É engraçado como criamos preconceito com pessoas, livros e filme e etc’s antes mesmo de conhecer realmente as historias deles e baseando somente no que escutamos por alto ou na primeira impressão, não é mesmo?

Já fiz isso algumas vezes em relação à livros biográficos: alguém vinha me convidar para ler e na hora destacava a leitura, por não ser um gênero que goste, independente de quem fosse, até que o convite veio da DarkSide, da qual amo os livros publicados e não tive como dizer “não”. E foi assim que eu tive meu primeiro contato com um dos maiores artista, cineastas de filmes de terror do Brasil: Jose Mojica Martins, conhecido por seu personagem Zé do Caixão.

O livro narra toda a jornada de José desde seu nascimento em uma sexta feira 13 de 1936, mostrando tudo que ele passou para tornar seu maior sonho  realidade: dar aos filmes de terror nacional seu reconhecimento. E podem preparar porque tudo é cheio de detalhes de fatos sobre sua vida, o que instiga a leitura do início ao fim do livro.

Jose Mojica é netos de imigrantes europeus e cresceu na parte de cima de um cinema onde seu pai trabalhava. Por isso aos poucos foi se apaixonado por aquele mundo magico dos filmes: desde de cedo teve certeza que queria trabalhar com isso e fez de tudo para que seus filmes saíssem do papel, até mesmo dando um papel a qualquer pessoa que estivesse disposta a pagar um valor por ações dos seus filmes. Porém nem sempre Jose achou compradores e isso fez com que tivesse várias vezes vender bens das família ou seus filmes prontos por muito menos do que eles valiam para pagar as dívidas. Mas isso nunca o desanimou e mesmo com todos os percalços do caminho Jose continuou fazendo o seu melhor e ganhou grande destaque dentro e fora do pais.

De todo livro lido se tira uma lição que pode ser levado para a vida e da historia de Jose Mojica não foi diferente: eu tirei que a persistência e trabalho duro sempre levam a criação de coisas únicas e fantásticas, e que os sonhos são motivadores maravilhoso para alcançar os objetivos. E isso foi o que mais me fascinou na Biografia do Zé do caixão. O fato dos jornalistas André Barcinski e Ivan Finotti focarem menos no mito criado pelo Jose e mostrar um lado da história dele que poucas pessoas ou quase ninguém conhecia de uma forma humana e muito bem pesquisada, sem mostrar só qualidades e sim uma pessoa a busca de realizar seus sonhos.

Maldito, A Biografia foi uma surpresa que me fez ter menos preconceitos com biografias e conhecer a vida de uma pessoa que só tinha visto por alto na televisão, sem dar muito crédito, já que eu achava ele bem esquisito e me fez entender o porquê a DarkSide fez tanta questão de republicar e acrescentar mais de 200 páginas a mais ao livro dando ele uma nova cara que conectasse o leitor ainda mais a história.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos e assim você ajuda
o blog crescer!♡!
________________________________________________________________________________________________________________
Título: Zé do Caixão – Maldito A Biografia
Autor : André Barcinski 
Ano: 2015 
Páginas: 666 
Editora: DarkSide® Books
Onde comprar: AMAZON