Estou sem palavras para comentar o livro Cante Para Eu Dormir, tão intenso, apaixonante e ao mesmo tempo sofrido, acompanhando Beth por seu ano escolar tem quebrado meu coração, fico imaginando no lugar dela, como sentir que não se encaixa em lugar algum e ser chamada de monstro, feia, o tempo todo, sem nunca ter feito nada para merecer. Beth é tratada como monstro só por que foge do padrão de beleza ditado. E ela é uma menina tão meiga, com um coração enorme, mas tudo quem eles veem são sua aparência.

Todo mundo já deve ter passado por uma fase complicada na escola, mas a dela está chegando ao extremo, de uma forma que ninguém merece de maneira nenhuma, algumas pessoas pensam que esse tipo de tratamento é normal, só uma brincadeira de criança inofensiva, só se for para quem faz porque para quem sofre não tem nada de inofensivo, isso marca uma pessoa para vida, deixando sequelas que muitas vezes só são tratados com muito aconselhamento medico.

São esses os sentimentos que tive ao ler o livro, revolta, dor, compaixão, solidariedade. Pesar, vergonha, por que quem não passou por isso, já viu alguém na mesma escolar passar e não fazer nada para ajudar.

Cante para eu dormir me levou as lágrimas que muitos livros que abordam temas como esse não conseguiram, eu não sei se vou ser capaz de terminar o livro, não sou capaz de ler sobre o sofrimento da Beth, ela não merece, ele não merece, quero matar a autora e a mesmo tempo beijar sua mão e agradecer pelo carinho que mostrou a escrever um livro como esse, foi uma lição de amor, de dedicação e de visão do mundo.

Seus personagens são intensos e suas páginas muito doloridas e o clima de que algo iria acontecer permaneceu o livro todo, ou até onde eu li até agora. Nunca escrevi uma resenha enquanto vou lendo, mas esse livro está pedindo ou melhor exigindo isso de mim, agora vou parar um pouco preciso me recuperar. Mais tarde eu volto conto mais sobre o que estou sentido.

Consegui terminar de ler, chorei litros e litros, mas o final foi lindoooo,  consegui ver como foi o desenvolvimento da Beth, como sua autoestima melhorou, como conheceu novos amigos e se apaixonou, quanto a Derek me deu uma lição de vida, de como devemos lutar pelo que acreditamos mesmo quando a luz no final do túnel não da mais para ser vistas, que cada dia deve se vivido como se o outro não existisse, por que para muitos ele é somente uma esperança muito longe, Scott ainda é meu menino de ouro, por sua capacidade de amar,  de perdoar e seu jeito todo carinhoso, quero um desse para mim, o sentimento de tristeza te prende o livro todo, mas não impede que acompanhe a obra ou que não sinta as alegrias que suas páginas traz, não foi minha resenha mais difícil a ser escrita, mas foi a que mais prendeu minha palavras por que nenhuma foi capaz de explicar o quanto o livro me tocou, e espero de coração que toque você também, e que seja mais um degrau em sua jornada de alto conhecimento!

A autora nos apresenta uma doença muito pouco conhecida, mas que tem feito muitas, muitas vitimas no mundo, por ser considerada rara ela tem muito pouco investimento de pesquisa para achar uma cura, como toda doença genética, ela é cruel e rápida, seus pacientes sofrem que ate um certo ponto sua escolha e morrer para acabar com o seu sofrimento e de seus parentes, Angela nos abençoou contando um pouco sobre seu amigo, um jovem de grande coração, que tocou a vida de várias pessoas e nunca deixou de lutar por seus sonhos, com suas canções lindas e sua coragem, eu aprende sobre uma doença  que nunca tinha ouvido falar e espero que você também aprenda.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos e assim você ajuda 
o blog crescer!♡! 
_______________________________________________________________________________________________________________

Título: Cante para eu dormir
Autor: Angela Morrison, Edição: 1,
Editora: Pandorga
Ano: 2011
Páginas: 364
Tema: Drama

Onde comprar : AMAZON