Hoje a resenha é sobre o livro “Até Você Ser Minha“, um thriller psicológico da autora Samantha Hayes, lançado no Brasil pela Editora Intrínseca. Quando me interessei pelo livro e comecei a ler algumas resenhas sobre ele, uma palavra era unanimidade em todas elas: SURPREENDENTE. Agora, após finalizar a leitura, admito que não existe palavra melhor para descrevê-lo. E eu bem achei que como o ano está acabando não daria tempo de ser trouxa mais uma vez… mas deu! Fui muito enganada.

“Até Você Ser Minha” contado em terceira pessoa, alterna a visão da história entre três mulheres. A primeira delas é Cláudia, uma assistente social casada há pouco tempo com um oficial da Marinha e madrasta de dois meninos gêmeos, e que está nos últimos dias de uma gravidez de uma menininha após ter sofrido diversos abortos em oportunidades anteriores. Tomada pela necessidade de conciliar o trabalho, a gravidez, a criação dos enteados e a ausência periódica do marido (que viaja sempre para missões do trabalho), ela decide contratar uma babá para morar em sua casa e auxiliar em algumas atividades.

Zoe Harper, a segunda mulher, é quem prontamente atende aos requisitos impostos pelo casal para contratação da babá, porém, esconde um grande segredo e suas intenções não são verdadeiramente aquilo que ela deixa transparecer. Ela inicia a execução de um plano bem montado onde sabemos apenas que ameaça a formação desta família para sempre.

A terceira e última mulher que tem sua visão da história contada é a investigadora Lorraine Fisher, que trabalha com seu marido Adam Scott como parceiro, está enfrentando graves problemas em casa com as filhas e acabou de ser colocada como responsável em uma série de casos hediondos e semelhantes onde grávidas estão sendo brutalmente assassinadas com a retirada forçada de seus bebês do ventre no final da gravidez.

O destino das três mulheres irá se encontrar e na corrida contra o tempo é necessário identificar logo o responsável pelas mortes e fazer com que seja punido. Enquanto isso o convívio na casa de Cláudia estar caminhando para culminar em algo bem grave…

A obra é muito bem elaborada e com diversos detalhes que se encaixam perfeitamente, o que deixa a reviravolta final muito mais especial. Apesar de poder ver a situação por três ângulos principais é bem difícil determinar o real sentido da trama, o que a torna exemplar. As personagens são muito bem construídas e você consegue se identificar com as três.

Zoe, apesar de deixar claro que suas intenções de “boa funcionária” são completamente falsas, tem a oportunidade de mostrar ao leitor o seu lado, sua vida e seus porquês. Já Claudia é quem desperta nosso maior senso de urgência, uma vez que está nos momentos finais de uma difícil e sonhada gravidez, em uma região de todas as grávidas se tornaram alvos. Lorraine é a típica mulher contemporânea em colapso, presa ao trabalho, sem tempo para as filhas e com problemas conjugais sérios.

Tudo se passa em Birmingham, na Inglaterra, e todas as regiões citadas são do Reino Unido. Com uma capa e título bem enigmáticos, “Até Você Ser Minha” prende, desespera e choca, além de te fazer arrepiar com a frase final. Por isso tudo então, preciso dizer que está mais do que indicado (e já quero um filme)!

________________________________________________________________________________________________________________

Título: Até Você Ser Minha
Autora: Samatha Hayes 
Ano: 2015
Gênero: Suspense, Thriller Psicológico
Páginas: 336
Editora: Intrínseca
Adicione no Skoob
Onde comprar: AMAZON