FILMES | O ESPAÇO ENTRE NÓS (THE SPACE BETWEEN US)

18 julho, 2017 por
Gênero: Drama, Romance | Orçamento: $ 30 milhões | Duração: 2h Distribuidor: Diamond Films

No filme, “O Espaço Entre Nós”, Gardner Elliot (Asa Butterfield) é um adolescente que nasceu em Marte e tem o sonho de ir para a Terra, conhecer seu pai biológico. A mãe de Gardner foi uma astronauta que viajou em uma missão ao planeta sem saber que estava grávida e morreu ao dar a luz. Criado por cientistas, o único contato que o garoto tem com a terra é com Tulsa (Britt Robertson), uma adolescente órfã, com quem ele conversa pela internet. A menina, no entanto, só sabe que o garoto tem uma doença rara que o impede de sair de casa, não a verdade: Gardner é um humano, nascido em Marte e segundo os cientistas seu corpo não suporta a gravidade do nosso planeta.

Quando vi o trailer tive o seguinte pensamento: não posso perder esse filme. Mas acabei perdendo. Faculdade e trabalho apertaram e não deu para ir, mas imagina qual foi a minha alegria em saber que a Tia Netflix tinha colocado ele no catálogo? Enorme, então vamos começar.

O filme possui algumas passagens de tempo: o momento em que os astronautas embarcam, quando descobre que uma deles está grávida, mostra o parto e depois já pula para quando Gardner está adolescente. Apesar das várias passagens o filme não deixa pontas soltas, seguindo uma linha do tempo em cada uma das transições, apresentando os fatos principais em ordem.

O longa acaba mostrando a jornada de Gardner para chegar até a terra e depois para encontrar o seu pai, sem saber nenhuma informação dele além de uma foto. O garoto conta com a ajuda de Tulsa durante o caminho e os dois acabam se apaixonando. Em meio a perseguições e desentendimentos, além do fato de talvez o corpo do menino não aguentar estar na Terra, o Espaço Entre Nós é um filme água com açúcar que me emocionou em alguns momentos e para quem gosta do gênero é uma boa escolha.

A ficha técnica do filme tem um peso enorme: a direção ficou por conta do britânico Peter Chelsom, que tem em seu currículo produções como “Hannah Montana: o filme”, “Dança Comigo?” e “Escrito nas Estrelas”. Asa Butterfield atuou nos filmes “A Invenção de Hugo Cabret”, “Ender’s Game – o jogo do exterminador” e “O Lar das Crianças Peculiares”. Já Britt Robertson, interpretou Cassie Blake na adaptação americana The Secret Circle, além de Cassey Newton em “Tomorrowland – Um Lugar Onde Nada é Impossível”.

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário

14 Comentários

  • Maria Alves
    julho 26, 2017

    Assisti na Netflix e gostei, uma historia bonita e que me emocionou, torci pelo personagem conseguir encontrar seu pai e depois torci pelos protagonistas ficarem juntos de alguma forma afinal milagres acontecem rs, sim sou dessas que gosto que os personagens terminem juntos para ter um final feliz rs.

    • Ana Elisa Monteiro
      outubro 05, 2017

      Ei Maria,

      Também adoro um final feliz viu, queria que o relacionamento dos personagens principais tivesse sido explorado um pouco mais ;/

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Marlucy Silva
    julho 25, 2017

    Fico zapeando pela Netflix, penso em assistir esse filme, mas sempre deixo pra depois. Vou aproveitar sua indicação para resistir a outras tentações e finalmente assisti-lo. Acho que vou me surpreender. Depois volto aqui para contar minhas impressões, comparar com as suas. Grande abraço!

  • Carol Campos
    julho 24, 2017

    Assisti a esse filme ontem a tarde só para vir comentar aqui, kk Desde o começo já desconfiava quem seria o pai mas, terminei o filme e curti. É bem meigo sabe, o filme ficou bem bacana e gente, Asa tá grande hein?! KK

    Dunkirk com Harry Styles? Quero!
    Nome: Caroline Campos Graciano
    E-mail: carolcampos-mg@hotmail.com
    #precoisasdemineiraDunkirk

    • Ana Elisa Monteiro
      setembro 29, 2017

      Ei Carol, bem?

      Sério que viu o filme para comentar? Que amorzinho gente. O menino cresceu não é? O filme ficou bacana mesmo e bem tranquilo de assistir.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Aline Tavares
    julho 24, 2017

    Minha irmã estava assistindo outro dia e fiquei com vontade de assistir também. Fiquei encantada pela trilha sonora.
    Aline Tavares Corrêa alinetavcor@gmail.com #precoisasdemineiraDunkirk

    • Ana Elisa Monteiro
      setembro 29, 2017

      Ei Aline, tudo bem?

      Assistiu o filme? O que achou? A trilha realmente é muito boa.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Ketherine Gomes
    julho 24, 2017

    Amei o filme, mais não o final. Esperei mais e eles deixaram uma grande margem pra um segundo. Resenha maravilhosa. Parabéns.

    • Ana Elisa Monteiro
      setembro 29, 2017

      Ei Ketherine, fico feliz que tenha gostado da resenha.

      Concordo com você sobre a margem para um segundo, eles podiam ter explorado mais um pouco alguns aspectos também. Apesar disso o filme é bonitinho.

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Ø Väzïø ñä Flø®
    julho 19, 2017

    Um filme bem água com açúcar mesmo.rs Mas que sinceramente, eu adorei!
    Claro que poderia ter sido mais explorado. A passagem de tempo acaba nos deixando meio perdido a princípio,mas depois tudo se encaixa. E cá entre nós, o pai era tão óbvio desde o começo que ficou chato com a revelação.
    Mas vale a pena ver sim!
    Beijo

    • Ana Elisa Monteiro
      setembro 29, 2017

      Ei, tudo bem?

      É bom às vezes ver um filme água com açúcar não é? Mas eu não achei tão óbvio assim o pai, acredita?

      Obrigada pelo comentário 🙂

  • Bárbara Vitória
    julho 18, 2017

    Sua resenha foi bem pequenina e simples, mas pra quem como eu sou apaixonada pelos atores do filme, por esse enredo e pelo título tá mais do que firmado "é uma excelente escolha pra se apaixonar". O Espaço entre Nós me encantou de todas as maneiras desde que vi seu primeiro trailer e confesso de paixão amei saber que agora aqui também tem uma bela resenha dele u.u

    • Ana Elisa Monteiro
      setembro 29, 2017

      Ei Barbara, tudo bem?

      Vou trabalhar para fazer umas resenhas maiores viu? E fico feliz que tenha gostado da resenha que fiz.

      Obrigada pelo comentário 🙂