{ #RESENHA } UMA DOBRA NO TEMPO – MADELEINE L’ENGLE ( UMA DOBRA NO TEMPO # 1)

22 dezembro, 2017 por

Título: Uma Dobra no Tempo | Madeleine L’engle |
Ano: 2017 | Páginas: 240 | Editora: Harper Collins Brasil | Gênero: Fantasia,
Ficção Cientifica |
Adicione a sua Estante do Skoob

“Eu disse – resmungou ela, empurrando o pé
para dentro do calçado – que o tesserato – empurrou de novo – existe, sim. – O
pé entrou na bota, e ela pegou seus lenços, cachecóis e chapéu e saiu apressada
porta afora. A Sra. Murry continuou estática, sem se mexer para ajudar a idosa.
Quando a porta se abriu, Fortinbrás entrou como um raio, arfante, molhado e
reluzente como uma foca. Ele olhou para a Sra. Murry e ganiu.”
Quando o Senhor Murry está trabalhando em um projeto fora de
casa e deixa de dar notícias, toda a família fica desolada de saudade, a fofoca
da cidadezinha que eles vivem é que o pai Sr. Murry, deixou a mãe, Sra. Murry,
e os filhos por outra mulher. Mas Meg nunca acreditou nisso, ela e toda a sua
família sabem que o Pai estava trabalhando e que ele irá voltar, o problema é:
voltar de onde e quando?

Uma visita inesperada no meio da noite, de uma senhora bem
diferente faz com que a vida da garota mude e que ela tenha a esperança de que
pode trazer seu pai de volta, afinal, segundo a velha senhora, o Tesserato, que
seu pai estava trabalhando, existe sim. Mas o que seria esse Tesserato e onde
seu pai estaria? Meg, seu irmão mais novo, Charles Wallace e o amigo Calvin
viajam com três senhoras peculiares entre o tempo e o espaço para encontrar o
Sr. Murry.

“Uma dobra no tempo”, foi um dos livros pautados e discutidos
no 19º #ClubedoLivroBH. Interessante e diferente, é como eu descreveria essa
história. Passando as páginas descobrimos como cada qualidade e defeito dos
personagens fazem deles únicos e especiais, além de ajudar na missão que tem
pela frente. O grande vilão, tem muita relação com o contexto político e os
conflitos existentes da época em que foi escrito, além de poder ser facilmente
visto na sociedade atual também, não irei falar muito sobre ele para não dar
spoiler. Este fato, faz com que o livro seja completamente atemporal.

“A
corda de pular batia no asfalto no exato instante da bola. Quando a corda
passava por cima da cabeça da criança pulando, a criança com a bola pegava a
bola. A corda descia. A bola caía. Repetidamente. Sobe. Desce. Tudo no mesmo
ritmo. Tudo idêntico. Tal como as casas. Tal como as ruas. Tal como as flores.”
Apesar da leitura ter sido um pouco difícil para mim, pois não
estou acostumada com ficção científica, a história prende o leitor até o final.
Entrei em mundo de fantasia e viajei pelo o universo com Meg, Calvin e Charles
para encontrar o Sr. Murry. Fiquei com uma pequena raiva de Meg, por sempre
pensar que dependia da ajuda dos outros para continuar, gostei do protagonismo
que ela teve no desfecho da trama, e principalmente, compreendi no Posfácio a
mensagem que Madeleine quis passar com a personagem.


“Uma dobra no tempo” é um clássico da ficção científica, ganhador
do prêmio Newbery em 1963.  Nesta
reedição da editora Harper Collins ao final podemos ler o discurso de Madeleine
para o prêmio e um Posfácio escrito por sua neta Charlotte Jones Voiklis,
contando um pouco sobre a vida de sua avó, as dificuldades para publicar o
livro e como este foi escrito: alterações que Madeline teve que fazer e como a
história original tinha duplo sentido sobre um governo ditador e opressor, além
de contar que o livro, apesar de clássico, ainda é bastante restrito nas
escolas.
Essas duas coisas fizeram com que essa edição fosse especial,
porque faz com que o leitor entenda não só a trama, mas um pouco sobre como a
escritora pensava e se sentia. A capa dura da diagramação é um detalhe que fez
com que ele ficasse uma coisa fofa, além das páginas pretas com pontos brancos
que para mim simboliza o universo com as estrelas. O livro teve seus direitos
comprados pela disney, e sua adaptação cinematográfica tem estreia prevista nos
Estados Unidos para o dia 9 de março de 2018. O trailer do filme se mostrou
muito bom, e já me fez ansiar pelo resultado.

