{ #RESENHA } ESNOBES – JULIAN FELLOWES

16 outubro, 2017 por
Esnobes | Julian Fellowes | Ano: 2016 | Páginas: 352 | Editora: Fábrica 231 | Gênero: Ficção

A capa de Esnobes não me chamou muita atenção e preciso admitir que o título me
despertou, já desde o início, certa antipatia. A meu ver uma pessoa esnobe é
bastante desagradável e imaginei que se a leitura se referisse a personagens
assim “rançosos” provavelmente não iria me agradar.

Assim comecei a leitura sem muita
expectativa e sem saber ao certo o que esperar. Na trama conheci Edith Lavery e
Charles Broughton. Ele é um excelente partido, membro da alta sociedade. Ela
uma interesseira que por conveniência adoraria fisgar um bom partido que lhe
garantisse um bom futuro.


Eles se casam e Edith tem acesso
a um mundo cobiçado por muitos. O matrimônio foi para ela uma oportunidade de ascensão
social e fica claro o interesse dela em levar vantagem… Mas por mais que ela
tente se encaixar em sua nova vida, não demora, as coisas começam a desandar.
Por traz de todo o prestigio das
classes altas, os evento, o luxo e a influência há muita inveja, mentiras,
omissões e hipocrisia. O sonho não é tão bonito e agradável quanto ela
imaginava e Edith se vê cercada de uma realidade extremamente entediante que só
piora a cada dia.


“…Começava a entender
que, naquele mundo,

 era questão de honra não se surpreender com
qualquer
manifestação de opulência,
por mais impressionante que fosse.”
A história nos é narrada em
terceira pessoa por um amigo de Edith que também é um dos personagens. Este
narrador passa boa parte das páginas reforçando o quanto a vida da personagem
está entediante, monótona e o quanto a mesmice a incomoda.  Achei o texto repetitivo e acabei ficando
entediada também.
Outra característica bem marcante
na trama é nos mostrar a todo o momento como é o estilo de vida dos ingleses.
Suas convenções, seus comportamentos e suas regras de etiqueta… Uma série de condutas
implícitas que são facilmente assimiladas pelos membros daquela cultura, principalmente
classe média alta e alta.


“Embora quase todo
mundo tenha sofrido muito por amor

Esse é o sentimento
que o ser humano mais almeja
.”

Não desenvolvi nenhuma simpatia
pela personagem Edith e senti certa pena do personagem Charles que me pareceu
bobo de tão compreensivo.  Além de se
chatear bastante com a mesmice da vida de casada Edith achava o marido
desinteressante e fica dividida entre a possibilidade de um romance mais quente
ou a tranquilidade e o status.

O livro traz questões ligadas a
casamento por interesse, valorização das aparências, busca por dinheiro e
posição social. Não pretendo julgar tais comportamentos. Acho que todos são
livres para fazer suas escolhas, mas tenho claro em minha mente que é preciso
bem mais que dinheiro para que alguém se sinta feliz. Não foi a melhor leitura
da minha vida, mas valeu ter lido.

Gostou da resenha? Beijos da Nat.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

21 Comentários

  • Jois Duarte
    outubro 29, 2017

    A lei do retorno. Contudo, todo o esforço envolvido pra ascender, não foi suficiente pra trouxesse felicidade a personagem. Ela chegou no topo e pensou "é só isso?". Acho que na vida tbm é assim. Não vale a pensa enganar, ser quem não é, tentar ser melhor que os outros. No fim, não satisfaz.

  • Nicole Longhi
    outubro 23, 2017

    Não conhecia o livro, é um tipo de leitura que gosto pois acho legal esse tema de alta sociedade.
    Uma pena que a personagem e a trama ficam entediante e acabam entediando o leitor, pois assim fica uma leitura muito cansativa.
    Adorei a resenha.

    beijos

  • Stephanny Manini
    outubro 18, 2017

    Oi,
    adorei a sua resenha, mas confesso que a capa não me chamou atenção e possuo a péssima mania em julgar pela capa rsrsrs mas ao ler sua resenha me chamou muita atenção e tive uma grande vontade de ler e já adicionei na minha listinha de desejados rsrs

  • Maria Alves
    outubro 18, 2017

    Isso é uma prova de que dinheiro não trás felicidade rs. Acho que não leria o livro, não teria paciência com as lamurias da personagem que queria uma vida mais glamourosa e acabou entendiada, mas deve nos trazer algumas reflexões em relação ao dinheiro e essa vida cheia de pompas, sou mais feliz do meu jeito rs.
    https://twitter.com/maria64896321/status/920628649069633536

  • Jessica Borges
    outubro 18, 2017

    Olá! Devo confessar que nada me chamou atenção nesse livro, apesar de tratar de temas interessantes. As vezes só pela premissa e pela capa a gente já sabe se vai gostar ou não de um livro e nesse caso eu não pretendo ler, pois minha lista de leitura está enorme e pela sua resenha acho que minha opinião não seria muito diferente da sua. Bjos!

    twitter: https://twitter.com/Jeje__Borges/status/920626532502196224

  • Ketherine Gomes
    outubro 18, 2017

    Parabéns pela resenha, mais acho que hj leria pelos seus comentários e não pela capa ou títulos, já que sou mega visual e se a capa não me chama a atenção eu não compro. Parabéns mais uma vez.

