Posts arquivados em Tag: JENNY HAN

CONFIRA OS LANÇAMENTOS LITERÁRIOS DE JANEIRO 2019 – ED. ARQUEIRO E INTRÍNSECA

16 janeiro, 2019 por
No mês de janeiro tivemos um ritmo menor de lançamentos por parte das nossas editoras queridinhas, mas com isso conseguimos colocar as leituras atrasada em dia, não é verdade?! Porém, não deixamos de nos atualizar com as coisas boas quem vem por aí e queremos que vocês também saibam o que os aguarda Por isso, separamos algumas novidades das editoras Arqueiro e Intrínseca que queremos muito que vocês conheçam: UM MARIDO DE FAZ DE CONTA – ( OS ROKESBYS #2 ) JULIA QUIN  Gênero: Romance de época  Páginas: 304 Onde comprar:  AMAZON Enquanto você dormia… Depois de perder o [...]
continue lendo

CONFIRA OS AUTORES INTERNACIONAIS CONFIRMADOS NA BIENAL INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO

01 agosto, 2017 por
A Bienal Internacional do Rio de Janeiro está chegando e vários amantes da literatura de todas as partes do Brasil, já se programaram ou estão se programando para comparecer no que é considerado o maior evento sobre livros do país O encontro com os autores é um momento muito aguardado pelos visitantes da bienal, e vários autores internacionais já confirmaram a presença no evento Separamos aqui a data de alguns deles: 02 de setembro (Primeiro Sábado de Bienal) Leisa Rayven: a australiana é autora da trilogia “Starcrossed” lançada no Brasil pela Editora Globo A série é composta pelos livros: “Meu [...]
continue lendo

{ #RESENHA } PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI – JENNY HAN ( PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI #1 )

17 janeiro, 2017 por
Subtitulo: Para todos os garotos que já amei #1 | Jenny Han | Ano: 2015 | Páginas: 320 | Editora: Intrínseca | Gênero: Romance | Adicione ao Skoob “De todas as coisas que eu guardo, acho que posso afirmar que as cartas de amor são meus bens mais preciosos (…) Não são cartas que outra pessoa escreveu para mim; não tenho nenhuma assim São cartas que eu escrevi Para cada garoto que já amei – cinco ao todo” Esta é a história de Lara Jean, uma garota comum do segundo ano, que escreve cartas de amor Não quaisquer cartas São cartas [...]
continue lendo