O Duque e Eu é o primeiro volume da serie Família Bridgerton, da autora Julia Quinn, publicado pela Editora Arqueiro. A serie tem hoje 8 livros, e mais alguns contos publicados.
Quando descobri sobre o livro eu fique louca para ler, essa história que parecia ser tão romântica e ao mesmo tempo divertida, uma moça em idade de casar que era vista por seus pretendentes com uma boa amiga e não uma futura esposa, um duque que queria provar ao pai que era mais do que ele algum dia podia imaginar.
A respiração de Simon ficou ofegante. – Não faça isso, Daphne. Ela tentou dizer algo bem-humorado. Algo sedutor. Mas sua ousadia acabou no último momento. Ela nunca fora beijada, e agora que o havia praticamente convidado a ser o primeiro, não sabia o que fazer. Os dedos dele se afrouxaram um pouco no pulso dela, mas continuaram segurando, enquanto ele a puxava para junto de si e em direção a uma cerca viva alta e muito bem podada. Então sussurrou seu nome e tocou em seu rosto. Os olhos dela se fecharam e os lábios se entreabriram. E, no fim, foi inevitável.  cap; 09

 

Daphne é a quarta irmã de oito filhos, e a duas temporadas sua mãe tenta conseguir pretendentes para que se case, mas nenhum homem de valor a vê mais que uma amiga ou a irmã dos homens Bridgerton, que tem a fama de serem muito mulherengos, depois de dispensar 3 pretendentes que de maneira nenhuma serviam para ser seu marido, e sou obrigada a concordar com ela, ainda luta com um quarto que sempre que a vê em alguma festa começa a declarar seu amor e dizer que ela deve casar com ele. A jovem Daphne já esta começando a ficar sem esperança.
Simon Basset era o filho dos sonhos de seu pai, até o dia que o Duque descobre que seu único filho não podia falar sem gaguejar. Para o Duque aquele foi o fim, já não tinha mais herdeiro e se recusa a ver aquele que ele chamava de idiota, pena que o grosseiro não era capaz de enxergar o filho prodígio que ele tinha nas mãos. Motivado pelo ódio ao pai, o belo filho do Duque se tornou o homem com a fama de ter todas as mulheres que queria, formou-se na faculdade como o melhor aluno em seu curso de matemática, aprendeu a controlar sua gagueira e passou a ser um cavaleiro que todos respeitavam e admiravam. Quando soube que seu pai estava morrendo e queria se reaproximar do filho, entrou em um navio e só voltou seis anos depois, quando seu progenitor já tinha falecido.
– Exatamente! – exclamou Anthony.
– Pelo amor de Deus, eu sei muito bem o que está se passando na cabeça dele neste momento, e não tem nada a ver com poesia e rosas. Simon imaginou Daphne deitada numa cama de pétalas de rosas.
 – Bem, talvez rosas – murmurou ele.
 – Eu vou matá-lo! – ameaçou Anthony.
 – Bem, são apenas tulipas – falou Violet de forma afetada.
– Da Holanda. E, Anthony, você realmente precisa controlar suas emoções. Isto é muito inadequado. – Ele não serve nem para lamber as solas dos sapatos de minha irmã! 
O Duque e eu é um livro tão gostoso, intenso e divertido que parece que acabou rápido demais. Sempre tem aquele personagem que dá vontade de matar com suas próprias mãos, e no caso dessa historia foi o Duque Basset, o cara é um grosso, mal educado, sem cultura e sem um pingo de amor pelo próximo. O livro já começa falando de como a esposa dele deu a luz e como o infeliz só quis saber do herdeiro nem ligou se por causa daquilo a mulher estava morrendo, e quando o filho cresceu ai não o quis por outros motivos, eu sentia um ódio profundo enquanto ia lendo essas páginas.
Mas tirando essa, parte que para mim foi a mais pesada, o resto do enredo e levado com humor sarcástico que poucos autores conseguem acertar, além de não se perder no enredo, os personagens centrais da trama são tão, mas tão cabeça dura que não conseguem ver o quanto se amam e por causa de percalços do passado não estão deixando essa felicidade ser completa, principalmente Simon que ainda vivia a sombra do pai morto, tentando provar a ele que não faria nada que o velho queria e esquecendo que o esta deixando controlar ainda mais sua vida.

 

Eu amei o final, foi previsível, mas não deixou de ser cativante, a família da Daphne é doida gente, não tem outro jeito de falar deles e bem divertida, mas deve ser bem maçante tentar entrar para aquela família, super unida, com uma matriarca de tirar o chapéu de tão boa mãe que é, adoro as partes que ela fala com os filhos que sabe tudo o que acontece em sua casa, e o quanto eles a respeitam.

Gostaram da resenha? não deixe de comentar, falar o que acharam e se tiver alguma dica para melhorar pode comentar educadamente que eu vou ler com muito carinho.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos e assim você ajuda 
o blog crescer!♡! 
________________________________________________________________________________________________________________
Título: O Duque e Eu
Autora: Julia Quinn
Páginas 288  
Editora Arqueiro
Ano : 2013
Onde comprar: AMAZON