HQ's

RESENHA | AURORA NAS SOMBRAS – FABIEN VEHLMANN E KERASCOËT

27 julho, 2019 por

AURORA NAS SOMBRAS - FABIEN VEHLMANN E KERASCOËT

“Aurora nas Sombras” é um quadrinho do autor Fabien Vehlmann e dos quadrinistas Marie Pommepuy e Sébastien Cosset. Esses últimos usam o pseudônimo Kerascoët. Esse é um quadrinho aquarelado em cores pastéis que, no início, te engana por suas cores e desenhos fofos. Porém, possui um texto direto onde toda a inveja, traição, cobiça e egoísmo muda a vida de uma jovem inocente que tenta ajudar todos à sua volta.

Indicado ao Prêmio Eisner em 2015, premiação mais importante para os quadrinhos, “Aurora nas Sombras” apresenta em seu primeiro momento uma jovem desesperada porque um belo rapaz está chegando para cortejá-la em um café da tarde em sua casa. Tudo está indo bem ao que parece. A conversa está se desenrolando e eles aparentam estar ser dando bem.

"Aurora nas sombras"

Até que assim, do nada, gotas vermelhas começam a cair sobre eles e desesperados cada um corre para um lado. Acontece então uma fuga da casa e daquela enxurrada de água vermelha, e é nesse momento que vemos que aquela casa, inicialmente bem arrumada e simples, na verdade é o corpo de uma menina em roupa de uniforme escolar, se decompondo. Assustador não?!

Nesse novo lugar a jovem Aurora tenta organizar da forma mais justa os alimentos que ela consegue achar. Ela se encontra entre todos aqueles serezinhos que fugiram da casa em decomposição e assim busca organizar um novo lugar para morar. Entretanto, o egoísmo e egocentrismo de um alguns desses seres começa a mostrar que sua ajuda altruísta não é tão bem-vinda assim. E desta forma, amigos de antigamente começam a mostrar seu lado mais cruel.

Sendo sincerona, precisei ler “Aurora Nas Sombras” duas vezes para entender melhor do que se tratava a história. Não ela toda, mas o início, quando tudo muda, e damos de cara com uma criança morta. Nessa hora o susto foi grande e eu tive que começar de novo. Depois, a história correu bem. Só que ela não perde sua complexidade, já que aqui vemos o que é preciso fazer para sobreviver. E quão baixo podemos chegar para isso.

Os temas tratados em “Aurora nas Sombras” são fortes e muito bem relacionados com o lado mais sombrio do ser humano. Como podemos nos tornar o que há de pior. E que a necessidade de sobrevivência acima de qualquer coisa, torna a vida de todos mais complicada. Enquanto Aurora tenta se adaptar de uma forma a qual possa ajudar e melhorar a vida de todos, existem aqueles que preferem o ‘puxa saquismo’. Outros usam sua influência para dominar os mais fracos, típico de nós humanos, que sempre nos colocamos em primeiro lugar.

As mortes, como elas acontecem e são descritas nesse quadrinho, não são para os fracos de estômago. É que ao longo de toda trama vamos vendo seres comendo as carnes da criança morta, se automutilando para alimentar, seres sendo enterrados vivos e outros mortos pelo gigante, animas e plantas. Tudo isso muito bem descrito e desenhado. O que te faz, por algumas vezes, até questionar se está realmente entendendo o que está acontecendo até aquele momento.

Aurora nas sombras

Mas, no geral gostei da forma como “Aurora nas Sombras” foi escrito e ilustrado. Gostei também de como o autor e os ilustradores conseguiram fazer um paralelo com os humanos e sua crueldade. Certeza que nada ali fica sem um final, ou talvez até mesmo uma vingança por parte de Aurora. Tudo se encaminha para um final assustador, de uma jovem que já não é tão boa como foi no início.

Com um traço aquarelado e fofinho no primeiro momento, o quadrinho vai acompanhando a jornada de vários personagens, bem como suas ações, algumas vezes até mesmo nojentas.  O cenário de tudo isso é o meio de uma floresta onde bichos e esses seres precisam coexistir.

_____________________________________________________________________________________________________________________

Title: Aurora nas sombras
Author: Fabien Vehlmann Kerascoët
Ano: 2019
Genre:
Publisher: Darkside Books
Pages: 96
Adicione a sua lista do Skoob
Compre na Amazon 

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

13 Comentários

  • Tahis
    agosto 15, 2019

    Olá!
    ahh que livro lindo menina, adorei suas fotos, ficaram lindas!
    A história é bem diferente e meio dark né, fiquei curiosa com esse quadrinho rs’ dica anotada e espero ler em breve!

    beijos!

  • Aline Martins de Oliveira
    agosto 08, 2019

    Olá! Uau, estou impressionada com essa premissa. Confesso que o tom mórbido e dark foi o que me prendeu a atenção de início, mas depois essa pegada de crítica social, bateu assim, e aí fiquei bem interessada. Acho que a parte gráfica, muitíssimo bem feita, na minha opinião nem foi tanto assim, mas sim o que promete essa história. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ http://www.stalker-literaria.com

  • Leitura Enigmática
    agosto 08, 2019

    Estou com muita vontade de ler essa GN, ela deve estar incrível. Gostei demais da sua resenha que contribuiu mais para aguçar minha curiosidade.

  • Dayhara Ribeiro Martins
    agosto 07, 2019

    Eu demorei para entender como esse quadrinho funciona, no inicio achei tudo fofinho demais mas depois me surpreendi totalmente porque é realmente isso que você falou, a gente acaba enfrentando o pior do ser humano, as mortes foram muito bizarras mas foi uma uma grande surpresa, quebrou toda a ideia de fofura haha

  • Camila - Leitora Compulsiva
    agosto 06, 2019

    Oi, Letícia.
    Gosto muito de quadrinhos e achei essa edição linda, logo de cara. Curti os desenhos, as cores, a capa… Mas então, lendo a sua resenha, fiquei um pouco preocupada de não gostar da história. Parece ser bem interessante, mas no momento não estou muito nessa vibe de temas mais pesados.
    Vou ver se encontro um exemplar quando passar pela livraria, para ler o comecinho e ver se mudo de ideia! Rs… Faço muito isso por sinal! Rs…
    beijos
    Camis – blog Leitora Compulsiva

  • Yvens
    agosto 06, 2019

    Olá, tudo bem?

    Eu já conhecia essa obra por meio de sites como Amazon e Submarino, mas confesso que não é uma hq/quadrinho que me despertou muita atenção. Sobre a qualidade do projeto gráfico não tenho o que falar, são sempre lindas, a Dark arrasa. Parabéns pela resenha, ficou super legal!!!
    Abraço!

  • Erika Monteiro
    agosto 06, 2019

    Oie, tudo bem? Achei a indicação simplesmente incrível! O que dizer dessa edição? Apaixonada. Não tinha muito o costume de ler quadrinhos e livros do gênero mas esse ano recebi algumas edições que me deixaram bem impressionada. O que mais me chamou atenção foi o trabalho dos ilustradores. Como pode existir desenhos tão lindos? É um talento muito grande. As vezes não entendemos um trecho e precisamos ler novamente acontece. Esse que você trouxe não conhecia mas já vou adicionar à minha lista. Um abraço, Érika =^.^=

  • Luna
    agosto 04, 2019

    Nossa, esse livro parece bem sombrio! Não sei se tenho estômago para lê-lo, embora esteja tentando me acostumar a ler histórias mais pesadas, de terror e tudo o mais. Comecei por Bram Stoker e Edgar Allan Poe, mas estou lendo essas obras devagar, pois sempre me provocam pesadelo.rs

    Achei bem macabro isso da casa no final das contas ser o corpo de uma menina em decomposição! Que horror! Mas é curiosa a questão de como a história mostra que todos são capazes de qualquer coisa para sobreviver ou ter o que deseja, que todo mundo tem um lado ruim. É algo em que acredito: para mim nenhum ser humano nasce totalmente bom ou totalmente ruim. Nascemos com os dois lados dentro de nós e fazemos uma escolha. Escolhemos ser bons ou maus e ir mudando conforme nossos interesses. Nós seres humanos não somos uma raça boa, a História já mostrou. Nós seres humanos fizemos nossa escolha horrível.

    Bjs!

  • Marijleite
    agosto 03, 2019

    Oi, a edição para estar bem caprichada, a premissa dos personagens vivendo num corpo em decomposição é bem inusitada e diferente, fiquei curiosa para ler.

  • Ana Caroline
    julho 31, 2019

    Olá!

    Até eu fiquei confusa e não consegui entender direito, acho que só lendo essa história em quadrinhos para entende-la direito.
    Ele é bem curtinho, então da para ler rapidamente, além de ter uma edição muito linda!

    Beijos,
    http://www.pactoliterario.blogspot.com.br

  • Jessica Oliveira
    julho 30, 2019

    Guria, que livro mais interessante! E que quadrinhos mais lindos, apesar da história ser um pouco mórbida, a arte é completamente linda. Não tem como ficar indiferente. Vou te dizer que esse tipo de plot não me chama muito a atenção, mas pela beleza da arte dos quadrinhos, já é um livro que quero para ontem.
    Adorei a resenha e as fotos!

    Beijos,

    Books and Movies
    http://www.booksandmovies.com.br/

  • Larissa Dutra
    julho 30, 2019

    Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas achei a edição e as ilustrações lindas. Parece ser uma leitura muito bacana, fiquei curiosíssima para ler. Adorei a resenha e dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

  • Ivi Campos
    julho 30, 2019

    Que obra de arte em formato de livro!!! O que mais me chamou a atenção na sua resenha foram os temas fortes e a questão de termos sentimentos tão densos dentro de nos. Fiquei bem animada em conhecer a história.
    Beijos