FILMES

VIAGEM DAS GAROTAS | CRÍTICA

13 agosto, 2020 por

Viagem das garotas é bom ? Vale a pena assistir na Netflix ?

Sim, principalmente se você amigas inseparáveis e que já viveu muitas situações inusitadas juntas. O filme é muito engraçado e merece ser visto algumas vezes principalmente na companhia delas.Com tom divertido, criativo ele mostra uma performance extraordinária das atrizes principais.

A comédia, drama tem 2h 02min de duração e foi dirigido por Malcolm D. Lee e estrelado por Regina Hall que é conhecida por interpretar Brenda em Todo mundo em pânico, Queen Latifah, fez diversas comédias, incluindo Taxi e Jogo de Amor em Las Vegas, Pinkett Smith, esposa de Will Smith, que fez Perfeita é a mãe e Gotham e Tiffany Haddish que fez Loucuras em Família.

Na sinopse temos quatro amigas de longa data que já não se vêem há muito tempo por questões pessoais, partem em uma longa jornada em busca de diversão por Nova Orleans, para participar do Essence Festival Pois Ryan Pierce é considerada a próxima Oprah e com isso é convidada para se tornar a oradora principal da festa, e então decide convidar as amigas, para uma Viagem das garotas.

Lá, as intimidades são reavivadas e todos voltam a se aproximar com a animação. Ao mesmo tempo, o lado selvagem de algumas se mostra, e a experiência pode mudar a vida de todas para sempre, pois apesar de tudo a amizade sincera sempre permanece.

Viagem das garotas, se encaixa na temática de vários outros longas que fizeram muito sucesso. Sendo o mais popular entre eles, ‘Se Beber não case’. Apesar de apresentar das características e enredo serem bem diferentes, quem gostou do longa de Todd Phillips, pode gostar dessa versão feminina com muita bebida.

O elenco estava com uma excelente química e tratou os temas importantes de forma leve e divertida. Com algumas cenas muito engraçadas e momentos que até te fazem chorar, o filme diverte e agrada quem gosta de comédias mais escrachadas com um belo toque de amor verdadeiro.

O filme também não faz qualquer questão de fugir dos assuntos que permeiam a vida de várias mulheres, principalmente as heterossexuais. E mostra as personagens bem definidas e bastante próximas de outras tantas que conhecemos: a perfeitinha, a ferrada de grana, a maternal sem vida sexual e a loucona, esta extraordinariamente vivida por Haddish.

Mais do que dar espaço de representação às mulheres, e de um modo muito natural, o faz com as mulheres negras. E é algo super importante quando se fala de representatividade, principalmente por seu alcance, uma vez que foi o primeiro filme afro-americano a fazer mais de U$ 100 milhões de bilheteria.

Com diversas brechas para passar o necessário recado Viagem das Garotas vai divertir, trazer associações gostosas e nostálgicas nesses tempos de pandemia e, assim, entreter quem se entregar a ele. 

Assista ao trailer:

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário