Edgar Allan Poe – Medo Clássico é uma coletânea de contos do autor separado por tema, sendo eles “Espectro da Morte”, “Narradores Homicidas”, “Detetive Dupin”, “Mulheres Etéreas”, “Ímpeto Aventureiro e “O Corvo”.  Com tradução de Marcia Heloisa, também responsável pela introdução muito poética sobre a vida e obra do autor, o livro apresenta em sua primeira parte um pouco sobre a infância e vida adulta do autor Allan Poe e como elas influenciaram sua escrita, depois ele apresenta seus textos mais famosos.

Notável por seus contos que tem início, meio e fim, Edgar Allan Poe foi o primeiro a viver da sua escrita, passando por muita dificuldade já que não era uma profissão bem vista aos olhos da sociedade, Poe conviveu com a morte muito de perto desde pequeno, primeiro com sua mãe adotiva perdida pera a tuberculose e depois sua esposa acometida pelo mesmo mal. Cada um de seus contos é mórbido e sombrio, com pontos-chave que fazem os cabelos ficarem em pé e a atenção presa em cada descrição.

RESENHA DE LIVRO: EDGAR ALLAN POE: MEDO CLÁSSICO

Se você já leu algum livro da Darkside Books sabe que a editora é fera em diagramação, e que o capricho é fundamental para a edição de suas obras. Em “Edgar Allan Poe – Medo Clássico” não foi diferente, em capa dura, misturando o dourado com o preto fosco e o título em auto-relevo, só a capa já faz os olhos brilharem. No miolo vemos letras com tamanho que facilita a leitura e notas de rodapé que ajudam no entendimento, além das páginas ilustradas que dão um ar ainda mais interessante.

O cuidado com a obra e autor é visto em cada pequeno detalhe do livro, ao ponto que fica até difícil escolher qual sua história preferida, então não vou indicar o meu conto preferido para que vocês possam ler, só vou dizer que cada um deles merece ser lido e vocês devem fazer isso aos poucos.

RESENHA DE LIVRO: EDGAR ALLAN POE: MEDO CLÁSSICO

Escrever a resenha desse livro foi bem complicado, primeiro pelo fato dele ser uma coletânea e eu não querer escolher apenas uma história para comentar com vocês, ainda mais porque ao longo da leitura eu não consegui escolher uma preferida. Todos os contos despertaram minha curiosidade e quando chegaram ao final eu só tinha um pensamento: “Poxa, esse cara escreve bem demais, não quero contar nada na resenha para não dar spoiler!”

O que mais gostei em Edgar Allan Poe – Medo Clássico foi o fato dele não ser feito somente para os fãs do autor, que a forma como foi dividido por temas, e principalmente com uma introdução sobre sua vida, facilitou o primeiro contato com suas obras. Ainda não tinha lido nada do Poe, mas enquanto ia lendo fui descobrindo porque ele é considerado o pai do gênero do terror investigativo, seus textos te prendem do início ao fim e te deixam fascinada.

RESENHA DE LIVRO: EDGAR ALLAN POE: MEDO CLÁSSICO

Não sou muito fã de livros de suspense ou terror, deixo esses livros para a Tay e a Karina que amam, mas me vi apaixonada por Poe e seu jeito único de criar mistérios com coisas do cotidiano de seus personagens, não é atoa que o autor é uma grande inspiração para nada menos do que Stephen King.

________________________________________________________________________________________________________________

Título:  Edgar Allan Poe: Medo Clássico – Volume 1
Autor: Edgar Allan Poe
Ano: 2017
Páginas: 384
Editora: DarkSide Books
Gênero: Contos, terror, suspense  
Onde comprar: AMAZON