A adolescência é um período bem complicado para várias pessoas, afinal, são muitas as escolhas e aprendizados. É essa a fase da vida que vamos ver em “Meu jeito certo de fazer tudo errado” escrito por Luiza Trigo e Klara Castanho, lançado em 2018 e relançado esse ano pela editora Arqueiro.

Na história, acompanhamos Giovanna, ou apenas Nanna, uma adolescente que acaba de se mudar de Campinas para São Paulo, por causa do trabalho dos pais. Apesar de sempre ter sonhado em morar na capital, não era daquele jeito que Nanna planejava ir para São Paulo e acabou tomando um baque enorme com a notícia da mudança.

Forçada a ir para São Paulo sem querer e abandonar tudo o que ela sempre conheceu, ela tenta se acostumar a nova vida na cidade grande. Na escola nova, ela conhece pessoas bem diferentes e que fazem coisas que ela nunca pensou em fazer, como fumar, beber, matar aula e mentir para os pais. Dentro dessa turma, está o menino que acabou encantando Nanna, por causa do estilo.

Já no seu prédio novo, ela conhece Henrique, um garoto todo certinho e com um estilo de “almofadinha”, que acaba virando seu melhor amigo e confidente. É quando ela entra para a turma de populares na escola, que Nanna se vê fazendo escolhas e entrando em situações que nunca pensou que estaria antes.

“Mudar é bom, mas assusta. Apesar de saber quanto a minha vida poderia ficar melhor, sou muito apegada à minha rotina, ao meu quarto, aos meus desenhos, à minha casa, à cidade, aos meus primos. Eu me sinto confortável perto do que é conhecido, porque tenho a sensação de que estou segura. De que alguma coisa, pelo menos, está bem na minha vida.”

MEU JEITO CERTO DE FAZER TUDO ERRADO - KLARA CASTANHO E LUIZA TRIGO

Eu já disse várias vezes aqui no blog, eu sou uma apaixonada por histórias que sejam tranquilas e gostosinhas de ler, além de histórias adolescentes. Então, assim que peguei esse livro, já sabia que seria uma boa leitura e não me enganei. Antes de mais nada, eu preciso dizer que quando coloco algo na cabeça, não consigo tirar, então assim que comecei a ler e fui imaginar Nanna, a imagem da Klara Castanho veio logo na minha mente e não saiu mais.

A história é bem um clichê adolescente, mas quem não gosta de um bom clichê, não é mesmo? Eu pelo menos adoro! Em um dia, peguei o livro e devorei a história. Queria muito saber sobre os problemas, dilemas, confusões que Nanna entrava e principalmente, queria saber como a história dela iria terminar. Nanna tem muitas atitudes que podemos ver nos adolescentes.

Nanna se mete em várias confusões durante a história, para ser aceita no grupinho de populares. Durante a história, acompanhamos a forma como ela toma as decisões do que seria certo fazer ou não, em cada decisão que a garota toma, durante a história, podemos ver lições sendo aplicadas na própria. Há menções no livro de adolescentes fumando e bebendo, como disse, a personagem tem que fazer escolhas e nelas vemos lições a serem aprendidas.

“Eu leio 24 horas por dia. Quando estou dormindo, eu sonho que estou lendo… é um círculo vicioso (…).”

“Meu jeito certo de fazer tudo errado” é um livro bem leve e fluido. A história fala muito sobre escolhas e as consequências que elas trazem, tanto as boas e as ruins. É uma história que eu recomendo para quem quer algo divertido e bem construído para ler. Eu pelo menos me diverti bastante durante toda a leitura.

 

MEU JEITO CERTO DE FAZER TUDO ERRADO - KLARA CASTANHO E LUIZA TRIGO

Klara Castanho e Luiza Trigo se conheceram na Bienal de Livros de São Paulo em 2014, quando Klara foi pedir um autógrafo para Luiza. “Meu jeito certo de fazer tudo errado” nasceu da ideia de Klara fazer um programa de entrevistas jovens. Luiza Trigo nasceu no Rio de Janeiro e é formada em cinema. A autora já possui 7 livros publicados, um deles é “Meus 15 anos” que foi adaptado para o cinema em 2017. Klara Castanho nasceu em São Paulo e estreou como atriz com apenas 6 anos, na série “Mothern” da GNT. “Meu jeito certo de fazer tudo errado” é o livro de estreia da atriz.

“Uma vez li na internet que beber é como pegar emprestado a felicidade do dia seguinte. Nunca tinha entendido de verdade o significado dessa frase até aquele momento.”

Título: Meu jeito certo de fazer tudo errado
Autora: Klara Castanho e Luiza Trigo
Ano: 2017
Páginas: 384
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance, Literatura Brasileira
Nota: 4/5
Adicione a sua lista do Skoob
Onde Comprar: Amazon