  • Herica Lima
    outubro 17, 2017

    Oi!
    O título é meio intimidador, já que realmente uma pessoa esnobe é bem chata e eu odeio! ksks
    Confesso que também não me despertou nada. Não senti vontade de ler. Gosto de romances reais, mas esse me pareceu impessoal demais já que é narrado em terceira pessoa.
    Beijos.

    https://twitter.com/Of_Watson/status/920407564633985026

  • Marta Izabel
    outubro 17, 2017

    Oi, Nath!!
    Parece ser um livro bem interessante!! Gostei da resenha e um livro bem diferente aonde a um casamento por interesse, achei a estória bem parecida com alguma novela que já assisti. Mas pena que a estória fica um pouco chata!!
    Beijos
    https://twitter.com/Martaizabeln/status/920109949170135040

  • Samanta Samy
    outubro 17, 2017

    Olá Nathalia!
    Então, particularmente não gosto muito de romances e vejo essa construção do cara rico + a mulher interesseira = mais do mesmo.
    Tenho a impressão que sempre existe um homem rico e uma mulher representada como "pecadora". Entende?
    Gostei da resenha, esse tédio passado pela protagonista me fez lembrar de "Madame Bovary".

    Divulgação no Twitter: https://twitter.com/SamyACS/status/920100111845388288

  • Marlene Conceição
    outubro 17, 2017

    Oi.
    A premissa também me chamou a atenção logo de cara, porém fiquei triste em saber que em alguns momentos a leitura se tornou chata para você, isso infelizmente é algo que acontece bastante, o fato de que o narrador é um amigo é diferente e interessante, porém apesar de ter achado interessante, não sei se leria.
    Bjs.

  • Carol Campos
    outubro 17, 2017

    A capa, a premissa e o titulo não me chamaram à atenção, os assuntos abordados como a aparência e a sua altíssima valorização, dinheiro e status são interessantes e presentes no nosso cotidiano mas, essa indicação vou deixar passar…

    https://twitter.com/CaarolForbes/status/920086638210043904

  • RUDYNALVA
    outubro 16, 2017

    Nathália!
    Que me perdoem os ingleses, mas eles tem mesmo um tom de esnobismo em suas vidas, com horário para tudo, determinados comportamentos apenas para agradar a sociedade, muitos protocolos… enfim, tudo muito esnobe.
    Imagino o quanto o livro deve ser monótono de tão repetitivo e com tanta mesmice…
    Semaninha alegre e feliz!
    “No fundo, morrer não seria nada. O que não suporto é não poder saber como terminará.” (A. Amurri)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  • pamela mendes
    outubro 16, 2017

    Eu confesso que pela capa e pelo título, já não me interessei muito pelo livro. E conhecendo um pouco mais da história, fiquei com menos vontade ainda de ler ele. Acho que não vou gostar nenhum pouco desses personagens. E depois de saber que o livro é meio cansativo e repetitivo, já decidi que não vou ler mesmo =/
    Bjss ^^

    Divulgação: https://www.facebook.com/pamela.mendes.39395/posts/868075376703159

    • Nathalia
      outubro 16, 2017

      Oi Pâmela
      Realmente não foi meu livro favorito
      Mas… Valeu ter lido
      Obrigada pelo comentário. Beijo

  • Gislaine Lopes
    outubro 16, 2017

    Oi Nathalia,
    Muitas pessoas que veem a riqueza e desejam viver dela, não sabem o que está por trás de toda a grandeza. Nem todas as pessoas da alta sociedade são esnobes, mas se você entra para este meio através do interesse ou de falsas intenções não pode esperar levar uma vida feliz e dos sonhos, pois a realidade é outra. Edith está vivendo suas escolhas e ela pode acabar com isso, mas se sua ambição for maior que viver livre e feliz, acredito que o final desta história pode não ser o esperado. Não me vi muito interessada neste livro, mas achei interessante a narrativa ser pelo ponto de vista de outro personagem, isso trás uma visão diferente para trama, como se fosse o próprio leitor vivenciando a situação da protagonista.

    Twitter: https://twitter.com/GisahSLopes/status/920065804909121536

    • Nathalia
      outubro 16, 2017

      Verdade Gislaine
      Obrigada pelo comentário! Beijo

  • Isabela Carvalho
    outubro 16, 2017

    Oi Nathalia 😉
    Gostei da resenha, mas senti que não é um livro que me agradaria…apesar de abordar assuntos muito presentes em nosso cotidiano, como a constante valorização das aparências acima de tudo, e a incansável busca por dinheiro e posição social de algumas pessoas.
    Não me chamou a atenção e se visse o livro em uma livraria ia passar batido por mim, mas obrigada por dividir suas opiniões do livro conosco 😉
    Bjos

    Divulgação: https://www.facebook.com/isabelacarvalho.isabela/posts/1531360683611911

    • Nathalia
      outubro 16, 2017

      Oi Isabela
      Eu te entendo perfeitamente!
      Obrigada pelo comentário! Beijo