Hoje vim falar de Salve-me , há um tempo que eu estava passando por uma ressaca literária que não me largava e todos os livros que comecei, não cheguei nem na metade, os temas eram muito pesados e eu não estava numa fase muito boa para esse tipo de leitura, então me dei uma semana de folga e tentei novamente, desta vez com uma temática mais leve, de uma série que gosto muito, por ser despretensiosa, Lovett da autora Rachel Gibson.

Em Salve-me , terceiro livro da série, somos apresentados a Sadie Hollowell uma mulher de trinta e três anos que depois do colegial foi embora da sua cidadezinha natal Lovett no Texas e anos depois retorna para visitar o pai e ser dama de honra do casamento da prima mais nova a pedido da tia que apesar de não ver há anos, não tem coragem de dizer não. Também conhecemos Vince Haven um ex-militar da marinha americana traumatizado por sua última missão durante a guerra no Afeganistão, que é convidado pela a tia a visitá-la para fechar uma proposta de negócio com ela. No decorrer da narrativa, em terceira pessoa, vemos alguns dos motivos pelos quais Sadie foi embora quando se formou no colegial e sua relação tensa com o pai e a tristeza que ela sente pela falta da mãe. Os problemas de Vince e os traumas que ele agora enfrenta depois da sua última missão no exército e seu orgulho por ter feito parte deles também aparecem na narrativa.

Que história gostosa gente, sério, o livro é leve, divertido com personagens que se encaixam bem de um jeito fluido sem parecer que estão sendo forçados a ficarem juntos pela autora. O relacionamento de Vince e Sadie começa como uma amizade que aos poucos vai evoluindo para algo mais, onde ambos lidam com os problemas juntos, mas o mais legal dos livros da Rachel é que eles são leves mesmo com problemas cotidianos e alguns temas mais sérios, além da cultura da cidade que por sinal é bem preconceituosa em relação a muitas coisas, principalmente ao fato de uma mulher passar dos trinta sem ainda ter se casado.

Outro fato que fez essa narrativa tão legal pra mim é que a Sadie é muito engraçada com seus devaneios que fazem todo o sentido pro enredo e o quanto ela se importa com o pai, mesmo que ele seja um homem difícil, pois ela sempre quis ser a menininha dele, mas por ser muito destrambelhada e não ser o estereótipo que se espera de uma mulher do Texas e o pai sempre muito fechado com seus sentimentos para mostrar seu amor por ela. Entretanto eu acabei sentindo da autora aprofundar um pouco mais nos problemas de Vince e seus traumas causados pela guerra. No momento em que ela dá um pouco mais de atenção a ele e mostra suas facetas que no decorrer do livro o leitor não repara, eu acabei me apaixonando ainda mais por Vince.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos e assim você ajuda 
o blog crescer!♡!
_______________________________________________________________________________________________________________
Título: Salve-me
Autor: Rachel Gibson
Série: Lovett, Texas # 3 –
Ano: 2016
Páginas: 272
Editora: Jardim dos Livros
Gênero: Romance
Onde comprar : AMAZON