Hoje é dia de falar de thriller psicológico,Uma estranha em casa da Editora Record. Lançado há  alguns meses, teve grande divulgação principalmente na Bienal do Livro de São Paulo, e traz a proposta de alguém que não se lembra de algo que aconteceu e lida com a desconfiança ao seu redor.
Karen Krupp é uma cidadã exemplar. Trabalhadora, organizada, moradora de um bom bairro residencial e casada com o amoroso Tom Krupp há dois anos, vive uma vida tranquila e sem incidentes. Até o dia em que Tom chega em casa e encontra as portas abertas, o jantar abandonado e a bolsa e celular da esposa no local. Minutos após entrar em contato com a polícia recebe uma inesperada notícia: sua esposa acabou de sofrer um acidente de carro em um dos bairros mais perigosos da cidade!

 

O que Karen fazia naquele local? Por que estava dirigindo tão rápido? O que a fez abandonar a casa com tanta urgência? Estas são as principais dúvidas na cabeça de Tom que, para piorar, não serão respondidas, pois Karen perdeu temporariamente suas memórias do acidente devido ao trauma. Incertezas, desconfiança e medo brotam na mente deste marido, atrapalhando seu relacionamento feliz e perfeito. Mas este caso ainda pode complicar mais ainda com a descoberta de um assassinato bem próximo ao local do acidente de Karen, e das suspeitas vindas até mesmo de sua melhor amiga Brigid.

O livro tem uma proposta bem interessante, mas tive um pouco de dificuldade com seu início. Isso porque, mais ou menos, até a página 100 nada acontece! Página após página você alterna em ler sobre Karen que não se lembra e sobre o marido que não consegue acreditar totalmente. Porém, a partir da metade, a história ganha ritmo e prende o interesse, fazendo leitura fluir.

 

“Não consegue se livrar da desconfiança de que Karen se lembra do que aconteceu naquela noite. Está magoado, sente-se manipulado. E, no entanto, ainda a ama. Como tudo seria mais fácil se não a amasse!”

Shari Lapena, famosa também por ” O casal que mora ao lado”, desenvolve uma boa trama, porém peca em algo essencial para um livro deste gênero: o deixa previsível. Eu consegui descobrir muito cedo qual seria o rumo seguido e, para minha surpresa, não estava errada. Como leitora frequente e amante de suspense/thriller posso dizer que reviravolta chocantes e a desconfiança de vários personagens faz parte da experiência, mas dessa vez deixou a desejar. E olha que ela ainda tentou um “plot twist” nas páginas finais, mas foi bem fraco…
Enfim, o livro tem uma história bem interessante que apesar de inicialmente muito maçante, compensa por seu desenvolvimento e aproveitamento dos personagens, que são muito bem trabalhados. Então, se você também é fã deste gênero e não pode ver um suspense que quer fazer parte dele, embarque nesta leitura, só não espere grandes surpresas no final!
_______________________________________________________________________________________________________________

Título: Uma Estranha em Casa Shari Lapena
Ano: 2018
Páginas: 266
Editora: Record
Gênero: Suspense, Thriller Psicológico
Adicione a sua lista do Skoob
 Onde comprar: Amazon