“Novembro de 63”, é o 54º romance de King. O livro foi publicado no Brasil em outubro de 2013 pela então editora Suma. O gênero é uma mescla de ficção histórica e ficção científica, que nos conta a respeito de um grande plano para salvar a vida do presidente dos Estados Unidos da América, John F. Kennedy. Mas, como isso pode sequer ser cogitado? Nesse romance, conheceremos Jake Epping, um professor do ensino médio em Lisbon Falls, no Maine. Nossa história começa em 2011.

Jake é frequentador de uma lanchonete que pratica preços baixíssimos. Ela pertence a Al Templeton. O mais interessante, é que esse local irá marcar a vida de Al e Jake de forma que os dois jamais poderiam conceber. A verdade, é que dentro do estoque do Al’s Diner, o dono do restaurante descobre um portal.

Isso mesmo, um portal de teletransporte no tempo. Ele chama esse portal de Buraco do Coelho, e toda vez que se atravessa esse “buraco” no tempo, Al é transportado para 1958, quando Eisenhower comandava a América. Kennedy era um jovem senador, e ainda estava vivo.

“(…) nenhuma sensação de que a minha vidinha estava prestes a mudar. Mas, a gente nunca sabe, né? A vida muda sem aviso.”

NOVEMBRO DE 63 – STEPHEN KING

O chapeiro da lanchonete tem esse sonho. A América seria um lugar diferente, e algumas guerras poderiam ter sido evitadas, bem como vidas terem sido salvas, caso o presidente Kennedy não tivesse sido assassinado em Dallas, nos anos 60. E a partir dessa idealização, Al traça toda uma vida, partindo da premissa de que toda vez que se passa pelo portal, você estará em 9 de setembro de 1958, às 11h58.

Todas as vezes que 1958 for visitada através do portal, os acontecimentos realizados no passado são zerados. Qualquer coisa que você tiver feito no passado, irá reinicializar. Também existem as consequências do chamado “Efeito Borboleta” – nunca se sabe o que pode acontecer.

Independentemente do tempo que se passar no passado, ‘aqui’, em 2011, só terá decorrido 2 minutos. Interessante essa premissa, não é mesmo? Mas confesso que mesmo amando muito todo esse início do livro, não havia ainda se tornado meu PREFERIDO, como se tornou ao final da leitura.

“Quem não aprende com o passado é um idiota, na minha opinião.”

Al está mortalmente doente e não poderá continuar com seus planos. Dessa forma, após observar e conhecer Jake por bastante tempo, ele tenta convencer o professor a aceitar essa tarefa nada peculiar. Bom, não é nada fácil convencer alguém que você viaja no tempo. Contudo, Al tem tudo planejado nos mínimos detalhes e consegue explicar o mote de sua vida para Jake. O professor de 30 e poucos anos teria tempo suficiente de vida para tornar real o desejo de Templeton.

Jake precisa investigar Lee Harvey Oswald. Al afirma ainda existir uma janela de dúvida. E é preciso ter certeza que Oswald é realmente o assassino de Kennedy, antes de Jake venha realmente detê-lo. E assim, iria ser salvo John Kennedy, seu irmão, Martin Luther King, não existiria a guerra do Vietnã, etc. e etc. O sonho é grande, e Al deu o resto de sua vida para deixar todos os detalhes anotados e todas as pistas no lugar certo. Cabe ao jovem Epping aceitar mudar a história não só da América do Norte, mas do mundo.

King vem através de “Novembro de 63” nos trazer muitas questões. Será que um único homem poderá mudar a história do mundo? Caso esse homem salve Kennedy, a história irá realmente mudar? O “Efeito Borboleta” será devastador, ou tudo tenderá para melhor?

“Nem quem é capaz de viver no passado sabe o que o futuro lhe reserva.”

NOVEMBRO DE 63 – STEPHEN KING

Uma das questões mais fortes e pungentes em “Novembro de 63”: o amor pode/vence tudo? São assuntos que o autor discorre de forma muito satisfatória e convincente. É uma ficção científica que você não quer ficar questionando. Que não tende a ficar dando nó em sua mente. Você só quer mesmo acompanhar e saber como vai terminar, torcendo para os seus queridinhos.

Em 1958 Jake chega como George Amberson. Em 2011 ele não tem praticamente nada, nem ninguém, pois acaba de se divorciar, e seus pais já faleceram. E ele acaba por gostar do estilo de vida que o início dos anos 60 vem lhe concedendo. A vontade de ficar por vez por ali não deve ter aparecido só uma ou duas vezes… no mais, ele iria mudar o passado, ele iria sozinho, corrigir alguns erros do século XX.

A história de toda a investigação de Amberson a respeito de Lee é tão bem construída, que parece ser uma transcrição da realidade. Toda a história é muito crível. E sendo essa a terceira vez que leio esse livro, me pego pensando se a família de Oswald ou de Kennedy tiveram contato com essa obra. Deve ser uma visão bastante peculiar dessa parte da História do mundo.

“A gente nunca sabe que vidas influencia, nem quando nem por quê.”

NOVEMBRO DE 63 – STEPHEN KING

Uma coisa que Jake/George percebe logo que está no passado, é que ele (o passado) é obstinado. Ele não quer ser mudado. E muitas coisas acontecem para desestimular a missão do rapaz que veio de 2011. Stephen King desenvolveu essa trama por muitos e muitos anos, o que lhe exigiu muita pesquisa. E meu coração de fã é eternamente grato, pois essa é uma das obras que eu mais amo no mundo literário. E essa é uma história que tem uma das referências mais deliciosas dos livros do autor.

A respeito do final dessa trama, deixo aqui em aberto para que você possa tirar suas próprias conclusões. Para que tenha sua própria experiência. E minha recomendação, é que você se delicie com o tempo de George Amberson vivendo próximo a Dallas, antes de ter que estar de fato na cola de Oswald. Ele era um professor secundário, com um romance especial, em uma cidadezinha acolhedora e convidativa. Um dos melhores trechos de todo “Novembro de 63”. Sadie é uma das mais doces criaturas escritas por King. O autor é hoje considerado o contador de histórias mais notável da literatura norte americana atual.

“O passado é obstinado. Ele não quer mudar.”

________________________________________________________________________________________________________________

Escritor Stephen KingTitulo: Novembro de 63
Autor: Stephen King
Tradutor: Maria Beatriz de Medina
Ano: 2013
Páginas: 728
Editora: Suma
Gêneros: Drama, Literatura Estrangeira, Romance, Suspense e Mistério
Adicione a lista do Skoob
Onde comprar: Amazon