. Você não vai encontrar apenas vampiros na trama. Temos também bruxas, feiticeiros, dragões e outras criaturas que não irei dizer agora para não dar spoiler. Então, aquele book trailer com cenas de “Legacies” fez um sentido enorme para mim, ao ler a história.

A maior parte da trama é narrada por Grace. Fiquei na expectativa, afinal, estava querendo conhecer melhor a personagem. Mas ela me decepcionou em vários momentos. Grace é uma personagem que eu não consegui me conectar e nem gostar, por grande parte da história. Eu não concordava com as ações dela e em como ela parava tudo por causa de Jaxon.

“E quase solto uma gargalhada ruidosa quando passo os dedos em um adesivo que diz: “Não sou uma donzela em perigo. Sou um dragão de vestido”.”

Na verdade, ela parava de pensar e raciocinar toda vez que estava próxima de Jaxon e foi isso que foi me estressando durante a leitura. Acho que por ler tantos livros com mulheres fortes, quando ela começou a fazer algumas coisas que iam ao contrário disso eu comecei a não gostar dela. Lá para o final do livro, temos uma pequena mudança nas atitudes da personagem, graças a Deus. Espero mesmo que ela tenha mais atitude nessas próximas histórias, como eu sei que ela pode ter.

Como eu disse antes, a maior parte do livro é narrado por Grace, apenas no final temos a visão de Jaxon sobre as coisas. E sinceramente, eu gosto muito dele. Ele também tem atitudes idiotas, mas eu gosto muito dele. Falando em Jaxon, preciso citar um outro personagem: Flint. Quero dizer que ele ganhou meu coração no início da história e eu esperava mais dele. Quem sabe nos próximos volumes, não é mesmo? Macy, prima de Grace também é outra personagem maravilhosa e que merece um destino fabuloso dentro da saga.

No início comentei sobre o book trailer com cenas de “Legacies”, e não para por aí viu. Durante a trama temos várias referências da cultura pop. “Legacies” está entre elas, além de “Crepúsculo”. Achei até engraçado quando a autora insere “Crepúsculo” na história, e olha que é de uma forma bem sugestiva, hein. Outra coisa que quero ressaltar é como a autora coloca várias etnias dentro da história. Temos negros e asiáticos em papeis de poder e destaque, por exemplo.

“Conversar com o seu melhor amigo sobre o pior acontecimento da sua vida é muito doloroso. Conversar com um estranho que não tem nenhum tipo de interesse na questão… às vezes não dói tanto.”

Por último quero dizer que apesar de a história ter sido boa e ter me prendido, acredito que a autora enrola muito com detalhes desnecessários. Talvez eu tenha sentido isso porque estava dentro da cabeça de Grace e não conseguia gostar dela, mas eu diminuiria bem o livro. Sabe quando a personagem não te desce e você tem que ver a perspectiva dela de TUDO, mas você vê um enredo interessante e quer saber o que vai acontecer no final? Foi assim que eu fui levando “Desejo”. Inclusive, minha nota estava sendo entre 3 e 3,5 até a hora que Grace deu uma acordada na vida. Espero mesmo que ela tenha mais atitude na continuação e que outros personagens tenham mais espaço para aparecer.

No site de Tracy, encontrei algo bem bacana. “Crave” está naquele aplicativo “Chapters” em que o usuário escolhe o destino dos personagens como em um jogo. Sempre vejo a propaganda desse aplicativo em vários lugares, vamos ver se me rendo, ao menos para essa história, para ver como é.

Tracy Wolff já foi professora de inglês, mas agora escreve em tempo integral. Autora de mais sessenta livros que passam pelos diversos gêneros, desde ação até o erótico. “Crave” é seu trabalho mais recente, um romance de vampiros, jovem adulto que tem tudo para pegar a nova e a antiga geração. Aliás, a Universal Studios já adquiriu os direitos do filme!

DESEJO: DÊ UMA MORDIDA - TRACY WOLFF

E aí, o que achou de “Desejo”?

” (…) Você já quis tanto uma coisa que sentiu medo de pegá-lá?
– Sim (…)
– Como se a coisa estivesse bem ali, só esperando você estender a mão e pegá-la… mas você tem tanto medo do que vai acontecer quando perdê-la que não tenta alcançá-la?
– Sim (…)
– E o que você fez? (…)
– Decidi pegá-la mesmo assim.”

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

LIVROS INDEPENDENTES DO AUTOR QUERIDINHO DA NETFLIX HARLAN COBEN 5 K- DRAMA COM HAN SO HEE, ATRIZ DE MY NAME LANÇAMENTOS DE K-DRAMAS MAIS AGUARDADOS DE NOVEMBRO CRÍTICAS SÉREIS E FILMES COM PERSONAGENS NÃO BRANCOS Dicas de livros, filmes e Doramas para animar seu final de semana. Black Friday: Saiba como escolher o melhor kindle para você OS LIVROS DE FANTASIAS MAIS INDICADAS PELOS TIKTOKS DORAMAS DUBLADOS NA NETFLIX Promoção Kindle Unlimited Sarah J Maas? Quem não conhece tem que conhecer!