Aos meus amáveis leitores!
É meu triste ofício fazer com que tomem conhecimento sobre a desventurada jornada dos jovens Baudelaire. E por desventurada quero dizer infeliz, horrorosa, cheia de tragédias… Entretanto aconselho de forma veemente que, mais que depressa, feche a página de seu navegador e se possível cancele seu serviço de internet, pois as informações de que terá conhecimento causarão, na melhor das hipóteses, centenas de noites com pesadelos intermináveis!!!

Agora, se eu não consegui ser convincente, por sua conta em risco continue a ler este post que trata sobre as três crianças mais desafortunadas de todo o mundo, as perfídias de certo Conde charlatão, incêndios, tatuagens de olho no tornozelo esquerdo e tragédias capazes de preencher as páginas de 13 livros contendo 13 capítulos cada (em sua maioria); que não satisfeitos foram transformados em um filme há 13 anos atrás; que agora, na próxima sexta-feira 13 serão transformados em uma série pelo Netflix (aproveite e já cancele este seu serviço de streaming!!!).
                                                                                                                                                                                                                                                                     Respeitosamente,
                                                                                                Equipe Coisas de Mineira
OS LIVROS
(imagens Internet)

A coleção “Desventuras em Série” (A Series of Unfortunate Events) narra a vida e sucessão de infortúnios ocorridos aos três jovens Baudelaire após a perda de seus pais em um incêndio. Os então órfãos Baudelaire são designados a viver com novos tutores, seguindo orientações deixadas por seus pais, auxiliados pelo serviço do Sr. Poe, um amigo e funcionário do banco responsável pela herança da família. Violet Baudelaire é uma das maiores inventoras de seu tempo e tem catorze anos ao início da história; Klaus Baudelaire é o irmão do meio e um amante dos livros; Sunny Baudelaire é ainda um bebê, porém conversa tranquilamente com seus irmãos pois eles entendem sua linguagem. Ela gosta muito de morder coisas. O arqui-inimigo dos Baudelaire é o odioso Conde Olaf que, interessado na fortuna da família, fará a vida dessas pobres crianças um inferno.

(imagens Internet)

Os livros foram escritos por Lemony Snicket, o pseudônimo do autor Daniel Handler. Daniel os escreveu seguindo a ideia do que ele gostaria de ler se tivesse 10 anos, e isso agradou seus editores. O primeiro livro, “O Mau Começo” foi lançado em 1999 e o último “O Fim” em uma sexta-feira 13 de outubro de 2006. A estrutura de sua escrita da série segue basicamente entre a troca de cartas entre o autor Lemony Snicket e seu editor, onde cada uma informa onde será encontrado o manuscrito da próxima desventuras do órfãos e deixa dicas a seu ilustrador Helquist.


Curiosidades:


·         Lemony Snicket dedica cada livro à sua amada e falecida Beatrice;
·        Na primeira página de cada livro vemos uma imagem com as palavras “EX LIBRIS” e as imagens dos órfãos e do Conde Olaf. Esta imagem sempre dá dicas do que será visto no livro.
·         A última ilustração de cada livro sempre tem uma pista para o livro seguinte;
·       Ao final de cada livro é transcrita a carta deixada por Lemony ao seu editor informando sobre a história seguinte, e pode conter alguns spoilers.

o filme

Lançado em 17 de dezembro de 2004, o
filme conta a história dos 3 primeiros volumes da série (“Mau Começo”, “A Sala
dos Répteis” e “O Lago das Sanguessugas”). Inicialmente o próprio Daniel Handler seria o roteirista do longa, porém após desavenças entre
a direção ele foi substituído.

O filme conta com super atores como
Jim Carrey como Conde Olaf, Jude Law como Lemony Snicket e a maravilhosa Meryl
Streep como Tia Josephine. As crianças foram interpretadas por Emily Browning
(Violet), Liam Aiken (Klaus), Kara Hoffman e Shelby Hoffman (Sunny). Acredito
não estar me equivocando ao dizer que as escolhas das crianças, principalmente,
foram um grande acerto por ir exatamente de encontro ao descrito nos livros.
Até mesmo a bebezinha Sunny consegue encantar os telespectadores. A atuação de
Meryl Streep também é inquestionável.


Sobre o Conde Olaf do Carrey, existe certa divisão entre as opiniões. Alguns acreditam ter sido uma atuação caricata e usual do ator, outros o defendem bastante. Então darei a minha opinião. Eu gostei bastante do trabalho dele, uma vez que o próprio filme adotou uma pegada mais cômica em relação aos livros. Achei bastante coerente. Acredito que diz muito sobre o filme, que ao tentar abranger 3 livros de uma só vez, acabou perdendo bastante conteúdo. O longa foi premiado com o Oscar de melhor Maquiagem.

Confira o trailer: 


A SÉRIE

Em 2014 a Netflix anunciou que faria uma adaptação da história em formato de série. A primeira temporada terá sua estreia em 13 de janeiro de 2017 (AMANHÃ!!!) e serão 8 episódios, abrangendo os 4 primeiros livros da saga (2 episódios para cada livro). Os episódios serão liberados de uma só vez às 6h da manhã pelo horário de Brasília (horário previsto, sujeito a alterações).

Dessa vez o roteirista é o Daniel Handler, e o elenco mais uma vez foi cuidadosamente selecionado. Como Conde Olaf temos o super talentoso Neil Patrick Harris (Muito amado pelos fãs de How I Met Your Mother… tipo eu! Beijo para os fãs de HIMYM!!! ❤), as crianças serão Malina Weissman (Violet) e Louis Hynes (Klaus), o Lemony Snicket será Patrick Warburton, tia Josephine será Alfre Woodard (que acabou de fazer a diva Mariah na série Luke Cage também do Netflix).

Existem rumores de que os
atores Cobie Smulders (a Robin de “How I Met Your Mother”; Maria Hill
de “Os Vingadores”) e Will Arnett ( Gob
Bluth de Arrested Development; Devon Banks de 30 Rock) irão interpretar os
pais das crianças Baudelaire na série, e que estes terão um “papel
maior” do que nos livros. Só iremos descobrir amanhã! Outra curiosidade
sobre o elenco é que a atriz Catherine O’hara que participou do filme no papel
da Juíza Strauss, também fará parte do elenco da série, porém desta vez na pele
da Drª Georgina Orwell.


Vários teasers e trailers já foram liberados e vou colocá-los aqui abaixo pra você ficar por dentro de tudo que o espera. A expectativa é alta e próprio Neil já confirmou que a série será um pouco mais sombria que o filme, se assemelhando mais aos livros. Muito está em jogo, e com o aproveitamento de um livro a cada dois episódios, a série tem tudo pra ser um sucesso!

Teaser 01: 



Teaser 02:

Trailer Oficial 01:

Trailer Oficial 02: 

Os Fatos:

Música-Tema:

Enfim, o que tenho a dizer é leiam os livros, assistam o filme e acompanhem a série, caso vocês não prefiram ver algo feliz como a história do menorzinho dos elfos. E se “maratonarem” a série assim que ela for disponibilizada no Netflix  (tipo eu de novo), não sejam bisbórrias e saiam soltando spoilers por aí!!!!