Eu sempre acompanho o blog “Morando Sozinha” da Franciele Guarnieri e vi a TAG “Meu Bichinho de Estimação” que algumas leitoras indicaram para ela responder.

Como eu também amo animais de estimação, principalmente a minha, resolvi responder a TAG aqui no blog e apresentar a vocês um pouco mais sobre a minha pequetitinha de quatro patas, que adora dormir e responder ao avó dela 😉



1) Qual é o nome do seu animal de estimação?  
Melissa Bratio Pimenta, Vulgo Mel.

2) Qual é a espécie e a raça dele (a)?
Mestiça, eu sei que a mãe dela era uma Basset, que morreu quando deu a luz aos filhotinhos que eram maiores que ela, já que parece que cruzou com um cão de maior porte.

3) Qual é a idade?
2 anos e meio.

4) Como você o adquiriu?
Minha irmã, queria muito um cachorrinho e falou que ia comprar, eu disse que animal não se compra e que deveríamos adotar. Estávamos nos preparando para ir em uma feira de adoção, quando por algum milagre minha antiga vizinha, ligou para gente perguntando se conhecíamos alguém que queria adotar alguns filhotinhos, e como minha irmã já queria e a oportunidade surgiu, corremos para buscar um, nossa Mel, a unica “meninada” ninhada.

5) O que ele (a) mais gosta de comer? 
A Mel come principalmente ração e bebe água, mas também gostamos de dar fruta e legumes, principalmente cenoura que faz muito bem ao pelo dos pets e ela adora, no verão congelamos as cenouras para virar um picolé a ajudar a refrescar.

6) Há quanto tempo você tem seu animal de estimação? 
Há mais ou menos dois anos e cinco meses, ela chegou aqui com um mês de vida.

7) O que ele (a) faz que é muito engraçado/fofo? 
A Melissa tem medo de tudo, tudo, mas tudo mesmo, qualquer coisa assusta ela o que é muito engraçado porque ela corre e fica nas patinhas de trás tentando subir no meu colo desesperada para esconder a cabeça no meu ombro.

Ela também tem mania de comer as minhas roupas, quando eu saio e deixo ela sozinha ou quando eu faço algo que ela não gosta, aí acaba todo mundo achando graça por que ela corre e se esconde com a roupa. O problema é que ela já esta bem grandinha ai o esconderijo preferido dela, ficou pequeno, deixando o traseiro dela todo de fora.

Outra coisa engraçada é que a Melissa não entende se você falar não, pode ficar horas falando com ela, que vai continuar fazendo a mesma coisa, Agora se você pergunta, “Pode Melissa?”, ela para de fazer a malcriação na hora.

8) Como é a sua relação com seu animal de estimação? 
A Mel é minha sobrinha quase filha, é uma coisa de louco, como sou eu quem passo mais tempo com ela em casa, a gente tem uma ligação única e muito unida, ela dorme comigo e sempre presta atenção se eu estou muito agitada na cama, já que por causa do transtorno de ansiedade eu tenho pesadelos e não consigo acordar com facilidade, ai ela sempre me acorda.

9) Situação engraçada que aconteceu entre vocês.
A Melissa tem muito ciúmes de mim, muito mesmo, ela não gosta que estranhos me abracem ou que qualquer outro cachorrinho chegue perto de mim, aí a minha irmã convidou uma amiga para vir aqui em casa (a gente fala que ela é madrinha da Mel), porém ela trouxe a cachorrinha dela para conhecer e socializar, mas nada da Mel, gostar da cachorrinha, então tive que ficar prendendo ela para não ficar latindo ou avançando na cachorrinha, aí ela começou a soltar um pum atrás do outro de nervoso, minha cara ficou vermelha de vergonha.

10) Alguns apelidos/ nome que você chama seu animal de estimação.


Sim, cada um aqui em casa deu um apelido diferente para a Mel, meu pai chama ela de Leleca, minha irmã de filha, eu de Memel.

Eu gostaria de conhecer um pouco do relacionamento da Livy do Blog “Mundo dos Livros”, da Lia do blog “DOCES LETRAS”, a Eykler do blog “Amoras com Pimenta” e a Camila do blog “Chá com Amor”, com os pets delas.