SÉRIES

MODERN LOVE | CRÍTICA

11 abril, 2020 por

Modern Love Serie

Modern Love _ Em uma época tão conturbada e tensa como a que estamos vivendo, nada como uma série leve e amorzinho pra levantar o astral, não é mesmo?! Então a dica de hoje vem do Prime Vídeo, o serviço de streaming da Amazon Prime. Com a proposta de trazer vários casos de amor do mundo moderno, temos um time de estrelas representando as situações do cotidiano de cada episódio.

Baseada na coluna Modern Love do jornal New York Times, a série possui 08 episódios, sendo cada um inspirado em uma das histórias relatadas pelos leitores. No entanto, algumas alterações foram feitas em relação aos casos originais para torná-los mais “comerciais”, além dos nomes dos personagens. E o resultado foi incrível. Impossível não se envolver e se emociona em cada situação.

Confira a crítica da nova série da Netflix “Nada Ortodoxa”

Quando eu digo que é um time de estrelas, é muito real! Você irá encontrar Anne Hathaway (O Diário da Princesa, O Diabo Veste Prada), Dev Patel (Quem Quer Ser um Milionário, Lion), Tina Fey (Meninas Malvadas, 30 Rock), John Slattery (Mad Men), Andrew Scott (Sherlock), Sofia Boutella (A Múmia), Cristin Milioti (How I Met Your Mother) e até mesmo o cantor Ed Sheeran! Sendo assim, as histórias são isoladas e cada um deles está envolvido em uma delas. É um show de atuação após o outro.

Modern Love Episodes

Que Modern Love fala de amor, você já entendeu. No entanto, não se engane! Ela não fica presa no clichê do amor romântico, com fundo musical e beijos pelas ruas de NY… Longe disso, ela propõe diversas situações e diversos tipos de amor. Transita entre situações inusitadas a situações do cotidiano, mas sem deixar de causar identificação com quem está assistindo. É muito provável que você já tenha se sentido próximo ao que representam ali… Ou ainda irá!

Como são episódios curtinhos, de aproximadamente 30 minutos cada, vou evitar de falar de todos para que possam curtir o inesperado assim como eu fiz. Porém, vou comentar aqui sobre meus dois preferidos para terem uma idéia do que vão encontrar:

01 – Quando o Porteiro é Seu Melhor Homem

Modern Love Doorman

Neste primeiro episódio acompanhamos a vida de uma editora que vive sozinha em seu apartamento, no centro de NY. Contudo, ela tem como amizade e suporte o porteiro do prédio, que cuida dela como uma filha. Na busca do amor ou de apenas uma companhia, ela sempre fica insegura de levar um novo rapaz ao seu apartamento, pois Guziman é incisivo ao dizer se gostou ou não dele.

A história já mostra de cara que não é apenas de romances que o amor é feito. Você pode encontrá-lo através de várias formas, e até nas pessoas mais improváveis. Cristin Milioti é uma fofa e sua atuação é extremamente cativante. Talvez eu tenha sido incentivada por uma série anterior em que ela participou (How I Met Your Mother), que eu amo, mas posso dizer que achei o episódio lindo e me emocionei bastante!

“Uma simples amizade entre uma mulher solteira e solitária que mora em Nova York, e seu porteiro que cuida dela, agindo como porteiro, guarda-costa, e figura paterna”

03 – Me Aceita Como Eu Sou, Quem Quer Que Eu Seja

Anne Hathaway

Esse é de longe o melhor episódio em minha opinião! Meu Deus, que turbilhão de emoções. Acompanhamos a animada Lexi, uma advogada muito competente que, certa manhã, resolve ir ao supermercado vestindo todo seu brilho, cantando e refletindo seu interior. Lá ela conhece Jeff, que se encanta por seu humor e animação. Eles marcam um encontro.

Mas ao chegar em casa, Lexi entra em um estado de tristeza, cansaço, que a paralisa e a impede até mesmo de levantar da cama por dias. Ela não sabe dizer o gatilho, o que a faz começar a se sentir assim. Mas sabe que desde os 15 anos isso acontece. Então somos levados a uma história emocionante sobre bipolaridade, onde acreditávamos que seria uma história de amor inusitada.

Anne Hathaway é a mais famosa do elenco e faz jus a toda fama que tem. Sua representação, beirando ao exagero nos dois pólos de sua personalidade, mostra o paralelo e a importância da saúde mental. Uma abordagem emocionante e reflexiva, e que também trará o amor de uma forma inusitada.

