SÉRIES

JULIE AND THE PHANTOMS | CRÍTICAS NETFLIX

26 outubro, 2020 por

Hoje eu venho aqui panfletar sobre um lançamento maravilhoso da Netflix: “Julie and the Phantoms” ou “Julie e os Fantasmas”. Na história, conhecemos Julie, uma adolescente que após a perder a mãe, não conseguiu mais fazer o que mais gostava: cantar. Até que um dia, ela encontra três fantasmas no antigo estúdio de sua mãe.

Luke, Alex e Reggie tinham uma banda chamada Sunset Curve, nos anos 90. No dia que estavam realizando um sonho (tocar no Orpheu), os três acabam morrendo. Muitos anos depois, eles reaparecem na antiga garagem em que ensaiavam. Uma hora estavam mortos e no segundo seguinte, apareceram na garagem que ensaiavam. O problema todo é que não foi no segundo seguinte e sim, se passaram anos.

A única pessoa que pode ver os três é Julie, que passando por sua fase de luto vê nos três fantasmas, amigos, com quem divide a paixão pela música. Quando está sendo expulsa da escola, por não se apresentar mais, os três ajudam Julie a voltar para os palcos e cantar, o que eles não esperavam é que ao começarem a tocar, todas as pessoas conseguissem ver os fantasmas também.

Essa é a premissa da série e acho que falei até demais, já peço desculpa se tiver dado spoilers. Mas vamos começar a panfletar? Eu sou uma pessoa apaixonada por séries adolescentes, isso porque elas sempre trazem uma leveza para o dia. Apesar delas serem produzidas para adolescentes, sempre trazem mensagens bem bonitas por trás.

Em “Julie and the Phantoms” vemos a forma como Julie encara o luto e como a música ajuda a garota. Outra coisa que a série mostra é como os três meninos lidam com o fato de estarem mortos e isso ter acontecido em um dos melhores momentos da vida deles. Com o tempo, vemos que os três deixaram alguns assuntos sem resolver e preciso dizer que algumas cenas me fizeram emocionar e chorar. Que “Unsaid Emily” diga isso!

A série é musical, então se prepare para uma avalanche de músicas que tem muito o que dizer nas melodias. Além disso, possuem uma carga emocional bem grande! Para quem quer conferir as músicas antes ou depois de assistir a série, existe uma playlist no spotify com elas! <3

Já disse que temos vários momentos tocantes na série, mas devo dizer que temos alguns engraçados também. Tem alguns momentos que me tiraram boas gargalhadas. Sobre romance? Vou dizer que tem sim, mas irei deixar vocês assistirem para descobrir! Além do luto, que a personagem principal está passando, vemos também sobre a amizade. Não só a amizade de Julie com os três fantasmas, mas com outros personagens da trama.

Enquanto assistia, comecei a ver algumas curiosidades sobre a série, uma delas é falando que ela era inspirada em uma série brasileira. Fui atrás para saber mais e descobri que a série, que chama “Julie e os Fantasmas”, passou na Band e na Nickelodeon entre 2011 e 2012. Na trama brasileira, porém, a mãe de Julie não havia morrido. Queria poder dizer que assisti a versão brasileira, mas isso não seria verdade. Afinal em 2011 já estava na faculdade e com a rotina mais acelerada, quase não via televisão. Mas aposto que se soubesse da trama, teria tentado assistir.

Como uma empolgada por séries, já estou seguindo o instagram e as notícias de “Julie and the Phantoms”, uma coisa que vi nas notícias é uma possível parceria com o elenco brasileiro. Se tiver alguém aqui que assistiu a trama original, gostaria de saber o que acham disso.

Nas redes sociais, encontrei também um material incrível, como o ensaio de Madison Reyes (Julie) e Charlie Gillespie (Luke) de uma música/dança maravilhosa. Sério, fiquei encantada com a cena quando assisti na série e, ao ver o ensaio, o sentimento foi o mesmo (#TeamJuke). Sobre o vídeo, eles contaram que não tinham muitos lugares para ensaiar, então usavam vários espaços da cidade para poderem fazer isso. Confira o vídeo aqui <3

https://www.instagram.com/tv/CFZnnueFVIT/?utm_source=ig_web_copy_link

Quando digo que indico uma série, eu realmente indico. Assim que comecei a assistir e vi que era um bom programa, liguei para minha mãe e falei para ela assistir com a minha sobrinha de 11 anos. O resultado é que as duas já estão assistindo pela segunda vez, de tanto que gostaram.

Agora estamos aqui rezando para a Tia Netflix soltar mais episódios dessa série maravilhosa, porque ela terminou de uma forma bemmmmm intrigante.

No elenco de Julie and the Phantoms temos: Madison Reyes, em sua estreia como Julie; Charlie Gillespie (“Chamed”), como Luke; Owen Joyner (“Esquadrão de Cavaleiros”), como Alex; Jeremy Shada (“Hora de Aventura”), como Reggie. Além dos atores principais, o elenco conta com Booboo Stewart (“Descendentes”) e Cheyenne Jackson (“American Horror Story”). A série foi criada por Dan Cross e David Hoge (“Os Thundermans”) e a direção Kenny Ortega (“High School Musical”).

E ai, já assistiram “Julie and the Phantoms”? O que acharam?

________________________________________________________________________________________________________________

julie and the phantoms

Título: Julie and the Phantoms
Direção: Kenny Ortega
Ano: 2020
Distribuidora: Netflix
Gênero: Família, Comédia, Fantasia
Idioma: Inglês
Elenco principal: Madison Reyes, Charlie Gillespie, Owen Joyner, Jeremy Shada.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • Maisa Carvalho
    outubro 28, 2020

    Já maratonei, e amei a série… divertida, leve, músicas deliciosas – a Sunset Curve existe, né? E a química dos dois, é incrível. Amei!