A Morte de Sarai é o primeiro livro da série Na Companhia de Assassinos e apresenta Sarai, uma jovem que foi vendida aos 14 anos pela mãe para o líder de um cartel de drogas mexicano para se tornar mais uma de suas escravas. Determinada a sobreviver Sarai fez de tudo o que podia para, até o dia em que o assassino de aluguel Victor entrou em cena para uma negociação com o cartel e acabou proporcionando a chance que Sarai tanto precisava para fugir. O que ela não esperava era ser perseguida pelo chefe do cartel e muito menos que sua única chance seria Victor.
Sarai é uma personagem forte e corajosa que aprendeu a lidar com tudo que era imposto a ela, moldando sua personalidade através das situações em que se encontrava. Devido a isso em determinados momentos o leitor vai se questionar se ela é realmente uma vitima ou uma lutadora e por que tudo que ela viveu não a tornou fraca e sem motivação e vai descobrir que ela escolheu não ser uma vitima.

 

Que enredo, que trama, que ideia e acima de tudo que personagens, que livro, A Morte de Sarai é um dos thrillers mais emocionantes que li e a serie Na Companhia de Assassinos tem tudo para ser brilhante, uma mistura de suspense com romance, que me deixou do início ao fim sem fôlego, esperando o momento que eles seriam encontrados e tudo daria errado para Sarai. O livro é daqueles extremamente realistas, que te transportam para a história e dão a impressão que você está vivendo em tempo real tudo que esta acontecendo e isso foi um dos pontos mais altos da leitura, o quanto eu me envolvi com a história. Ao ponto de em alguns momentos eu me pegar imaginando se eu faria ou não o mesmo em naquele determinado.

Eu não sei vocês, mas eu amo livro assim, que me prende, mexe com as minhas emoções e me deixa o tempo todo ansiosa pela próxima página e ainda por cima é super rápido, o que não da tempo para tomar fôlego para o próximo baque e nem criar expectativa para a história, já que tudo acontece muito rápido e a única coisa que sou capaz de fazer é ler sem prestar a atenção em nada ou ninguém perto de mim.

Morte de Sarai é um dos livros mais bem escritos e desenvolvidos que eu já li, misturando momentos de pura ação a outros de romance ou desespero onde as vitimas se vêm em situação caótica de abusos tanto físicos como mentais, personagens que mostram as piores personalidades e atitudes em situações inimagináveis na luta pela sobrevivência, a história é mais que sobre uma jovem em fuga, mas a descoberta de quem ela será a partir desse ponto e onde ela se enquadra no mundo “normal” onde esse tipo de coisa não existe.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos!♡! 
_______________________________________________________________________________________________________________
Titulo: A Morte de Sarai
Subtítulo: Na Companhia de Assassinos 1
Autora: J.A. Redmerski 
Ano: 2015 
Páginas: 255 
Editora: Suma de Letras
Onde comprar :AMAZON