DORAMASSÉRIES

KDRAMA: ITAEWON CLASS | CRÍTICA

30 junho, 2020 por

KDRAMA: ITAEWON CLASS

Oláááá, dorameiros e dorameiras do meu coração! Hoje eu quero falar sobre um drama sul-coreano que saiu no comecinho desse ano e que eu gostei muito por ser bem diferente de todos os que já vi e que, por isso, ganhou um espacinho especial no meu coração, Itaewon Class. Aí você me pergunta: mas Vic, o que ele tem de tão diferente assim? E eu vou te contar, vem comigo.

Itaewon Class é um drama com 16 episódios que desde os seus primeiros teasers ja estava sendo super hypado. E não era pra menos, né? Ele foi ambientado em um dos lugares mais queridinhos e badalados de Seul, Itaewon. E sim, é um lugar real. Além disso, o time de atores principais era de peso. O protagonista principal, Park Saeroyi foi interpretado por Park Seo Joon, de Fight for My Way e What’s Wrong With Secretary Kim. Também temos as lindíssimas Kwon Nara, de Hello Venus, como Oh Sooah e Kim Dami, estreando no mundo dos doramas mas já premiada pelo filme The Witch, como Jo Yiseo.

Além desse trio maravilhoso, o drama também contou com outros atores que tiveram atuações de tirar o fôlego! E já de cara posso dizer que uma atriz que gosto muuuuito, a fofa Lee Joyoung (que estava em The Wheightlifting Fairy Kim Bokjoo), fez um trabalho lindo: ela interpretou uma mulher trans. É claro que teria sido muito melhor e mais assertivo se o papel tivesse sido, de fato, dado a uma mulher trans, né? Mas sabemos como a Coréia ainda é bastante conservadora e, por isso, já podemos contar como uma pequena-grande vitória!

10 iconic K-drama friendships that are certainly #SquadGoals ...
Embora tenha essa falha, achei muito legal que a discussão tenha sido trazida à tona, principalmente num país como a Coréia. Nós, que acompanhamos a cultura coreana (e asiática num geral) sabemos como eles são quanto a temas “polêmicos, né? Então eu fiquei feliz de terem falado disso. E não parou por aí! O drama também trouxe um coreano negro, com uma mãe africana. E a forma como eles abordaram o racismo foi muito assertiva.

Contudo, eu preciso alertar. Não é porque a série aborda temas polêmicos ou mais sensíveis que ela faz isso com delicadeza. Aliás, muito pelo contrário. Itaewon Class é uma série brutal, carregada de drama, injustiças, maldade e crueldade. E tudo isso não se concentra só nos temas que citei. Logo no primeiro episódio, já levamos vários socos no estômago. Então quando for assistir, esteja preparado para dar uma choradinha e sentir M U I T A raiva!

Isso tudo porque o drama começa com Saeroyi enfrentado um bully, logo no primeiro dia em uma escola nova. E, gente, que orgulho do bichinho. Ele vê uma situação extremamente injusta e violenta acontecendo e não consegue assistir calado. Enquanto os outros colegas olham para o outro lado simplesmente porque o bully é filho de um empresário muito importante, Saeroyi nem pensa duas vezes antes de se levantar e colocar um fim na situação.

Personagens Icônicos: Yi Seo de Itaewon Class - Vai um dorama?

E as coisas só pioram quando descobre que o pai do garoto é, também, o chefe de seu pai. Os dois pais são chamados à escola e o empresário super importante exige que Saeroyi se ajoelhe e peça desculpas ao filho. E Saeroyi diz que não, que o pai lhe ensinou que ele deve defender seus princípios. Dessa forma, o pai de Saeroyi pede demissão (e meio que é demitido simultaneamente) e, em resumo, o ex-chefe dele fica furioso. É assim que a história começa e ela está muuuuuito longe de acabar.

Esse acontecimento foi aproximadamente de dez a doze anos no passado. E, como tudo isso acontece no primeiro episódio, vamos lá: o pai de Saeroyi resolve abrir um restaurante com as economias que juntou. Saeroyi foi expulso do colégio, também. E, juntos, eles começam a trabalhar para realizar o sonho do pai. Até uma fatídica noite em que o pai dele se envolve em um acidente e morre.

O que move o dorama daí para frente, porém, é que Saeroyi descobre que não foi só um acidente. O bully que ele enfrentou atropelou a moto de seu pai com o carro e propositalmente o deixou para morrer. Saeroyi perde a cabeça e acaba espancando o garoto até quase a morte, mas a amiga Sooah o impede. O restante, já sabemos como funciona: o pai do garoto paga alguém para se entregar no lugar dele e, quem acaba preso por anos é Saeroyi. A polícia foi subornada, Saeroyi passa anos na prisão e o verdadeiro culpado segue livre.

Lazy Unnie's Couch: Itaewon Class – Unbothered Unnies
É muito difícil falar de Itaewon Class assim, em uma resenha, porque a série é extremamente densa e, por vezes, difícil de assistir. Mas ao mesmo tempo, é quase uma questão de honra acompanhar a saga de Saeroyi em busca de vingança e sucesso. Ele, porém, é um garoto doce e verdadeiro, que cuida dos amigos e tem um sonho. A sua vingança, aliás, é apenas derrotar o ex-chefe de seu pai e ter o restaurante número um da Coréia.

Após anos de trabalho, estudo e muito esforço, ele consegue abrir seu restaurante e vai contar com um time divertido e leal a ele nessa estrada. Lealdade, aliás, é algo que Saeroyi conquista em todos a sua volta, com algumas óbvias exceções. E enquanto ele luta por seu objetivo, também tem que lidar com a forte oposição dos inimigos que ganhou.

Obviamente, não é nada fácil de se ver tudo isso. Eu senti muuuuita raiva, muito ódio. Fiquei triste por ele e por outros personagens. Peguei ranço de alguns e depois voltei a gostar. O que me conquista no drama, porém, é que temos um conjunto de personagens com todos os defeitos em evidência. E isso não os torna insuportáveis, os torna humanos, apesar de insuportáveis sim, às vezes. É um retrato do mundo real, de suas injustiças, preconceitos e crueldades.


Mas também é um retrato de como o bem, às vezes, pode vencer. Um retrato de persistência, resiliência e de como o amor e a amizade são essenciais e imprescindíveis. E, muitas vezes, são tudo o que nos move por esse mundo maluco e bizarro em que vivemos. É preciso muita coragem para enfrentar tudo isso e Saeroyi, sem dúvida, é um dos personagens mais corajosos e persistentes que já tive o prazer de conhecer!

_______________________________________________________________________________________________________________

Itaewon Class
Ficha Técnica:
Título: Itaewon Class
Episódios: 16
Ano: 2020
Gênero: Drama
Emissora: JTBC
Onde assistir: Netflix
País: Coréia do Sul
Nota: 4/5

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário