RESENHAS

{#RESENHA } O JARDIM ESQUECIDO – KATE MORTON

06 maio, 2019 por

{ #RESENHA } O JARDIM ESQUECIDO – KATE MORTON

Em O Jardim Esquecido, Cassandra sofreu uma perda terrível que mudou toda sua vida, dez anos depois ela perde Nell, sua querida avó que sempre esteve ao seu lado. Depois de saber que herdou de sua avó uma misteriosa casa na Inglaterra, ela começa a descobrir e entender que a vida de Nell era cheia de segredos que nunca tinha compartilhado com ninguém. Cassandra então sai em busca de descobrir o que sua avó guardav

Nell amava seus pais e suas irmãs, estava noiva de um homem que adorava e tinha a benção da família. Mas em uma noite, após um segredo que fora guardado por anos ser relevado, tudo mudou e Nell se trancou para ela mesma. A propriedade Blackhurst foi palco de coisas terríveis e guarda os segredos da família Mountrachet.

“O chalé é um lugar solitário, isolado de dia e mais ainda de noite. A estrada não ia até o alto do penhasco, a entrada do jardim secreto fora fechada e, do outro lado do muro, havia um labirinto cujo caminho era, claro, difícil de percorrer. Era o tipo de lugar onde uma pessoa podia viver sem nunca enxergar outra alma.”

RESENHA DE LIVRO: O JARDIM ESQUECIDO – KATE MORTON

Um pouco confusa a sinopse? Mas não sabia como dar um resumo sem entregar várias coisas chaves do enredo. Para quem gosta de uma trama cheia de mistérios e segredos que vão sendo desvendados ao passar das páginas, “O Jardim Esquecido” é a história perfeita. A autora consegue nos levar ao longo de pouco mais de quatrocentas páginas, entretidos e querendo descobrir o que diabos aconteceu.

Nós não estamos apenas vendo Cassandra, no ano de 2005, a história também vai nos mostrando um pouco da vida de Nell, desde a sua infância, até a sua velhice. Além da autora, Eliza Makeapeace e a família Mountrachet por volta de 1900. O bacana que Kate faz com o enredo é que ela faz intercalando a vida de três gerações e em cada capítulo entrega apenas o necessário para que o leitor fique ainda mais curioso sobre o que aconteceu com os personagens.

“Cassandra e continuou sentada por algum tempo, observando as sombras que dançavam nas paredes enquanto refletia sobre o que Ruby dissera. Sobre a vida que ela, Cassandra, tinha construído com as coisas, as pessoas, que não estavam mais ali. Fora isso que Nell fizera? Ela tinha ignorado a vida e a família que lhe haviam sido dadas e se voltado para a que lhe tinha sido tirada? Cassandra deitou-se e fechou os olhos.”

Sabe algo que eu achei interessante, durante a leitura? A personagem, Eliza Makeapeace foi uma escritora de contos de fadas que teve apenas um livro publicado. Durante a narrativa, vemos referência a suas histórias, quando outros personagens citam como são boas e interessantes, e para uma leitora isso gera certa curiosidade. O que eu gostei foi que logo, essa curiosidade acabou quando Kate introduziu alguns dos contos dentro do livro.

Preste atenção, os contos são sensacionais, casam com a trama de uma forma surpreendente, mostrando o caminho para os personagens descobrirem os segredos e os mistérios que os envolvem.

Se gosta de uma boa história com segredos de família, essa é uma boa pedida. Ao final, Kate conseguiu fazer com que eu chorasse até soluçar, com o desfecho que ela deu para o livro. Direi apenas isso, para que eu não tire a emoção de ninguém: para mim, foi a melhor forma de concluir uma história, foi emocionante e tocou de uma maneira sensacional. 5 estrelas foi a minha avaliação no skoob.

Com mais de 10 milhões de livros vendidos no mundo, Kate Morton é autora de seis romances, todos eles na lista de best seller do The New York Times, do Sunday Times e número 1 em todo mundo. Sua primeira história “The House at Riverton” foi a estreia mais bem sucedida, do Reino Unido, de todos os tempos. Seus livros, já foram publicados em 42 países e traduzidos para 34 idiomas. No Brasil, “O Jardim Esquecido” e “A Casa do Lago” foram publicados pela editora Arqueiro.

Essa leitura foi meu primeiro contato com Kate, mas não quero que seja a última. Ela é aquele tipo de autora que nos encanta e nos faz querer sempre mais.

Uma curiosidade: “O Jardim Esquecido” foi lançado pela primeira vez no Brasil como “O Jardim Secreto de Eliza” pela editora Rocco, assim como os livros “A Guardiã dos Segredos de Amor”, “As Horas Distantes” e “A Casa das Lembranças Perdidas”.

______________________________________________________________________________________________________________

{ #RESENHA } O JARDIM ESQUECIDO - KATE MORTON

Ficha tecnica: 

Título: O Jardim Esquecido
Autor: Kate Morton
Ano: 2018
Páginas: 496
Editora: Arqueiro
Gênero: Suspense e Mistério, Romance, Ficção
Adicione a sua lista do Skoob | Onde comprar: Amazon

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário