A resenha de hoje é da continuação de uma série que eu venho amado muito e tenho ficado ansiosa para cada continuação: “Rastro de Sangue – Príncipe Drácula”.

Em “Príncipe Drácula”, o segundo livro da série “Rastro de Sangue”, Audrey Rose e Thomas Cresswell estão embarcando em uma viagem para a Romênia, lar do terrível Vlad, o empalador. Após os acontecimentos de Jack, o Estripador, Audrey ainda está se recuperando do assassino em série e aproveita a oportunidade de estudar ciências forenses em uma das melhores academias.

O que nem Audrey nem Thomas esperavam, era encontrar um novo assassino. Dessa vez, imitando o temido Vlad Drácula. Como será que nosso casal vai resolver esse mistério? E as coisas entre os dois, como será que estão depois dos terríveis acontecimentos com Jack, o estripador. É isso que vamos descobrir a medida que a leitura vai avançando.

“Eu não iria tolerar ser incomodada e assediada só por ser uma mulher.”

RASTRO DE SANGUE: PRÍNCIPE DRÁCULA – KERRI MANISCALCO

Apesar de ler muitos livros Darklove, preciso deixar registrado que essa foi uma leitura difícil, não por causa da história, porque ela é maravilhosa, mas por causa da temática. Audrey Rose estuda ciência forense e gente, a descrição dos cadáveres não é algo bonito e que eu tenha estômago para ler.

Apesar disso, eu sou apaixonada por essa série e é uma história melhor que a outra. Começamos com esse casal sensacional em uma viagem de trem, rumo a Romênia. Como é de se esperar, onde Audrey e Thomas estão, tem confusão e já começamos com um assassinato. Muito além disso, começamos a perceber como Audrey está ferida e machucada, após os últimos acontecimentos.

Audrey como percebemos no livro anterior é uma mocinha bem a frente do seu tempo. A paixão por estudar os mortos e costurar corpos ao invés de bordar, como várias meninas da sua idade, é uma das coisas que nos mostra isso. Outra coisa que percebemos é como ela está decidida a ser forte e mostrar para os outros que ela é mais do que apenas uma mocinha. Além de querer sempre mostrar que é tão competente quanto qualquer homem.

“Eu não seria tratada como se minha mente fosse inferior porque eu tinha sido abençoada com a capacidade de parir filhos.”

Isso faz com que ela esconda os seus sentimentos e tente afastar um pouco nosso querido Thomas. Falando nele, tive uma grata surpresa em Príncipe Drácula, já que nessa história conhecemos mais do querido Thomas Cresswell. Espere para conhecer um pouco da história dele e se apaixonar ainda mais. Eu por exemplo, sou apaixonada por ele!

O que eu tenho achado bem legal em Rastro de Sangue é a capacidade da Kerri de nos surpreender. Ela vai construindo a história de uma forma que quando menos percebemos ela dá um giro e te surpreende. Foi assim em “Jack, o estripador” e é assim em “Príncipe Drácula”.

A autora nos dá pistas, nos faz montar teoria atrás de teoria, cheguei até acreditar que realmente Vlad Drácula estava de volta. Mas no fim, ela deu um final surpreendente que eu não estava esperando.

“‘E se…?’ eram as duas palavras mais trágicas do mundo quando colocadas juntas na mesma frase.”

RASTRO DE SANGUE: PRÍNCIPE DRÁCULA – KERRI MANISCALCO

“Rastro de Sangue: Príncipe Drácula” é o segundo livro da série intitulada “Stalking Jack the Ripper” (nome do primeiro livro em inglês) da autora Kerri Maniscalco. No Brasil, a Darkside lançou a série como “Rastro de Sangue”. Até então, já foram lançados quatro livros da série, no Brasil temos apenas os dois primeiros publicados e eu estou louca para que os próximos venham logo.

A diagramação do livro está a coisa mais linda, como sempre né Darkside? Na capa vemos uma mulher (nossa querida Audrey Rose) com um vestido e uma estaca sujas de sangue. Além disso, há a imagem de um castelo também. A tipografia escolhida é a mesma do primeiro volume, mas diferente desse, a capa tem um tom vermelho escuro.

O que eu gosto da Darkside é que ela não capricha apenas na capa. Entre alguns capítulos é possível ver imagens de instrumentos ou elementos da época em que a história se passa e que de alguma forma, Audrey e Thomas tiveram contato, como por exemplo a página de um livro com gravuras do morcego raposa-voadora de Tonga.

Em sua biografia, Kerri Maniscalco diz que começou a se interessar pela Ciência Forense graças a livros de anatomia e escultura que existiam no escritório do seu pai, que é quiroprático aposentado. Para quem gosta de trilha sonora, a autora disponibilizou uma playlist para esse livro (é só clicar aqui).

“‘Segure-me se eu cair, certo?’
Um sorriso curvou os lábios dele de uma maneira muito encantadora. ‘Eu já estou caidinho por você, isso sim, Wadsworth.’”

___________________________________________________________________________________________________

Série: Rastro de Sangue
1. Rastro de Sangue: Jack, o Estripador
2. Rastro de Sangue: Príncipe Drácula
3. Escaping From Houdini  ( Ainda não publicado) 
Autora: Kerri Maniscalco
Ano: 2019
Páginas: 424
Editora: Darkside
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto, Suspense, Mistério, Terror
Nota: 5/5
Adicione à sua lista do Skoob
Onde Comprar: Amazon