Órfão x é um livro que recebi da Editora Planeta, a capa impactante em tons preto e vermelho e também o título me levaram a pensar que seria uma história forte e minha aposta estava correta! Trata-se de um livro de ação no qual Evan Smoak é um órfão treinado desde a infância para atuar em um programa altamente sigiloso e executar missões em que matar seria o principal objetivo. Após o fim desse programa, Evan passa a atuar por conta própria, utilizando suas habilidades para ajudar pessoas em situações de perigo, agindo secretamente sob codinome “homem de lugar nenhum”.

Gregg Hurwitz, resenha, texto, dica de leitura

Mas inesperadamente o auxílio a uma provável vítima sofre reviravoltas e Evan se vê ameaçado de morte, perseguido e sem saber em quem confiar. Ao que tudo indica sua morte era desejada por alguém de seu passado, pois não faltavam inimigos a um homem como ele… Assim vamos acompanhando seus esforços para se manter vivo e juntar as peças de um misterioso quebra cabeças que o levaria a identidade de um suposto rival. Mas nem tudo é sangue… Mia Hall e seu filho Peter, são vizinhos de Evan, e sem saber da vida dupla desse homem aparentemente comum, acabam se aproximando do protagonista. A relação entre eles garante momentos de leveza e humor à trama.

O livro é narrado em terceira pessoa, há diálogos dos personagens e em alguns trechos Evan relembra sua infância e temos a oportunidade de ler sobre como se deu partes do seu treinamento (algo bem pesado se lavarmos em conta que ele era apenas uma criança). A trama me envolveu em um intrigante clima de ação e perigo, o que tornou impossível abandonar as páginas sem antes saber o desfecho das arriscadas situações em que Evan se metia.

Encontrei em Órfão X suspense, assassinatos, esperteza, tensão… Uma combinação carregada de adrenalina. A capa é simples, mas casou bem com a história e me agradou. Em minha opinião as cores fortes e agressivas combinam com a personalidade de Evan. A simplicidade também está presente no interior da obra que não possui letras bordadas nem páginas enfeitadas.

Não conhecia o autor, mas sua escrita detalhada (sem ser cansativa) me deu o que eu precisava para “participar” como se eu estivesse presente. Evan é um homem frio. Um assassino treinado para matar. Eu não costumo gostar disso, mas há algo no personagem que me cativou, que me fez torcer por ele, desejar conhecer seus sentimentos e entender suas motivações.

Talvez o fato de ele ser uma espécie de justiceiro, tomando as dores dos indefesos. Talvez seja porque lendo eu percebi seu esforço para não se envolver com as pessoas, para não levar nada para o lado pessoal. Apenas o foco em ajudar, apenas o empenho para salvar e se manter salvo, o fato é que tudo isso me fez enxergá-lo como algum tipo de herói. E você, já leu o livro? Eu recomendo.

Essa matéria foi escrita por  Nathalia enquanto ainda era colunista do Coisas de Mineira 

 

________________________________________________________________________________________________________________

Titulo: Órfão x
Autor :Gregg Hurwitz 
Páginas: 334
Ano: 2016 
Editora: Planeta 
Ficção científica