Eu gosto de um bom enredo, e quem não gosta? Principalmente quando ele é surpreendente e arrebatador, daqueles de tirar o sono e te obriga literalmente a passar a noite em claro por que a curiosidade não te deixa dormir. Beleza Perdida da autora Amy Harmon publicado aqui no Brasil pela Verus Editora, é esse tipo de livro, totalmente arrebatador.

Em Beleza Perdida somos apresentados a personagens que vivem de lados oposto no colegial, onde um é o atleta brilhante e a personificação da beleza estudantil e o outro sofre da síndrome do patinho feio, desde criança. Ambrose Young é tudo que as meninas querem e que os meninos invejam. Estudante do último ano, pratica luta e está cotado para ganhar uma bolsa integral na universidade, vive com o pai adotivo e tem uma singela ligação com sua mãe meio perdida. Já Fern Taylor prefere viver enfiada nos livros, criando histórias em sua cabeça a deixar que alguém além do seu primo Bailey saiba sobre sua paixão por Ambrose.

Em seu último ano Ambrose, vê sua vida mudar completamente quando assisti pela televisão aos atentados de 11 de Setembro, às torres Gêmeas e começa a questionar se deve ir a faculdade ou se alistar no exército e defender seu país. Quando seu desejo de ser patriota vence, Ambrose se alista e convence mais quatro amigos a irem ao Afeganistão para descobrirem e capturarem os culpados, junto com milhares de outros jovens.

O que ele não imaginava era que sua estadia lá iria destruir uma parte importante da sua vida e de tudo que ele conhecia. Fern é uma menina extremamente sensível e perceptiva dos sentimentos alheios, que trabalha como vendedora, enquanto escreve seus livros e tenta ser publicada por alguma editora. Quando Ambrose se alista no exército e parte para a guerra, Fern promete que as coisas na vida dela serão diferentes a partir de agora. Ela vê o tempo passar mas não consegue esquecer seu amor do colegial.

” Tem muita coisa que eu não entendo… mas não entender é melhor que não acreditar.”

Estaria mentindo se não dissesse a vocês que já fui para a leitura com a expectativa nas alturas, a apresentação desse livro no evento da Record aqui em BH, foi de tirar o folego, então já peguei o livro contagiada pela paixão deles, o problema é que eu não imaginava que o que me foi falado no evento não era nem um terço desse livro, e nem espera que autora escrevesse meu livro favorito do ano, ah sei que o ano ainda não acabou, porém para superar Beleza Perdida vai ter que “rebolar” e olha que já li muito livro bom esse ano.

Mesmo tendo pitadas de diversão e romance, Beleza Perdida consegue ser meio dark, triste e trabalha com a perda, com os males que a guerra deixa. O enredo é uma mistura de momentos densos e suaves, capazes de arrancar risadas e lágrimas em alguns momentos.  Isso fez com que eu me emocionasse bastante durante toda a leitura, torcendo muito para que os dois achassem um meio termo entre seus problemas e ficassem juntos, pois a autora Amy Harmon criou pessoas tão perfeitas uma para a outra,que é impossível não torcer por elas.

Porém eles não são perfeitos, cada  um tem seu quinhão de erros e acertos, possuem personalidades falhas que no início me cansaram um pouco, passando a ideia de mais do mesmo dos romances New adult, mas isso foi mudando no decorrer do livro e provando que aquelas primeiras páginas serviam apresentar Ambrose e Fern  de forma cativante.

Tem livros que deixam a sensação que a ligação entre os protagonistas é forçada e que suas páginas são somente para encher o miolo e tem outros que mostram o real motivo de um texto mais lento, detalhado que mostra de forma fluida acontecimentos que mais para a frente contabilizam para o desenvolvimento do caráter dos protagonistas, costurando toda a ideia em algo fantástico e Beleza Perdida é exatamente assim. O início mais lendo só serve para a preparação do baque que viria mais a frente, e o entendimento de muitos das percalços vividos por eles.

” Todo mundo é protagonista para alguém. Não existem personagens secundários.”

Outro ponto positivo de Beleza perdida, são os personagens secundários, os cinco amigos fiéis de Ambrose que tem uma grande participação no desenvolvimento e amadurecimento do personagem, que depois da guerra tenta loucamente esquecer o que viu e viveu, mas que ao mesmo tempo tem que lidar com as marcas que ela deixou, e os amigos da Fern, principalmente seu primo que foi por quem eu mais me apaixonei, torci por um milagre e que conseguiu partir meu coração em milhares de pedacinhos, principalmente por que a história é toda contada em terceira pessoas, então a autora mostrou o ponto de vista de vários personagens.

Meus sentimentos foram realmente levados a flor da pele, sem brincadeira tinha hora que eu queria abandonar o livro e falar chega você acabou de partir o que tinha restado meu coração, eu te odeio, outras que pensei que ideia fantástica que a Amy teve de criar esse livro e de ter tanta sensibilidade e carinho em cada página, cada parágrafo e cada brincadeira legal entre eles, até anotei uma delas para a próxima apresentação que tivermos no #clubedolivroBH de tão sensacional que achei. Todas as minhas expectativas foram superadas sem a menor sombra de dúvida. Espero ter a chance de logo ler mais lindas histórias criadas pela Amy Harmon e me apaixonar ainda mais por ela.

Gostou do post? clique nas redes sociais abaixo e compartilhar com os amigos!♡!

_________________________________________________________________________________________________________________________

 

Titulo: Beleza perdida
Autora: Amy Harmon 
Ano: 2015
Páginas: 336 
Editora: Verus 
Gênero: Romance, New adult 
Adicione ao Skoob