“Se um dia antes alguém tivesse lhe dito que
ela, Meg, a menina dos dentes tortos, a míope, a desastrada, ia pegar na mão de
um garoto para lhe dar carinho e força, ainda mais um menino popular e
importante como Calvin, esta noção estaria além do seu entendimento. Mas,
naquele momento, lhe parecia bastante natural querer ajudar e proteger Calvin,
do mesmo modo como ela fazia com Charles Wallace.”




veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

20 Comentários

  • Mariana Soto
    abril 17, 2018

    Sua versão cinematográfica parecia muito bem sucedida. Adorei a participação de Chris Pine. Ele é um excelente ator. O papel que realizo em mulher maravilha o filme é uma das suas melhores atuações. Ele sempre surpreende com os seus papeis, pois se mete de cabeça nas suas atuações e contagia profundamente a todos com as suas emoções. Além, acho que a sua participação neste filme de fantasia realmente ajudou ao desenvolvimento da história.

  • Giovanna Talamini
    dezembro 26, 2017

    ESTOU APAIXONADA PELOS DETALHES DESTE LIVRO!
    Que eu me lembre, nunca li um livro de ficção científica mas tenho curiosidade.
    Como uma amante do cinema, já sinto interesse em ver o filme (já comecei gostando da trilha sonora rs). Pretendo ler o livro antes de ver o filme, melhor né? Beijão.

    https://twitter.com/Gi_talamini/status/945783328237637633

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Giovanna,

      Este livro ficou maravilhoso mesmo ❤❤❤
      Eu sempre acho melhor, ler o livro antes de assistir, mas aí você escolhe o caminho, aproveita que vai ter um tempo antes de estrear. E venha cá me dizer o que achou viu?

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Thuanne Souza
    dezembro 26, 2017

    Não costumo ler ficção científica, então não sei se leria este. Acho vou vou esperar pela adaptação, para ver se me animo mais. Apesar de ficar curiosa pelo sumiço do pai, vou esperar para ter mais detalhes.

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Thuanne,

      Também não costumo ler ficção e esse me agradou bastante. Espero que chegue a ler e que goste, depois me conta.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Maria Alves
    dezembro 24, 2017

    Fiquei curiosa com esse livro ele é bem interessante e como adoro historias com viagens no tempo tenho que ler. Fiquei intrigada com o que aconteceu com o pai da personagen e o projeto. Mas parece que a Meg não é daquelas personagens determinada, espero que ela melhore.
    https://twitter.com/maria64896321/status/944862505834344448

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Maria,

      A leitura é bem interessante mesmo, e tive que deixar vários detalhes de fora por causa de spoiler. Meg me deu um pouco de raiva, mas lendo os motivos depois, entendi um pouco.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • RUDYNALVA
    dezembro 23, 2017

    Elisa!
    Bom ver que a cada nova página virada, foi um descoberta e emoção.
    Amo ficção científica e ver um livro bem escrito, com detalhes e envolvente é fascinante.
    Adoro tema como viagem no tempo, parece que viajo junto.
    Adorei a resenha.
    “Celebrar o Natal é crer na força do amor, é isto que transforma o homem e o mundo. Feliz Natal!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Rudy,

      Fico contente que tenha gostado da minha resenha e da indicação. A história realmente é fascinante e espero que você goste. Depois venha me contar o que achou.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Stephanny Manini
    dezembro 23, 2017

    Oi Ana,
    Primeiramente que capa linda *–* adorei essa nova edição do livro, infelizmente não li muitos livros de ficção cientifica, mas ao conhecer esse livro no clube do livro bh e ao ler sua resenha me deu mais vontade de ler esse livro e dar mais chances a livros de fantasia pois podem nos prender bastante. Obrigada pela dica com certeza irei comprar esse livro pois me chamou muita atenção.

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Stephanny,

      Fico contente que tanto a minha resenha, quanto o Clube do Livro tenham te animado a ler este livro. Acho que você vai gostar, assim como eu, eu também saí da minha zona de conforto com ele.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Gislaine Lopes
    dezembro 23, 2017

    Oi Ana,
    Apesar de amar a ideia de viagens no tempo, li pouquíssimos livros que abordassem o tema. Uma dobra no tempo pode ser o livro que irá me fazer entrar de cabeça neste assunto que tem tanto a ser explorado e se o enredo não tivesse que despertado interesse pela leitura, certamente esta linda edição seria o suficiente para aguçar minha curiosidade. O fato desta obra ser restrita nas escolas me faz pensar o quanto seu conteúdo é de grande importância e impacto. Sempre que questões políticas são inseridas em uma história o autor(a) deve se preparar e já saber que para muitos a verdade sobre como um governo atua deve ser mascarada. Mais que uma ficção científica Uma dobra no tempo me parece focar, também, nas relações familiares e no quanto a coragem e a esperança são importantes na jornada percorrida pelos personagens.

    https://twitter.com/GisahSLopes/status/944374184116879360

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Gislaine,

      Concordo com você, eu por exemplo, não sou fã de ficção e a capa me atraiu muito para a história, que eu acabei gostando muito. Livros que fazem uma crítica a sociedade deveriam ser obrigatórios nas escolas, não acha? Mas nem sempre é isso que acontece. Os poderosos acabam ficando com medo de suas ideias serem contestadas. Mas enfim, esse livro fala muito sobre família, amizade e coragem, e me fez ansiar pela continuação.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Marta Izabel
    dezembro 23, 2017

    Oi, Ana!!
    Gostei bastante de conhecer esse livro, adoro um bom livro de ficção cientifica e fique bem interessada nessa estória por ter viagens no tempo. E que edição mais linda é essa?!! Amei!!
    Beijoss
    https://twitter.com/Martaizabeln/status/944372354079248384

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Marta,

      A edição está bem bonita mesmo. Fico contente que tenha gostado da indicação. Depois me conta o que achou, quando ler.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Carol Vicente
    dezembro 22, 2017

    Eu fiquei muito feliz de terem falado dele no encontro. Eu não conhecia, e fiquei extasiada com a história e com a notícia do filme, que eu tb estava por fora.
    Ótima resenha, e lindas fotos! Instigando mais ainda essa doida aqui a querer esse lindo. Ai, gente! Capa dura. hahahaha

  • Carol Campos
    dezembro 22, 2017

    A reedição desse livro tá lindona (Essas fotos com a caneca do clube só realçaram, <3), gosto de histórias do gênero e já coloquei na minha lista de desejados, hehe O trailer me chamou atenção de imediato, já me vejo lendo e adentrando esse mundo cheia de curiosidades para saber o motivo do sumiço do pai e o quais medidas tomar para o salvar. Olhando a época da primeira versão ver como a autora se sentia quando o escrevia de fato, deve ter deixado o livro bem especial apesar das modificações originais e da restrição nas escolas.

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/944291156661342208

    • Ana Elisa
      janeiro 14, 2018

      Ei Carol,

      A reedição desse livro reglamente ficou um amor, me apaixonei por ela assim que vi. Todo o cuidado que a editora teve ❤
      Adentrar nessa viagem realmente é muito legal, ver como os personagens vão se desenvolvendo no decorrer do livro e depois a história de autora contada por sua neta. O trailer está maravilhoso, já quero ir no cinema para ver o filme.

      Obrigada pelo comentário 🙂

      PS: as fotos foi a linda da Leticia que tirou, estão lindas, não estão? ❤❤❤