“Minha vida pessoal era outra história. No amor, não há como se esconder: Você precisa deixar alguém saber quem você é. Mas eu não fazia idéia de quem eu era, até, de repente, descobrir”.

Bom, já deu pra ficar claro que essa é uma série pra maratonar e aquecer o coração, não é mesmo?! E quem não está precisando disso?! Mas, calma. Tem mais novidades. A Editora Rocco irá lançar agora, dia 15/04, um livro com várias das histórias originais da coluna do The New York Times. Intitulado “Modern Love“, além de conter os 08 contos originais que inspiraram os episódios da série, serão mais de 50 histórias “reais de amor, perda e redenção”. É ou não é pra salvar essa indicação no coração?!

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

11 Comentários

  • Erika Monteiro
    abril 20, 2020

    Oi Ká, tudo bem? Ah, acredita que assisti a série assim que chegou no Prime Vídeo? Quando nem sabia que a Rocco ia trazer o livro para o Brasil. Semana passada recebi o livro e achei a edição tão bonita. Ansiosa para ler, conhecer as outras histórias e assistir a série novamente para relembrar haha Um abraço, Érika =^.^=

  • Valéria
    abril 20, 2020

    Nossa, que bacana a ideia de recriar essas histórias do jornal. Eu fiquei curiosa e como tenho prime, vai ser uma boa pra abstrair a mente. Eu curto o trabalho de Anne. Esse do porteiro me deixou muito curiosa tbm…

    Küss

  • Lilian de Souza Farias
    abril 20, 2020

    Não conheço a série, mas se tem Anne Hathaway, já quero. Pena que não está na Netflix, ao menos nunca vi por lá, adoraria acompanhar, acho bem propício para o momento.

  • Yasmine Evaristo
    abril 20, 2020

    Tava bem afim de assistir essa série, mas precisei esperar pq ao tinha ela disponível sem legendas. Agora que está no prime vídeo fica mais fácil de assitir. Abraços.

  • Debora Sapphire
    abril 20, 2020

    Achei essa série bem leve e amorzinho mesmo! Gostei muito de saber que o roteiro vai muito além do amor ramântico. Adoro quando séries, filmes ou livros falam de diferentes tipos de amor e das diferentes formas de amar. E não só se limitam ao velho clichê do amor romântico. Até porque a vida é muito mais do que isso. Ótima indicação de série! Me surpreendeu!

  • Debora Sapphire
    abril 20, 2020

    Achei essa série bem leve e amorzinho mesmo! Gostei muito de saber que o roteiro vai muito além do amor ramântico. Adoro quando séries, filmes ou livros falam de diferentes tipos de amor e das diferentes formas de amar. E não só se limitam ao velho clichê do amor româtico. Até porque a vida é muito mais do que isso. Ótima indicação de série! Me surpreendeu!

  • quando vi que a critica era sua Karina sabia que vinha coisa boa.

    Essa serie é exatamente o que estou precisando no momento, algo leve e bem amorzinho.
    E pra melhorar da pra maratonar e não sofrer com a falta dos episódios, porque mesmo sendo romance eu vou sofrer hahaha

    Amei saber que a Rocco vai lançar um livro com alguns contos da coluna. Acho isso uma ideia top porque uma acaba complementando o outro.

    Deu uma vontade bem grande de caçar essa coluna pra ler hahahah

  • Eu já tinha visto o anúncio dessa série, mas como cancelei a Amazon Prime, acaba que não vou poder conferir… Mas tendo Anne Hathaway no elenco, com certeza é bom. S2
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

  • Gustavo
    abril 18, 2020

    Não conhecia essa série, estou bem desatualizado delas, mas irei assistir o piloto para ver se irei gostar e caso o resultado seja positivo, irei acompanhá-la. Obrigado pela dica.

  • Gabriela Miranda
    abril 18, 2020

    Aiiii
    Como eu AMO essa série! Tô lendo o livro e me derretendo ainda mais!
    Amo o primeiro episódio, com o Gusmin e o último me fez chorar horrores!!!!!!!
    Essa serie é uma das que eu mais me emocionei esse ano e estou sempre revendo! Ótima indicação.
    Muito amorzin

  • Miria
    abril 18, 2020

    Oi, Karine! Tá todo mundo comentando dessa série. Eu já vi umas cinco resenhas hahaha eu só assistiria pela Anna, mas eu confesso que amo esse formato de mostrar vários casais. Eu adorava isso nos filmes, então imagina nas séries. Com certeza vou conferir!
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/