{ #RESENHA } A ÁRVORE GENEROSA – SHEL SILVERSTEIN

15 maio, 2017 por
Companhia das Letrinhas
Autor: Shel Silverstein | Ano: 2006 | Páginas: 60 | Editora: Companhia das Letrinhas | Gênero: Infantil | Adicione ao Skoob

O livro “A Árvore Generosa” do autor Shel Silverstein é lindo e me chamou atenção desde o início. Todo verdinho, com uma capa dura brilhosa, nos mostrando uma ilustração em que um menino recebe uma maçã de uma árvore, ele me encantou já no primeiro contato. A pergunta feita na sinopse me instigou a ler em busca da resposta.

A obra é o relançamento de um clássico ilustrado, que foi traduzido por Fernando Sabino. Na trama conhecemos a relação estabelecida entre um menino e uma árvore. Ela muito amorosa, sempre disposta a dar tudo de si. Ele muito egoísta, sempre exigindo recursos que atendessem aos seus desejos. Ele extremamente interesseiro. Ela muito dadivosa. A meu ver ambos pecando pelo excesso.

Comecei a leitura sorrindo, e meu sorriso surgiu graças ao encantamento que a história despertou em mim. O tom clássico do Era uma vez… e os desenhos muito bem feitos ilustrando os momentos vivenciados pelo menino e a árvore, me levaram para um lugar agradável, com gosto de infância. Mas, aos poucos, meu sorriso foi sumindo, dando lugar a uma série de sentimentos.

Não sei explicar bem o que senti. Incômodo? Tristeza? Indignação talvez. O fato é que me deparei com uma história simples, mas com um enorme potencial para fazer o leitor pensar. Inicialmente o menino se contenta apenas com a companhia da árvore, mas com o tempo, passa a querer sempre mais e para agradá-lo a árvore vai se doando cada vez mais.

Editora: Cosac Naify

Para mim foi marcante o contraste entre um personagem extremamente generoso e outro muito egocêntrico e ingrato. É uma história curta, uma leitura rápida, que apesar de aparentemente simples é carregada de significados. Impossível ficar indiferente a lição de moral que há implícita na trama.

Claro que a interpretação é relativa e certamente diferente para cada leitor. Mas minha percepção é de que a história pode inspirar reflexões que vão desde a preservação da natureza e dos recursos que ela nos oferece, até valores úteis aos relacionamentos, como o cuidado com o outro e respeito aos sentimentos daqueles que nos dedicam amor.

Acho que temos em nós um pouco de árvore, mas temos também um pouco de menino. O que o livro fez foi me levar a questionar quão árvore e quão menino eu tenho sido. É um livro atemporal que guardarei com carinho e lerei para meu filho(a) quando eu for mãe. Não poderia deixar de ser generosa e compartilhar a obra com vocês, espero que gostem!

Conhecia o livro? Gostou da resenha? Beijo da Nat.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

26 Comentários

  • Aichha Carolina Pereira
    maio 30, 2017

    Oi Nathalia,
    Esta edição realmente chama a atenção pela beleza. Gosto desses livros mais curtinhos, muitas vezes até infanto-juvenis mas que trazem muitas mensagens – independente da idade do leitor.
    Beijos

  • RUDYNALVA
    maio 30, 2017

    Nat!
    Não conhecia o livro não, mas amei a capa porque me lembrou de um dos primeiros livros que li na infância que foi O menino do dedo verde.
    Gosto demais de histórias infantis porque sempre trazem lindas mensagens e fico encantada com as ilustrações.
    Desejo uma semana tranquila!
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

  • Nathalia
    maio 24, 2017

    Super fofinha mesmo!

    Também achei!

    Beijo

  • pamela mendes
    maio 23, 2017

    Eu não conhecia esse livro, mas ele parece ser super fofo. Confesso que não é o tipo de livro que eu costume ler, mas eu fiquei muito interessada em ler esse, e acho que vale muito a pena. Sem contar que essa edição está super linda <3

    Bjss ^^

  • Nathalia
    maio 22, 2017

    Oi

    É fofo mesmo!

    Beijo

  • Leituras da Ketellyn
    maio 20, 2017

    Oi, não é meu tipo de livro, mas achei ele muito fofo, e a capa é linda, minha sobrinha iria adorar.

  • Gislaine Lopes
    maio 19, 2017

    Oi Nathalia,
    Livros que trazem grandes lições são os que mais tem me chamado atenção ultimamente. Talvez porque a humanidade tem passado por tantas coisas ruins e negativas, então estou sempre atrás de histórias que me fazem refletir e tirar alguns ensinamentos. Com certeza A Árvore generosa faz uma crítica a forma de agir de algumas pessoas. Certos indivíduos diante de uma generosidade não conseguem se contentar e agradecer ao ato, pois a ganância e egoísmo falam mais alto.

    • Nathalia
      maio 20, 2017

      Verdade Gislaine

      Também amo livros que nos levam a refletir…

      A árvore generosa faz isso com muita simplicidade

      E o mundo precisa mesmo de pessoas mais amorosas
      e também de gente que saiba de receber esse amor
      sem se aproveitar de forma egoísta.

      Beijo

  • Márcia Saltão
    maio 19, 2017

    Olá!
    Que capa linda! Gosto de livros com ilustrações e que passam uma boa reflexão.
    Espero um dia conseguir ler e guardar com carinho na estante.
    Resenha muito bonita, parabéns. Beijinhos.

    • Nathalia
      maio 20, 2017

      Olá Márcia

      É mesmo um livro pra guardar com carinho.
      Que bom que gostou

      Beijo

  • Yana
    maio 19, 2017

    Nossa que gracinha esse livro. Gosto muito de livros infantis e infanto-juvenis, e vez ou outra compartilho livros fofos com as pessoas que conheço. Fato é que por mais simples que seja a história, acabo me prendendo a detalhes, além de refletir sobre mim mesma baseada na trama desse livros. Quando tiver oportunidade vou dar aquela pegadinha nesse livro. Um beijão =)

    • Nathalia
      maio 19, 2017

      Concordo com você Yana…
      Também gosto de alguns infantojuvenil

      Espero que você goste desse!

      Beijo

  • Carol Campos
    maio 18, 2017

    Não conhecia o livro nem o autor. A capa aparenta ser um livro infantil mas, ao terminar a resenha, vejo os valores que passa e a reflexão que nos deixa. Simples e surpreendente, gostei.

    • Nathalia
      maio 19, 2017

      É infantil Carol… mas é lindinho
      é acho que não tem idade pra refletir
      sobre amor e generosidade…
      Não é mesmo?!

      Beijo 🙂

  • Nayane Evylle
    maio 18, 2017

    Eu gosto dessa temática de opostos. Da um destino e desenvolvimento pra história. Gostei da resenha. Vou anotar pra ler.
    Abçs

  • Nathalia
    maio 18, 2017

    Que bom que gostou

    Beijo

  • Alison de Jesus
    maio 18, 2017

    Olá, adoro livros que deixam mensagens implícitas, os elementos da trama nos entrega de forma sutil o real sentido da história, íntimo a cada um de nós pois o menino e a árvore se adaptam à nossa realidade. Beijos.

  • Caroline Garcia
    maio 17, 2017

    Generosidade, egoísmo… Confesso que me atraiu esses temas e fiquei curiosa em relação a essa história.
    Não é uma obra que faz muito meu estilo, mas fiquei interessada.
    E a edição parece estar um capricho né? Bem fofínea <3
    Beijos,
    Caroline Garcia

    • Nathalia
      maio 17, 2017

      Bem fofinha Caroline,

      Livro de criança, mas assunto importante também
      pra gente grande!

      Beijo.

  • Herica Lima
    maio 16, 2017

    Muito bonita essa edição! Amo livros com reflexões no final, mesmo o livro sendo simples.
    Achei legal essa resenha e super legal a trama ser sobre um menino querer cada vez mais e a árvore fazendo o seu desejo! Nossa! Deve ser muito bom o livro!
    Beijoss

  • Cristiane Dornelas
    maio 15, 2017

    Essa edição dele chama mesmo atenção, é muito bonita. E a trama mesmo sendo simples pode deixar bastante reflexões. Isso do menino egoísta e sempre querendo mais e da arvore sempre muito boa me fez pensar mesmo na nossa relação com a natureza, de como abusamos dela. Mas primeiramente isso me fez lembrar de relacionamentos abusivos, de como uma pessoa se doa demais e outra só brinca com os sentimentos, não valoriza…
    Meio doido isso…que a trama possa trazer diferentes ideias à mente.
    É uma dica interessante de leitura.

    • Nathalia
      maio 16, 2017

      Maravilhosamente doido né Cristiane!

      Acho muito gostoso livros que mexem
      assim com idéias e emoções…

      Beijo

  • Priscila Tavares
    maio 15, 2017

    Oi Naty!
    Antes de mais nada: que livro lindo né. Sempre falo que essas histórias que parecem simples de primeiro, podem nos surpreender e muito. As vezes nem percebemos a linha que o autor está nos fazendo seguir até que do nada, sentimos todo o peso que a reflexão causa em nós. Quero ler esse livro.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    • Nathalia
      maio 16, 2017

      Oi Priscila

      É bem assim e eu amo livros que fazem isso!
      Leia mesmo! É uma gracinha!

      Beijo