TV

SÉRIE | ANNE WITH AN E – NETFLIX

16 junho, 2019 por

Anne with an E é uma série produzida pelo canal canadense CBC

Baseada no livro Anne de Green Gables, da autora Lucy Maud Montgomery, Anne with an E é uma série produzida pelo canal canadense CBC e mundialmente disponibilizado pela Netflix.

Inicialmente, a série não chama muito a atenção de quem passeia pelo catálogo, apesar do visual diferenciado. Confesso que eu mesma não me interessei muito, até passar pelo preview na página inicial. Aí… Foi amor à segunda vista.

Nos 44 minutos iniciais, podemos conhecer Anne, uma órfã ruiva, cheia de sorrisos e muito (muito!) falante. Os monólogos poéticos da menina são cativantes e carregados de imaginação e uma visão de mundo sem igual.

Anne é enérgica, dramática e passional, o que pode ser um pouco demais para os Cuthberts, irmãos que resolveram adotar um menino para ajudar na fazenda, o que obviamente não acontece.

Ambientada no Canadá, ao fim do século XIX, a série nos traz, de forma sensível e leve, temas atuais, como o bullying e o lugar da mulher na sociedade. A roteirista, inclusive, costuma dizer que a série é “acidentalmente feminista”, devido à energia de Amybeth McNulty, atriz que interpreta Anne.

Anne with an E é uma série distribuida pela Netflix

No começo, tive a sensação de que a série era um pouco lenta e dramática demais, mas ao fim do primeiro episódio eu já estava apaixonada. E a parte que muito me cativa é que Anne fala diretamente com todas as pessoas que passaram pela adolescência/infância conturbada.

Sempre fui uma criança quieta e que vivia no mundo da própria imaginação, desde cedo com o nariz enfiado nos livros e claro que super isolada porque as outras crianças me achavam esquisita. E é com essa nossa parte que a série dialoga. É essa parte que desperta e pensa que, afinal, tudo bem.

Tudo bem enxergar a mágica e querer um pouquinho dela na nossa vida, mesmo que através das páginas dos livros. Tudo bem não ser igual a todo mundo. Tudo bem ser uma órfã ruiva que fala bastante e, aos poucos, conquista sua própria família e seu lugar no mundo. Tudo bem querer estudar e desbravar o mundo e quebrar algumas regras.

Foi assim que Anne with an E se tornou uma das minhas séries de conforto. De sentir aquele quentinho no coração quando a abertura começa e somos transportados para o gélido Canadá.

E também pelo fato de ter uma fotografia maravilhosa e ser praticamente um documentário sobre a época e a região, tão reais são os detalhes, o vestuário e as ambientações. Vale a pena cada segundinho que passamos neste mundo, conhecendo a história não apenas de Anne, mas de todos a seu redor.

Pessoas reais, com problemas reais, tratados de forma muito leve e cuidadosa. Tão leve que fica fácil se encantar profundamente por suas desventuras e personalidades. Qualquer tempinho livre que tenho acaba sendo para ver um pouquinho mais da série, que já está em sua segunda temporada, com a estréia da terceira já prevista.

Melhor preservar os spoilers e deixar que vocês mesmos acompanhem a ruiva espevitada que conquista corações já desde 1908, nas páginas ou nas telas. Afinal, sendo poética como a própria Anne seria, os mais preciosos tesouros se encontram escondidos, mesmo que no catálogo da Netflix.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

14 Comentários

  • […] Está procurando o que assistir na Netflix? Confira nossa crítica de “Anne with an E”. […]

  • Marstela Guedes
    junho 23, 2019

    Adooooro!

  • Eva Lavezzo
    junho 21, 2019

    Adorei, Vick. Eu já passei várias vezes pelo mostruário e nunca fiquei com vontade de ver. Mas adorei seu relato vou ver depois te conto. Bj

  • Alícia Corrêa
    junho 20, 2019

    A fotografia dessa série é maravilhosa mesmo!!! Tenho o livro que inspirou a série aqui em casa quero ter tempo de lê-lo antes de começar a assistir a série <3

  • Ana Maria
    junho 20, 2019

    Essa série é linda e eu sempre fico emocionada com os dramas da Anne. Me identifico demais com os personagens

  • Thais silva
    junho 20, 2019

    Acho que e uma Daquelas séries Que você quer viver dentro dela e descobrir logo como o final acaba… Seria Normal dizer que a História Ainda se passa nos dias de hoje.

  • DEYBIANE KAMILA ALVES DE FREITAS
    junho 20, 2019

    Concordo com a resenha no ponto em que somente a uma olhada a serie não se mostre chamativa! Porém apesar de ainda ñ ter assisrido tenho visto muitas críticas positivas! Estou correndo o risco de quem sabe me apaixonar por mais uma obra incrível.

  • Amanda Campanha
    junho 20, 2019

    Confesso que essa série não me chama muita atenção, apesar de ver as pessoas falando bem dela… Assim como você disse, sempre pensei que seria uma série lenta e dramática demais, mas a resenha me pegou quando falou da magia dos livros, me identifiquei muito com esse ponto e agora estou curiosa!!

  • Ingrid Barbosa
    junho 20, 2019

    Tbm não conhecia, mas me identifiquei, já quero ver! Parece ser bem interessante .

  • Ana Clara de Souza Coelho
    junho 20, 2019

    Essa série está na minha lista tem pelo menos seis meses! Eu sempre arrumo alguma outra coisa pra ver. Umas 5 pessoas já me indicaram e peciso parar de me auto sabotar urgentemente!

  • Aline Tavares
    junho 20, 2019

    Assisti a série enquanto lia o livro e foi muito legal para traçar paralelos. Considero a adaptação bem feita, pois a essência da obra foi mantida e as mudanças realizadas foram importantes para atualizar o enredo, sem descaracterizar o contexto histórico. Assisto Anne com um sorriso no rosto.

  • Mary Cândido
    junho 20, 2019

    Excepcional a série. Poder conhecer uma sociedade do séc. XIX ao olhos de uma garota, que procurava a felicidade e se separava com todas as dificuldades impostas a ela. Fiquei mais intrigada para a leitura, pois retrata a personagem principal como “uma ruiva”. Porque está conotação?? Saberei assim que ler.

  • Laryssa
    junho 17, 2019

    Já ouvi falar sobre essa série, mas não sabia do livro. Adoro postagens como essa que levam ainda mais conhecimento sobre esse universo incrível de adaptações. Abraços!

  • Carol Nery
    Carol Nery
    junho 16, 2019

    Eu nunca li e nem assisti a série, mas tenho uma amiga em Brasília que é extremamente apaixonada. Estou até com uma coleção de marcadores pra encaminhar a ela.
    Meus gostos são sempre mais tensos e “pesados”. Acho que vou deixar essa dica reservada para quando eu estiver meio saturada. Será um bom alívio.
    Beijão e seja bem-vinda. Até a próxima.